A BÍBLIA RESPONDE – CPAD – PDF

A BÍBLIA RESPONDE – CPAD – PDF

A Bíblia Responde da CPAD em PDF para baixar.

A-Bíblia-Responde

VOCÊ PODE LER AQUI MESMO OU ENTÃO SE PREFERIR PODERÁ BAIXAR.

Download “A BÍBLIA RESPONDE – CPAD – PDF” A-Bíblia-Responde.pdf – Baixado 2663 vezes – 545 KB

GOSTA DE LER, ENTÃO VEJA TAMBÉM:

A BÍBLIA RESPONDE – CPAD – PDF

Esta obra está baseada em dezenas de edições da coluna “Pergunte a A Seara”, da revista A Seara, que há muitos anos vem respondendo, com muita segurança e propriedade, às perguntas que lhe são formuladas.

Foram selecionadas e classificadas as que mais se identificam com as dúvidas de todos, com o objetivo de tornar este livro mais útil aos estudiosos das Escrituras Sagradas.

Livro este que contém, condensadas em suas páginas, aquelas respostas objetivas, bíblicas e práticas que satisfazem ao sincero desejo de milhares de irmãos.

Inclusive de muitos que, embora não tenham formulado por escrito suas perguntas, gostariam de que elas fossem respondidas.

Abraão de Almeida, Geremias do Cou­to, Geziel Gomes, Gustavo Kessler, Hélio René, Mardônio Nogueira, Miguel Vaz e Paulo César Lima pesquisaram, oraram e dedicaram boa parte do seu tempo com o intuito de ajudar o grande número de leito­res de “A Seara”, ajuda esta agora estendi­da a outros milhares de leitores através desta obra.

A BÍBLIA RESPONDE

PREDESTINAÇÃO

“Na sua onisciência, Deus predestinaria um número exato de pessoas para ser condenado e outro para descansar eternamente? Teria cada homem seu destino traçado?”

Acreditamos que Deus, na sua onis­ciência, por meio de leis científicas e matemáticas, sabe quantos vão vencer a bata­lha da fé e terminar triunfantes na eterna glória, porém, isso nada tem a ver com a predestinação fatalista: Jo 17.5.

No que tange à predestinação, ela se baseia, em essência, no “conhecimento anterior” de Deus, no sentido de que o seu “amor eterno” e preocupação e interesse pelos crentes é que está em foco.

Aqueles sobre quem fixou seu coração de antemão, portanto, são aqueles que se tornaram o alvo de seu decreto determinador.

A BÍBLIA RESPONDE

Esse decreto determinador não é um mero pronunciamento judicial, mas é, sem dúvida, acompanhado por um poder orientador e criador, através do Espírito Santo, que garante o cumprimento do propósito de Deus.

O grande alvo da predestinação é a chamada dos crentes dentro do tempo.

E o resultado de ambas as coisas é a transformação do crente segundo a imagem de Cristo, tanto moral (no que tange à participação do crente na própria santidade de Deus, tal como Cristo dela participa), como metafísica (no que convence a natureza essencial de Cristo).

Não existe, portanto, predestinação para a condenação. Por exemplo:

O caso do endurecimento do coração de Faraó, por dez vezes consecutivas, a Bíblia diz que ele mesmo se endureceu contra a ordem de Deus (Êx 7.13; 8.15,19,32; 9.7,34,35; 13.15; 14.22), e dez vezes lemos que Deus o endureceu: Êx 4.21; 7.3; 9.12; 10.20,27; 11.10; 14.4,8,17.

Theodoret assim explica o caso: “O sol, pelo seu calor, torna a cera mole e o barro duro, endurecendo um, amolecendo outro, produzindo pela mesma ação resultados contrários.

Assim a longanimidade de Deus faz bem a alguns e mal a outros; al­guns são amolecidos e outros endurecidos”.

Contudo, cremos que esse amolecimento ou esse endurecimento vêm daquilo que o homem apresenta a Deus: um coração contrito, ou orgulhoso.

Deus não endurece o coração de um indivíduo, necessariamente com uma inter­venção sobrenatural.

A BÍBLIA RESPONDE CPAD– PDF

O endurecimento pode ser produzido pelas experiências normais da vida, operando através dos princípios e do caráter da natureza humana, que são determinados por Ele.

Esta verdade é profundamente hebraica.

Um exemplo semelhante desta forma hebraica de pensamento encontra-se em Marcos 4.12, onde Jesus apresenta sua razão para ensinar a verdade sob a forma de parábola.  

Em outras palavras, apesar de a Bíblia declarar que Deus predestina para a vida, para a transformação segundo a imagem de Cristo e para a santidade, isso não quer dizer que Ele predestine algumas pessoas para a condenação conforme os teólogos calvinistas mais radicais têm imaginado.

Deus predestina segundo a sua presciência: 1 Pe 1.2.

A BÍBLIA RESPONDE

As Escrituras denominam tão-somente os crentes de eleitos, chamados, escolhidos e predestinados, mas sempre relacionados com a sua posição em Cristo, como as varas na videira.

“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo”, 2 Co 5.17;

“Todo aquele que crer em Jesus, e pela fé permanece nele tem a vida eterna e não entrará em condenação”, Jo 15; Rm 8.28-30.

O fatalismo e a predestinação absoluta nunca fizeram parte da doutrina e tradição apostólica, e são comuns às seitas heréti­cas que se consideram favoritas da divin­dade e responsáveis pelo desinteresse, frus­tração e miséria de muitos indivíduos, po­vos e igrejas.

Analisando a idéia do destino na lin­guagem popular, vemos que significa uma forma sobrenatural, indomável e irresistí­vel, da qual não podemos fugir.

Portanto, que se que limita a nossa liberdade e vontade.

Por ser uma maneira muito cômoda de pensar e de agir, é ela perfilhada por várias religiões e filosofias.

E até por confissões religiosas, mas sem base no ensino das Escrituras.

Desde épocas imemoriais o homem tem tido o hábito de acumular na lembrança, pequenos fracassos, desventuras e fatalidades.

E com elas construiu um monstro a que deu o nome de “destino”, que compreende como uma determinação imutável, esquecendo as inúmeras bênçãos, vantagens e vitórias alcançadas sobre a adversidade.

Sendo o destino o fim para que tende qualquer ação, o lugar a que se dirige a pessoa ou objetivo em causa, está ele sujeito às leis espirituais e materiais que regem o universo.

Assim, a vida é composta de bons e maus sucessos.

Em conformidade com o tempo, o local, o ambiente, a experiência e a atitude do indivíduo em relação a esses elementos.

A BÍBLIA RESPONDE

Cada homem tem, pois, que procurar, na prática de uma boa consciência, o caminho da verdade, sejam quais forem as conseqüências da sua determinação.

Está escrito na Bíblia que só Deus é realmente bom, não pode ser melhor do que é visto ser a personificação do Amor:

Lc 18.19; 1 Jo 4.8. Como pessoa livre, per­feita e justa, criou o homem à sua imagem e tornou-se o alvo de toda a dedicação: Gn 1.26,27; SI 8.

Como podia Deus fazer acepção dentre as suas criaturas?

E então determinar-lhes destinos diferentes, senão aqueles que eles próprios como seres livres e feitos a semelhança da mesma divindade, desejarem de “motu próprio” trilhar? Rm 2.11-16; 10.12-17.

GOSTA DE LER, ENTÃO VEJA TAMBÉM:

LIVROS EVANGÉLICOS PDF

a bíblia responde cpad pdf

? Como agradecer? Compartilhe com mais alguém!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.