5 Privilégios em Deus

Esboço de Pregação expositiva no Salmo 37 com o tema “5 Privilégios em Deus”.

TÍTULO: 5 PRIVILÉGIOS EM DEUS

Texto do sermão: Salmo 37

INTRODUÇÃO

O Salmo 37 é um tesouro de sabedoria que revela os inúmeros privilégios que temos ao nos relacionarmos com Deus.

Cada verso desse salmo nos convida a descobrir e desfrutar dos benefícios que vêm ao confiarmos, deleitarmos, entregarmos, descansarmos e esperarmos no Senhor.

Vamos explorar o primeiro privilégio que encontramos neste Salmo.

I. CONFIAR NO SENHOR – Salmo 37:3

Confia no Senhor e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado.”

A. Fundamento da Vida: A confiança no Senhor é o alicerce da vida do crente, garantindo sustento e provisão divina.

B. Atitude Ativa: Confiar não é apenas passivo, mas implica em agir corretamente (“faze o bem”), mostrando que a confiança se expressa em ações justas.

Ilustração: Assim como uma árvore confia na terra para suas raízes, nossa confiança no Senhor é a base que nos mantém firmes e frutíferos.

Avançando para o segundo privilégio, observamos o chamado para nos deleitarmos no Senhor.

II. DELEITAR-SE NO SENHOR – Salmo 37:4

Deleita-te também no Senhor, e ele te concederá o que deseja o teu coração.”

A. Relacionamento Íntimo: Deleitar-se implica em desfrutar de um relacionamento íntimo com Deus, encontrando prazer na Sua presença.

B. Alinhamento de Desejos: À medida que nos deleitamos no Senhor, nossos desejos se alinham com os propósitos divinos, resultando em bênçãos concedidas por Ele.

Ilustração: Como uma criança se deleita em passar tempo com seus pais, nosso deleite no Senhor fortalece nossa comunhão e alinha nossos corações aos Seus desígnios.

Passando agora ao terceiro privilégio, encontramos a exortação para nos entregarmos ao Senhor.

III. ENTREGAR-SE AO SENHOR – Salmo 37:5

Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará.”

A. Submissão Total: Entregar nosso caminho ao Senhor implica em submissão total, confiando que Ele é capaz de dirigir e guiar cada passo.

B. Cooperação na Obra Divina: Ao nos entregarmos, colaboramos com o plano de Deus para nossas vidas, permitindo que Ele cumpra Suas promessas.

Ilustração: Da mesma forma que um navegador entrega o leme ao capitão para conduzir o barco com segurança, nossa entrega ao Senhor garante a navegação segura de nossa jornada.

IV. DESCANSAR NO SENHOR – Salmo 37:7

Descansa no Senhor e espera nele; não te indignes por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa astutos intentos.”

A. Paciência em Tempos Difíceis: Descansar no Senhor implica paciência, mesmo diante da prosperidade aparente dos ímpios.

B. Foco na Soberania Divina: O descanso reflete confiança na soberania de Deus, reconhecendo que Ele controla todas as coisas.

V. ESPERAR NO SENHOR – Salmo 37:7 (Parte B)

Espera no Senhor e guarda o seu caminho, e te exaltará para herdares a terra; tu o verás quando os ímpios forem exterminados.”

A. Esperança Firme: Esperar no Senhor é manter uma esperança firme na promessa de que Ele exaltará os justos e herdarão a terra.

B. Confiança no Cumprimento Divino: A espera reflete nossa confiança de que as promessas de Deus se cumprirão no tempo e da maneira que Ele determinar.

Ilustração: Como um agricultor espera pacientemente pela colheita, nossa espera no Senhor é fundamentada na confiança de que Ele trará a plenitude de Suas bênçãos no tempo certo.

CONCLUSÃO:

Ao finalizar nossa jornada pelos cinco privilégios em Deus, que possamos internalizar esses princípios em nossa vida diária. Confiemos, deleitemo-nos, entreguemo-nos, descansemos e esperemos no Senhor, vivendo assim uma vida plena de bênçãos divinas.

Desafio Prático: Como resposta a esses privilégios, comprometamo-nos a aplicar cada um deles em nossa jornada espiritual. Que, ao confiarmos e nos deleitarmos no Senhor, nossa vida seja um testemunho vivo do Seu amor e fidelidade.

Dicas para pregar este sermão no Salmo 37

  1. Preparação Profunda:
    • Estude cada tópico com profundidade, entendendo o contexto do Salmo 37 e relacionando-o com as verdades bíblicas.
    • Familiarize-se com os termos-chave, como “confiar”, “deleitar-se”, “entregar-se”, “descansar” e “esperar”, destacando suas implicações espirituais.
  2. Ilustrações Significativas:
    • Utilize ilustrações e exemplos que ressoem com a vida diária da audiência, facilitando a compreensão e aplicação prática dos princípios apresentados.
    • Seja criativo ao usar metáforas, histórias ou analogias para ilustrar os conceitos de confiar, deleitar-se, entregar-se, descansar e esperar no Senhor.
  3. Ênfase na Aplicação Prática:
    • Ao apresentar cada privilégio, destaque como os ouvintes podem aplicar esses princípios em suas vidas diárias.
    • Forneça exemplos específicos de como a confiança, o deleite, a entrega, o descanso e a espera no Senhor podem fazer uma diferença tangível em situações reais.
  4. Conexão com Testemunhos Reais:
    • Compartilhe testemunhos reais de pessoas que experimentaram os benefícios de confiar, deleitar-se, entregar-se, descansar e esperar no Senhor.
    • Se possível, convide membros da congregação a compartilhar suas próprias experiências relacionadas aos princípios abordados.
  5. Apelo e Desafio Final:
    • Conclua a mensagem com um apelo claro e desafiador, incentivando os ouvintes a aplicarem ativamente esses privilégios em suas vidas.
    • Ofereça oportunidades para oração e reflexão, incentivando a resposta pessoal diante dos princípios compartilhados.

Se gostou deste sermão “Privilégios em Deus”, então confira mais pregações aqui.

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo