Comunhão com Deus – Uma vida de intimidade com o Criador

Esboço de sermão temático com o tema: Comunhão com Deus – Uma vida de intimidade com o Criador.

Tema: Comunhão com Deus

Texto base do sermão: 1 João 1:6-7

“Se afirmarmos que temos comunhão com ele e andarmos em trevas, mentimos e não praticamos a verdade. Mas, se andarmos na luz, como ele está na luz, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado.”

Introdução deste sermão:

A comunhão com Deus é o desejo de todo cristão, pois é a partir dela que podemos ter uma vida de intimidade com o Criador.

Nessa pregação, vamos entender o que é a comunhão com Deus, como podemos alcançá-la e quais são os benefícios que ela traz para nossas vidas.

Para isso, começaremos analisando…

I. O que é Comunhão com Deus?

A comunhão com Deus é muito mais do que uma mera relação religiosa; é um relacionamento pessoal e profundo com o Pai celestial.

Envolve intimidade, confiança, diálogo e uma vida compartilhada com Deus.

Na comunhão com Deus, experimentamos Sua presença, Seu amor, Sua graça e Sua verdade, nos moldando à Sua imagem e nos capacitando a viver de acordo com Sua vontade.

Tu me farás conhecer a vereda da vida, a alegria plena da tua presença, eterno prazer à tua direita. (Salmo 16:11).

II. Como Podemos Alcançar a Comunhão com Deus?

A comunhão com Deus começa com o reconhecimento de nossa necessidade dele e o desejo de nos achegarmos a Ele em fé e humildade

“Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.” (Hebreus 4:16).

Precisamos buscar a comunhão com Deus através da oração, da leitura da Palavra, da adoração e da obediência à Sua vontade.

“Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Alimpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai os corações.” (Tiago 4:8).

A comunhão com Deus também envolve confessar nossos pecados e nos arrependermos, permitindo que Ele purifique nossos corações e nos restaure em Sua presença.

“Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.” (1 João 1:9).

III. Benefícios da Comunhão com Deus:

A comunhão com Deus traz paz e alegria profunda à nossa alma, mesmo em meio às circunstâncias difíceis da vida.

 “Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus.” (Filipenses 4:6-7).

Nos capacita a experimentar o amor divino em sua plenitude e a compartilhar esse amor com os outros ao nosso redor.

“Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor.” (1 João 4:7-8).

Nos fortalece espiritualmente, nos capacitando a resistir às tentações e enfrentar os desafios da vida com coragem e esperança (Efésios 6:10-11).

Conclusão deste sermão:

A comunhão com Deus é a essência da vida cristã.

É através dela que podemos conhecer o Criador e ser conhecidos por Ele.

Quando temos uma vida de intimidade com Deus, somos transformados e passamos a viver de acordo com a Sua vontade.

Por isso, busquemos sempre ter um relacionamento íntimo com o Pai, através da oração, meditação na Palavra, adoração e submissão à vontade de Deus.


Se você gostou deste sermão sobre comunhão com Deus, então veja outros esboços de pregação

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!