O que sabemos sobre Benjamim, o filho mais novo de Jacó?

Alguns filhos de Jacó não tiveram grandes destaques na bíblia, apesar de o livro descrever o que aconteceu com cada um deles. Por isso, vamos apresentar o que sabemos sobre Benjamim, o décimo terceiro filho de Ja, ou seja, o mais novo.

Embora muitas vezes ofuscado pela importância de seus irmãos mais velhos, José e Judá, a tribo de Benjamim teve um papel crucial na história de Israel. Por isso, conhecer a história de Benjamin é descobrir as complexidades da formação do povo de Israel e entender melhor a cultura e a religião dos tempos antigos. 

Neste estudo bíblico, vamos mostrar tudo o que sabemos sobre Benjamim, desde seu nascimento até a fundação de sua tribo e seus personagens mais importantes.

O que sabemos sobre Benjamim – o seu nascimento

Esse personagem bíblico do Antigo Testamento, nasceu após Jacó ser obrigado a deixar Siquém, depois da traição que Simeão e Levi cometeram. (Gn. 34: 30)

Raquel estava grávida de seu segundo filho e deu à luz quando estava para chegar em Efrata ou Belém como se conhece hoje em dia. Porém, antes de morrer ela lhe deu o nome de Benoni, que significa filho da minha dor; mas Jacó o chamou de Benjamim – filho da minha destra. (Gn 35: 16-20)

Significado de seu nome

Em hebraico, o nome בִּנְיָמִין (Binyamin) significa “filho do sul” ou “filho da mão direita“, das raízes בֵּן (ben) que significa “filho” e יָמִין (yamin) que significa “mão direita, sul”

Segundo o site Chabad.org, significa: “Filho da (mão direita); Filho da velhice”

O que mais sabemos sobre Benjamim 

Passaram-se os anos e houve uma grande seca na terra, por isso, os filhos de Jacó foram comprar alimento no Egito. Todavia, ele não permitiu que Benjamim fosse, Gn. 42: 4, ele temeu perder o único filho que teve com Raquel, a sua amada.

Quando seus irmãos precisaram voltar ao Egito para comprar mantimentos, levaram Benjamim com eles. (Gn. 43: 15)

Um momento importante na vida de Benjamim, é quando José conhece seu irmão e chora. (Gênesis 43: 29-30)

Outro ponto significativo na história deste personagem, foi o teste que José fez com seus irmãos, se encontra em Gênesis 44:2 quando colocam “o copo de prata na boca do saco do mais novo”.

Essa parte da história é onde José se apresenta a seus irmãos, dá mais presentes a Benjamim e a seu pai, despede-os e pede que eles não contendam pelo caminho. (Gênesis 45: 1-28)

No capítulo 49: 27, Jacó abençoa Benjamim dizendo que ele é “lobo que despedaça e pela manhã devora a presa e à tarde reparte o despojo”.

Nesse primeiro momento, é tudo o que sabemos sobre Benjamim. A partir daí, os filhos de Israel vivem por 430 anos na terra do Egito. 

O que aconteceu com os benjamitas após saírem do Egito?

A história dos filhos de Israel e suas tradições, formação de famílias e tribos não parou mesmo estando em terra estranha.

No livro de números capítulo 1: 36-37, por exemplo, Deus mandou Moisés fazer o censo, e dos filhos de Benjamim que podiam sair para a guerra era um total de trinta e cinco mil e quatrocentos homens. 

Também sabemos sobre Benjamim que sua herança ficava entre Efraim, ao norte, e Judá, ao sul. Apesar de pequeno e cheio de montanhas, era um lugar fértil. 

Em Josué 18: 21-28, estão os nomes das cidades mais importantes como Jerusalém, Jericó, Betel, entre outras.

