Lições do Paralítico de Cafarnaum

Texto deste sermão sobre as lições de cura do paralítico de Cafarnaum: Marcos 2:3-12

Introdução

Os paralíticos eram muito comuns nos tempos bíblicos. O apoio médico não estava disponível para essas pessoas com deficiência e sua única esperança era a intervenção divina. 

Esta passagem fala sobre um paralítico e a história trata de três princípios para ter um encontro com Deus.

1. Extraordinária Fé e Persistência

A. Eles estavam determinados a não voltar atrás

I. Eles tiveram um monte de problemas carregando o paralítico pelas estradas poeirentas daquela área.

II. A entrada estava bloqueada e eles não conseguiram entrar. Parecia que tudo estava perdido.

III. Eles tinham duas opções. Para voltar ou encontrar uma forma alternativa de entrar na casa.

B. A fé extraordinária foi a fonte da persistência

I. Sua fé em Deus os motivou a superar as barreiras.

II. A fé desenvolve a perseverança (Tiago 1:3)

III. Quando Jesus viu a fé deles… (Marcos 2:5)

C. Mantenha a persistência (Mateus 7:7-8).

I. Se sua fé for verdadeira, você nunca desistirá, porque você sabe que Deus nunca desiste.

II. A fé sem ação é morta (Tiago 2:17)

III. Alguém disse ‘Vencedores nunca desistem e desistentes nunca vencem’.

2. Perdão pelo pecado

A. Jesus não abordou a necessidade direta de cura do paralítico porque,

I. Ele queria esclarecer que o sofrimento do homem se baseia na separação de Deus.

II. O pecado não é a fonte de todas as doenças; no entanto, o perdão do pecado acompanha a cura física.

B. Somente Jesus pode perdoar seu pecado.

I. Religiões, costumes e rituais não podem trazer cura.

II. Somente Jesus tem autoridade para perdoar pecados, pois Ele é de Deus.

III. Ilustração: O Presidente do Sri Lanka tem autoridade legal para libertar qualquer prisioneiro de sua vontade.

C. Humilhe-se enquanto você está sentado aqui ouvindo a palavra de Deus. Arrependa-se e admita sua necessidade de Jesus, um mediador para restaurar seu relacionamento quebrado com Deus.

3. O paralítico obedeceu ao mandamento de Jesus.

A. Eu lhe digo para se levantar, pegar sua esteira e ir para casa. Ele se levantou, pegou sua maca e saiu à vista de todos (Marcos 2:11-12)

I. A verdadeira fé exige ação por obediência.

II. Esta afirmação deve ter soado muito extrema para os outros, mas o paralítico não fez uma pergunta.

B. Ele fez sua parte

I. Os amigos fizeram seu trabalho

II. Deus fez a sua parte

III. Finalmente, o paralítico cumpriu seu próprio papel.

4. Conclusão

A. Agora é a hora de você dar um passo à frente com fé.

I. Fiz minha parte pregando a palavra de Deus.

II. Deus cumpriu a sua parte e já te perdoou.

III. É hora de você dar um passo de fé na obediência.

Veja mais esboços prontos para pregar aqui.

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!