Ano Novo, Novas Decisões – Sermão para 2024

Esboço de sermão temático para 2024 com o tema: Ano Novo, Novas Decisões. Este é um bom tema para pregar no começo do novo ano, pois, exorta os crentes a refletirem sobre suas escolhas e tomar novas decisões.

Tema do sermão para 2024: Ano Novo, Novas Decisões

Texto: Josué 24:15 – NTLH

Mas, se vocês não querem ser servos do SENHOR, decidam hoje a quem vão servir. Resolvam se vão servir os deuses que os seus antepassados adoravam na terra da Mesopotâmia ou os deuses dos amorreus, na terra de quem vocês estão morando agora. Porém eu e a minha família serviremos a Deus, o SENHOR.

Introdução

A. Frequentemente estamos diante de decisões na vida.

B. Somos livres para decidir

  • Somos livres em nossas decisões, mas não nas suas consequências
  • Portanto, decidir pelo certo é importante

C. O que a Bíblia nos ensina sobre decisões:

  • É bom imitar exemplos das boas decisões
  • Veremos decisões de alguns personagens bíblicos
  • Vamos examinar e aprender com algumas decisões na Bíblia

I. A Decisão de Josué (Josué 24:15)

Mas, se vocês não querem ser servos do SENHOR, decidam hoje a quem vão servir… Porém eu e a minha família serviremos a Deus, o SENHOR.

A. Sua escolha foi servir a Deus

  • Deus nunca obriga alguém a servi-lo.
  • Deus deseja que O sirvamos por amor.
  • Cabe a cada um de nós fazer essa escolha.

B. Qual será a sua escolha em 2024?

  • Você servirá a Deus ou a Satanás?
  • Não há meio termo no serviço a Deus.
  • Ele será sua escolha?

II. A Decisão de Davi (Sl 116:1-2)

AMO ao SENHOR, porque ele ouviu a minha voz e a minha súplica. Porque inclinou a mim os seus ouvidos; portanto, o invocarei enquanto viver.

A. Sua escolha foi orar.

  • Ele apresenta seu raciocínio por trás da escolha.
  • Porque Deus ouve e responde orações.

B. Ele também decidiu louvar a Deus em todos os momentos. (Salmos 34:1)

LOUVAREI ao SENHOR em todo o tempo; o seu louvor estará continuamente na minha boca.

Há um excelente exemplo a seguir em 2024.

Precisamos continuar em orando porque a oração é importante para nosso relacionamento com Deus.

Precisamos determinar louvá-lo porque:

  • Você não pode reclamar e louvar
  • Você não pode criticar e louvar
  • Você não pode fofocar e louvar

C. As decisões de Davi concernentes à Palavra de Deus. (Salmos 119:15-16)

“Meditarei nos teus preceitos” (v.15a)

A importância de meditar na Palavra de Deus.

“Porque, como imaginou em seu coração, assim ele é” (Provérbios 23:7).

Tomando a Palavra de Deus em nossas mentes regularmente.

“Terei prazer nos teus estatutos” (v.16a)

Não para ser enfadonho, mas prazer diário.

Como uma carta de amor do Senhor.

“Não me esquecerei da tua palavra” (v.16b)

Isso exige memorização. A memorização da Bíblia não é apenas para crianças, mas para todos.

Por que não começar a memorizar versículos todas as semanas deste ano?

O valor da decisão de ler a Bíblia durante este ano.

III. Decisão de Daniel (Dn 1:8)

E Daniel propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; portanto pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não se contaminar.

A. Ele decidiu permanecer separado

Ele se recusou a se contaminar com a carne e a bebida.

Embora os outros ao seu redor não estivessem pensando nisso, Daniel decidiu recusar.

“O certo ainda é certo mesmo que ninguém mais o esteja fazendo e o errado ainda é errado mesmo que todos o estejam fazendo.”

Daniel tomou uma posição pelo Senhor quando seria mais fácil não fazê-lo, mas ele decidiu não se contaminar.

B. Ele propôs em seu coração.

Sua decisão não foi apenas um capricho, mas uma convicção pessoal.

Precisamos de algumas convicções sinceras em nossas vidas.

Devemos ter o propósito de viver uma vida santa diante de Deus.

Vidas santas não são resultado do acaso, elas têm um propósito.

A Resolução do Filho Pródigo (Lucas 15:18)

Levantar-me-ei, e irei ter com meu pai, e dir-lhe-ei: Pai, pequei contra o céu e perante ti.

A. Ele estava no fundo.

Ele tinha deixado a casa de seu pai onde tinha tudo que precisava…

Mas após gastar todo seu dinheiro, agora ele se encontra em uma situação em que desejava encher o seu estômago com as bolotas que os porcos comiam, e ninguém lhe dava nada…

Quando ele chegou ao fundo do poço, finalmente ele viu a vida na perspectiva correta.

B. Ele fez sua escolha e decidiu:

  • Voltar ao Pai.
  • Confessar seu pecado.
  • Tornar-se um servo humilde.

Conclusão:

O que decidiremos fazer em 2024? É só mais um novo ano ou vamos escolher colocar Deus em primeiro lugar em nossa vida?

  • Para servi-Lo como Josué;
  • Orar e louvar como Davi;
  • Manter-se santo como Daniel;
  • Voltar para o Pai como o filho pródigo.

A escolha é nossa! Que possamos decidir por boas escolhas!

Se gostou do tema, então veja mais sermões impactantes aqui.

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo