Ilustração sobre Ciro: O vinho envenenado

O historiador grego, Heródoto, diz que Ciro, rei da Pérsia, atacou e conquistou a cidade de Babilônia à noite quando o rei Belsazar e seus nobres estavam embriagados. Não foi o primeiro nem o último rei conquistado quando os seus súditos estavam sob a influência de bebidas alcoólicas.

A vida do rei de Babilônia contrasta com a história de Ciro. Desde criança Ciro foi ensinado a não beber. Certa ocasião, quando estava visitando o seu avô, rei da Média, pediu licença para servir como copeiro. Fez o serviço tão bem que os nobres presentes o aplaudiram. Ficaram encantados com a imitação que o menino fez do copeiro, andando para cá, e para lá, muito compenetrado da sua missão.

O rei, seu avô, também louvou-o, mas chamou-lhe a atenção para uma negligência – não havia provado o vinho antes de entregá-lo, como o copeiro costumava fazer; a isto Ciro diz que não havia provado o vinho parque pensava que estivesse envenenado. “Mas, por que você imaginou tal coisa?” perguntou-lhe o avô. “Foi envenenado no outro dia quando o senhor fez festa com os amigos no seu aniversário natalício. Sei que estava, porque o senhor mesmo fez certas coisas que não permite que nós meninos façamos: fez barulho e usou linguagem rude e feia. Não podia nem ficar em pé direito e com firmeza. Por isso julguei que o vinho estivesse envenenado, pois produziu tal efeito”.

Estas palavras foram um ótimo sermão contra a bebedice.

Para mais temas, acesse ilustrações para sermões aqui.

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!