Esboço de pregação sobre a Igreja de Filadélfia

Descubra como a Igreja de Filadélfia se tornou uma comunidade fiel e perseverante, baseada na passagem de Apocalipse 3:7-13. Este esboço de pregação explora a história e as promessas de Jesus para a igreja de Filadélfia.

Tema: A Igreja de Filadélfia – Uma Comunidade Fiel e Perseverante

Texto base desta pregação: Apocalipse 3:7-13

E ao anjo da igreja que está em Filadélfia escreve: Isto diz o que é santo, o que é verdadeiro, o que tem a chave de Davi, o que abre, e ninguém fecha, e fecha, e ninguém abre:

Eu sei as tuas obras; eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar; tendo pouca força, guardaste a minha palavra e não negaste o meu nome.Eis que eu farei aos da sinagoga de Satanás (aos que se dizem judeus e não são, mas mentem), eis que eu farei que venham, e adorem prostrados a teus pés, e saibam que eu te amo.10 Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra.11 Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.12 A quem vencer, eu o farei coluna no templo do meu Deus, e dele nunca sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu Deus e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, do meu Deus, e também o meu novo nome.13 Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas.

Introdução:

1. Contexto das Cartas às Igrejas:

No livro de Apocalipse, Jesus envia cartas às sete igrejas da Ásia Menor.

Cada carta contém uma mensagem específica para a igreja mencionada, destacando seus pontos fortes e fracos.

2. A Igreja de Filadélfia:

Filadélfia significa “amor fraternal” ou “amor dos irmãos”.

Esta igreja é uma das duas que recebem apenas elogios e encorajamento de Jesus.

Sem dúvida, o amor fraternal é uma característica importante dos cristãos. Somos “por Deus instruídos que devemos amar uns aos outros” (1 Ts 4:9); somos instruídos por Deus Pai (1 Jo 4:19), Deus Filho (Jo 13:34), e Deus Espírito Santo (Rm 5:5). Mas não basta amar a Deus e aos irmãos em Cristo, também é preciso amar o mundo perdido e procurar alcançar os incrédulos com as boas-novas da cruz. A igreja de Filadélfia tinha essa visão de alcançar o mundo perdido, e Deus colocou diante dela uma porta aberta.

3. Como Jesus se apresenta à igreja:

Jesus Cristo se apresenta à igreja de Filadélfia como “o santo”, o que equivale a dizer que Ele é Deus, uma afirmação obviamente verdadeira. Jesus Cristo é santo em Seu caráter, em Suas palavras, em Suas ações e em Seus propósitos. Como o Santo, Ele é singularmente separado de todas as outras coisas, e nada pode ser comparado a Ele.

Além disso, Ele é verdadeiro, ou seja, autêntico. Ele é o original, não uma cópia; o Deus genuíno, não um deus fabricado. Naquela época, havia centenas de deuses e deusas (1 Co 8:5-6), mas somente Jesus Cristo tinha o direito de declarar ser o Deus verdadeiro.

4. O Tema da Mensagem:

Vamos explorar as características da igreja de Filadélfia, seu exemplo de fidelidade e as promessas de Jesus para aqueles que perseveram.

I. A FIDELIDADE DA IGREJA DE FILADÉLFIA (Apocalipse 3:7-8)

A. Característica de Cristo:

  • “Estas coisas diz o Santo, o Verdadeiro, aquele que tem a chave de Davi, que abre e ninguém fecha, e fecha e ninguém abre.” (Apocalipse 3:7)
  • Jesus é apresentado com autoridade e poder absoluto.

B. Reconhecimento da Fidelidade:

  • “Eu sei as tuas obras. Eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar.” (Apocalipse 3:8)
  • Jesus reconhece as obras da igreja e abre uma porta de oportunidades que ninguém pode fechar.

C. Pequena Força, Grande Fidelidade:

  • “Tendo pouca força, guardaste a minha palavra e não negaste o meu nome.” (Apocalipse 3:8)
  • Apesar de suas limitações, a igreja manteve-se fiel à palavra de Cristo e não negou Seu nome.

II. AS PROMESSAS DE JESUS À IGREJA DE FILADÉLFIA (Apocalipse 3:9-11)

A. Vitória Sobre os Inimigos:

  • “Eis que eu farei aos da sinagoga de Satanás, aos que se dizem judeus, e não o são, mas mentem; eis que eu farei que venham, e adorem prostrados a teus pés, e saibam que eu te amo.” (Apocalipse 3:9)
  • Os adversários reconhecerão a verdade e o amor de Cristo pela igreja.

B. Proteção na Tribulação:

  • “Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra.” (Apocalipse 3:10)
  • Jesus promete proteção durante os tempos de provação.

C. Recompensa pela Perseverança:

  • “Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.” (Apocalipse 3:11)
  • Jesus encoraja a igreja a continuar firme, pois a recompensa está próxima.

III. AS PROMESSAS FUTURAS PARA OS VENCEDORES (Apocalipse 3:12-13)

A. Estabilidade Eterna:

  • “A quem vencer, eu farei coluna no templo do meu Deus, e dele nunca sairá.” (Apocalipse 3:12)
  • Os vencedores terão uma posição firme e permanente na presença de Deus.

B. Novo Nome e Nova Identidade:

  • “E escreverei sobre ele o nome do meu Deus, e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, do meu Deus, e também o meu novo nome.” (Apocalipse 3:12)
  • Eles receberão uma nova identidade, marcada pela presença de Deus e pela cidadania celestial.

C. Ouça o Espírito:

  • “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.” (Apocalipse 3:13)
  • A mensagem de Jesus não é apenas para Filadélfia, mas para todas as igrejas que desejam ser fiéis.

CONCLUSÃO

1. Lições da Igreja de Filadélfia:

A fidelidade e perseverança são recompensadas por Jesus.

Mesmo com pouca força, podemos ser grandemente usados por Deus.

2. Desafio para Hoje:

Sejamos uma igreja e indivíduos que guardam a palavra de Cristo e não negam Seu nome.

Busquemos as promessas de Jesus com perseverança e fidelidade.

3. Encerramento:

Que possamos ser encontrados fiéis como a igreja de Filadélfia, recebendo as promessas eternas de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo.

Vamos orar pedindo a Deus que nos ajude a permanecer firmes, fiéis e perseverantes, confiando em Suas promessas e aguardando Sua vinda com esperança e alegria. Amém.

Dicas para pregar este sermão sobre a Igreja de Filadélfia:

1. Comece definindo o contexto histórico e cultural da Igreja de Filadélfia, destacando suas principais características e desafios.

2. Use exemplos práticos e atuais para ilustrar a importância da fidelidade e perseverança na vida cristã.

3. Reforce a promessa de Jesus para a Igreja de Filadélfia como uma fonte de encorajamento e esperança para todos os cristãos.

Encoraje os ouvintes a permanecerem fiéis e perseverantes em sua fé, mesmo em meio a desafios e dificuldades.

5. Conclua com uma oração de encorajamento e agradecimento pela comunidade fiel e perseverante da Igreja de Filadélfia e pela promessa de Jesus para sua vida.

Se gostou deste esboço de pregação sobre a igreja de Filadélfia, então veja mais temas.

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!