A Figueira Estéril – Esboço de Pregação em Lucas 13:6-9

Se você está procurando por um esboço de pregação expositiva, baseado na parábola da figueira infrutífera em Lucas 13:6-9, você está no lugar certo. Nesta passagem, Jesus usa uma história simples para transmitir uma mensagem profunda sobre arrependimento, frutificação e julgamento. Ah! não se esqueça de conferir as dicas para pregar, no final do esboço.

Tema do sermão: A Figueira Estéril

Texto base: Lucas 13:6-9

6 E dizia esta parábola: Um certo homem tinha uma figueira plantada na sua vinha, e foi procurar nela fruto, não o achando; 7 E disse ao vinhateiro: Eis que há três anos venho procurar fruto nesta figueira, e não o acho. Corta-a; por que ocupa ainda a terra inutilmente? 8 E, respondendo ele, disse-lhe: Senhor, deixa-a este ano, até que eu a escave e a esterque; 9 E, se der fruto, ficará e, se não, depois a mandarás cortar.

Introdução:

Todos nós já passamos por momentos de frustração e decepção em nossas vidas.

Quando plantamos uma semente, esperamos que ela germine e dê frutos, mas às vezes, isso não acontece.

Jesus, em seu ministério terreno, usou a figura da figueira estéril para nos ensinar sobre a importância de produzir frutos em nossa vida cristã.

Vamos explorar essa parábola e ver como ela se aplica a nós hoje.

I. O Proprietário da Figueira Estéril

  • O proprietário representa Deus, o criador e dono de tudo o que existe.
  • Ele veio procurando frutos na figueira, assim como Deus procura frutos em nossas vidas.
  • Ele teve paciência com a figueira estéril, dando-lhe mais uma chance para produzir frutos.

II. A Figueira Estéril

  • A figueira estéril representa aqueles que ouvem a palavra de Deus, mas não a colocam em prática.
  • Ela não produzia frutos apesar de ter recebido tudo o que precisava para isso.
  • Assim como a figueira estéril, muitas vezes somos inúteis e improdutivos em nossa vida cristã.

III. O Chamado à Produção de Frutos

  • O proprietário da figueira deu um ultimato para que ela produzisse frutos ou seria cortada.
  • Deus nos chama a produzir frutos em nossa vida cristã, seja por meio de boas obras ou da propagação do evangelho.
  • Precisamos estar sempre buscando crescer e produzir frutos em nossa caminhada com Cristo.

Conclusão:

Assim como a figueira estéril, podemos ser inúteis e improdutivos em nossa vida cristã.

Mas Deus nos dá a chance de mudar e crescer em nossa caminhada. Ele quer que produzamos frutos que glorifiquem Seu nome.

Vamos então nos dedicar a buscar crescer e produzir frutos em nossa vida, para a honra e glória de Deus.

Dicas para pregar este sermão sobre a figueira estéril

Para pregar um sermão sobre a figueira estéril, seguem algumas dicas:

1. Conheça o contexto: É importante entender o contexto bíblico em que a história da figueira estéril se encontra. A passagem também está em Mateus 21:18-22 e também é relatada em Marcos 11:12-14, 20-25. É preciso compreender o que aconteceu antes e depois dessa passagem para ter uma compreensão completa do que Jesus está ensinando.

2. Identifique o simbolismo: A figueira era uma árvore comum na região e muitas vezes simbolizava a nação de Israel. Ao amaldiçoar a figueira, Jesus pode estar fazendo uma crítica ao estado da nação de Israel naquele momento.

3. Analise o contexto histórico: Saber o contexto histórico da passagem pode ajudar a entender o simbolismo e a mensagem que Jesus está transmitindo. No caso da figueira estéril, é importante saber o que estava acontecendo na época em relação a Israel e como isso pode ter influenciado a ação de Jesus.

4. Pense na aplicação para os dias de hoje: É importante relacionar a mensagem da figueira estéril com a nossa vida atual. Como podemos aplicar essa lição em nossa vida espiritual? Como podemos evitar sermos como a figueira estéril?

5. Use ilustrações: Ilustrações podem ajudar a tornar a mensagem mais clara e fácil de entender. Você pode usar exemplos da vida cotidiana ou histórias para ajudar a ilustrar a mensagem da passagem.

6. Ore e peça orientação: Por fim, é importante orar e pedir orientação ao Espírito Santo para que ele possa te guiar na preparação e entrega do sermão.

Gostou deste esboço? Então lhe convido para conhecer outros temas de sermões.

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!