4 Lições que aprendemos com a Esposa de Jó

A esposa de Jó é uma personagem bíblica enigmática, pois aparece apenas uma vez em toda história e nem mesmo seu nome é citado. Muitos questionam se ela permaneceu casa da com Jó e se foi a mãe dos os outros filhos de Jó. Contudo, não podemos afirmar nada, pois a bíblia não nos dá nenhuma informação sobre ela.

O que sabemos da mulher de é que ela devia estar sob muita pressão, à medida que tantos acontecimentos catastróficos sobrevinham a ela e ao marido. Ela havia desfrutado de uma vida de privilégio e conforto, sendo respeitada como esposa de um homem íntegro e rico.

Embora, sem muitas informações, a mulher de Jó nos ensina grandes lições nas entrelinhas.

1. O caráter da esposa de Jó foi revelado mediante a provação

A prosperidade pode cobrir uma multidão de pecados, mas a adversidade os põe em evidência.

Ao mesmo tempo em que as chamas da adversidade mostraram as verdadeiras motivações de Jó, revelaram as motivações impuras de sua esposa, revelando qual era o seu caráter verdadeiro.

A previsão de satanás diante de Deus foi a de que, caso sobreviesse a calamidade a Jó, ele blasfemaria contra Deus (Jó 1:11-15).

Contudo, não seria mera coincidência sua própria esposa sugerir a Jó:

Então sua mulher lhe disse: Ainda reténs a tua sinceridade? Amaldiçoa a Deus, e morre.

Jó 2:9

Nesse momento, a mulher de Jó revela a sua falta de compreensão espiritual e simpatia pela situação de seu marido. Impressionada com a integridade contínua e a fé firme, ela zomba dele.

2. A esposa de Jó tentou desviá-lo da fé

Com frequência, os que estão mais próximos de uma pessoa podem ser usados por satanás para desanimá-lo e desviá-lo da fé.

Jó perguntou a sua esposa:

Porém ele lhe disse: Como fala qualquer doida, falas tu; receberemos o bem de Deus, e não receberíamos o mal? Em tudo isto não pecou Jó com os seus lábios.

Jó 2:10

Podemos dar crédito a Deus pelo bem, mas não pelo mal que acontece em nossas vidas? Deus ainda está no controle quando sobrevém a adversidade? Como aceitar uma adversidade vinda de Deus, se satanás está diretamente por trás dela?

Podemos ser abalados pelas circunstâncias adversas e, ainda assim, ter confiança de que Deus está no controle de tudo e quer o melhor para nós? Qual é a diferença entre fé verdadeira e mera superstição?

Quem confia em Deus apenas nos bons momentos e não nos maus engana a si mesmo sobre sua confiança em Deus. Jó chamou sua mulher de “doida” (Jó 2:10).

3. A esposa de Jó o abandonou no seu pior momento

A esposa de Jó abandonou seu marido no momento em que ele mais precisava de seu apoio, tornando seu sofrimento ainda maior ao enfrentá-lo sozinho. Apesar de ele ter procurado corrigir a maneira de pensar da esposa, o texto não diz se ela se arrependeu ou não.

Seu nome não é mencionado junto com o dos três amigos que, no final, precisaram arrepender-se. Realizando um sacrifício a Deus e pedindo que Jó orasse por eles. Talvez ela tenha ouvido a correção de Jó, ou como esposa de Jó, ela estivesse sob a cobertura de retidão de seu marido.

Supomos que ela tenha sido a mãe dos outros filhos que nasceram depois da restauração de Jó, uma vez que tudo indica que Jó era monógamo.

4. A esposa de Jó se deixou ser dominada pelo medo

O que Jó precisava, de fato, era de consolo e de compaixão. Infelizmente, quando uma esposa sente-se ameaçada pela insegurança e instabilidade, com frequência ela é consumida por seus próprios medos e não é capaz de encontrar forças e coragem para ser companheira e compassiva.

Por um lado, a esposa de Jó era uma mulher comum e normal, que não foi capaz de suprir as necessidades de seu marido num momento de adversidade.

Indiara Lourenço

Com mais de 20 anos atuando na Pregação e Ensino, Indiara possui experiência em ministério infantil, jovem e feminino. Estudante de Teologia e ministra aulas na EBD. Mãe, esposa e serva que ama fazer a obra de Deus. Contagia a todos com sua alegria e inspira com palavras motivadoras, deixando um impacto positivo por onde passa.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo