Tiago 1: Como lidar com as Provações

Esboço de Sermão em Tiago 1: 2-4 com o título: Como lidar com as Provações. Sermão Temático sobre provações.

TÍTULO: COMO LIDAR COM AS PROVAÇÕES             

TEXTO: Tiago 1: 2-4

INTRODUÇÃO

Ilustrações:

O Pai que quer ensinar seu filho a crescer

Pai tem que decidir: proteger a criança de dificuldades ou permitir que ela suporte o sofrimento para que possa aprender e crescer.

Pois, o pai que mima seu filho e não o deixa aprender com a “escola da vida” age errado com seu filho.

Deus, nosso Pai divino, decide com respeito aos sofrimentos que nós podemos encontrar como adulto, com uma diferença importante: Ele toma estas decisões com bondade e sabedoria.

A parábola do semeador

Em Lucas 8: 13 (Parábola do semeador), semente que caiu sobre pedra, os que ouvindo a palavra a recebem com alegria, creem apenas por algum tempo e na hora da provação se desviam.

Definição de Provação: situação de aflição, penosa.

Definição de Tribulação: Contrariedades, aflição, tormentos, dúvidas.

Proposição: Provações nos causam sofrimentos, no entanto, será que os sofrimentos podem nos ajudar?

Transição:

  1. É um sério engano acreditar que para tudo estar bem, Deus deveria eliminar todo o sofrimento de nossas vidas.
  2. Alguns dos sofrimentos que Deus pode permitir que experimentemos é para o nosso bem.
  3. Veja, então, alguns sofrimentos que nos ensinam:

I. SOFRIMENTO FÍSICO… PODE NOS FAZER OLHAR PARA O CÉU

A. Há coisas piores que o sofrimento físico (Mt 9:2)

Jesus perdoa os pecados (doença espiritual) e em seguida cura a doença física.

A saúde é um bem precioso e pouco valorizado, até se perder.

B. Aspiramos em ter nosso corpo revestido da habitação celestial (2 Co 5:1-2)

C. A dor de Jó contribuiu para o desejo de ver seu Redentor (Jó 19:6-21)

Transição: Mas, além dos sofrimentos físicos, as vezes faltam moradia, alimentação e emprego.

Será que as nossas necessidades materiais podem nos ajudar?

II. NECESSIDADE MATERIAL… PODE NOS ENSINAR DEPENDÊNCIA DE DEUS

A. Há coisas piores que a pobreza física (Tg 2:5)

Pior é não ser escolhido para herdeiro do reino de Deus.

B. Deus provou Israel (Dt 8:2,3)

Deixou Israel experimentar a fome etc. de forma que eles aprendessem a depender d’Ele em todas as suas necessidades.

Jesus confirma isso ao vencer o inimigo na 1ª tentação.

C. Nas necessidades temos a certeza de que “em Cristo nós podemos todas as coisas” (Fp 4:11-13)

Transição:

Em Cristo nós podemos todas as coisas , menos nos livrar da morte, todavia a morte física é algo natural e inevitável, mas será que  perder um ente querido pode nos ajudar?

III. A MORTE DE UM PARENTE… PODE NOS ENSINAR SOBRE A BREVIDADE E INCERTEZA DA VIDA

A. A morte prematura nos mostra que a vida pertence a Deus (2 Sm 12:19-23)

B. Não podemos acrescentar tempo a nossa vida (Mt 6:27)

“Quem de vós, por ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado (pedacinho de tempo) a sua vida.”

C. Há verdades valiosas a serem aprendidas na “casa onde há luto” (Ec 7:2)

Precisamos valorizar nossos dias vivendo de forma sábia e que agrada a Deus.

Transição:

Sabendo que a nossa vida aqui na terra é breve, precisamos nos preparar espiritualmente, isto é, crescer no conhecimento da Palavra de Deus.

Mas quando erramos somos disciplinados por Deus, será que a disciplina pode nos ajudar?

IV. DISCIPLINA… PODE NOS SALVAR DO PERIGO DA IMATURIDADE ESPIRITUAL  

A. A disciplina é sinal do amor de Deus por nós (Hb 12:7-11) 

B. Aprender com a correção é um aspecto da sabedoria (Pv 17:10)

Transição:

Porém cumprir a vontade de Deus faz com que sejamos diferentes do mundo, ou seja, sofreremos injustiças, mas não podemos revidar, será que sofrer em defesa da nossa Fé pode nos ajudar?

V. SOFRIMENTO PELA FÉ… PODE PRODUZIR RESISTÊNCIA

A. A perseguição pode ser sinal de nossa fidelidade a Deus (2 Tm 3:12)

B. Os perseguidos estão entre os “bem-aventurados” (Mt 5:11)

C. A perseguição pela fé nos torna alegres…    (Tiago 1:2-4)

Transição:

O importante é sabermos que Deus permite as provações para nos ajudar.

CONCLUSÃO (TIAGO 1)

O que diferencia a família cristã das demais é que, nos problemas enfrentados, ela tem a quem buscar, de onde tirar forças para suportá-los e sabedoria para resolver cada um deles.

O crente pode chorar, sofrer, sentir, mas não se desespera, porque o seu Deus entende esse lado humano.

Ele se coloca ao nosso lado, seja qual for a nossa experiência, mesmo que dolorosa e nos ajuda a enfrentar a crise.

Em João 17:15 Jesus não orou para que os seus discípulos fossem protegidos de qualquer dificuldade, mas para que eles fossem ajudados a superar os problemas por morar neste mundo.

A chave para lidar com o sofrimento é a fé: confiando no Deus que sabe o que está fazendo e que no fim transformará todas as coisas em nosso favor.

Paulo teve “prazer” nos sofrimentos, pela causa de Cristo:

“Porque, quando sou fraco, então, é que sou forte”

Ele tinha aprendido que nossa “leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória” e grande galardão no céu.

Desafio: 

Você viu o quanto as provações podem te fazer crescer? Portanto, a partir de agora passe a vê-las de outra forma e aproveite tudo o elas podem te ajudar!

Se você ainda não tomou uma decisão de fazer parte dessa família em Cristo, pense nos sofrimentos e tribulações que somente com a ajuda de Deus nós podemos suportar.

Tome essa decisão agora!

-curso pregador
baixar pdf biblioteca do pregador

ESBOÇO DE SERMÃO TEMÁTICO EM TIAGO 1

Tiago-1-como-lidar-com-as-provacoes.pdf (164 downloads)
COMPARTILHE estudos esbocos BIBLIOTECA DO PREGADOR

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.