Houve um certo período em que a tribo de Benjamim quase deixou de existir devido a uma guerra civil desoladora que eles se envolveram com as outras onze tribos. (Juízes 20:20-21; 21:10).

 personagens bíblicos mais importantes da tribo de Benjamim

Os personagens bíblicos mais importantes da tribo de Benjamim

Depois dos Juízes e dos profetas, o povo começou a pedir um rei, pois entre as nações vizinhas, eles eram os únicos que não possuíam um governante real.

Nesse tempo, quem administrava Israel era o profeta Samuel. Deus ouviu o clamor do povo, entendeu que eles o rejeitaram como aquele que governa o coração do povo. (I Sam. 8:5-9)

Por fim, a bíblia conta que o primeiro rei de Israel foi um homem da tribo de Benjamim, Saul. Este Deus escolheu para reinar sobre o seu povo. (I Sam. 9:16)

Além das guerras, lutas, desobediências e suicídios, a bíblia nos mostra que Deus exalta e abate. Faz aquele que é pequeno e desprezado sentar entre os príncipes. 

Os relatos bíblicos nos mostram a grandeza da palavra e quanto Deus está disposto a trabalhar para beneficiar aqueles que clamam pelo seu nome.

12 fatos sobre Benjamim

  1. Benjamin era o 12º filho de Jacó, sendo um dos progenitores das 12 tribos de Israel. Onze de seus irmãos nasceram em Charã, enquanto Jacó trabalhava para seu sogro Labão.
  2. Seu nascimento foi abençoado por Deus, conforme predito por Jacó pouco antes do parto. Deus prometeu que reis surgiriam de sua linhagem, o que se cumpriu mais tarde.
  3. Benjamin nasceu quando Jacó tinha 100 anos, sugerido pelo valor numérico de seu nome em hebraico.
  4. Sua mãe, Raquel, morreu no parto, sendo enterrada à beira da estrada.
  5. Inicialmente nomeado por sua mãe como “ben oni”, que significa “filho do meu sofrimento”, ele foi renomeado por Jacó como “ben-yamin”, que pode ser interpretado como “filho da direita”, refletindo triunfo e perseverança.
  6. Benjamin se parecia com sua mãe, Raquel, que era descrita como tendo belos traços e uma bela pele.
  7. Ele sentia falta de seu irmão mais velho, José, cujo destino era desconhecido quando Benjamin era criança.
  8. Seu pai, Jacó, preocupava-se com ele, relutando em enviá-lo ao Egito, onde José estava, temendo que algum mal lhe acontecesse.
  9. Benjamin foi incriminado por José, que colocou sua taça no saco de Benjamin como pretexto para detê-los.
  10. Seu pai o comparou a um lobo em sua bênção antes de falecer, sugerindo sua natureza feroz.
  11. Seus descendentes incluíam o rei Saul, conforme profetizado por Jacó.
  12. Paulo, o apóstolo, era descendente da tribo de Benjamin.

Principais versículos sobre Benjamim

  1. Gênesis 35:18 – “E aconteceu que, ao sair-lhe a alma (pois morreu), chamou-lhe Benoni; mas seu pai chamou-lhe Benjamim.”
  2. Gênesis 35:24 – “Os filhos de Raquel: José e Benjamim.”
  3. Números 1:36 – “Dos filhos de Benjamim, Abidã, filho de Gideoni.”
  4. Números 34:21 – “Para a tribo dos filhos de Benjamim, os príncipes eram Eliabe, filho de Amiúde.”
  5. Números 34:22 – “E Calebe, filho de Jefoné, por parte da tribo dos filhos de Judá, será o príncipe.”
  6. Juízes 1:21 – “E os filhos de Benjamim não expulsaram aos jebuseus que habitavam em Jerusalém; mas os jebuseus habitaram com os filhos de Benjamim em Jerusalém, até ao dia de hoje.”
  7. Ester 2:5 – Havia então um homem judeu na fortaleza de Susã, cujo nome era Mardoqueu, filho de Jair, filho de Simei, filho de Quis, homem benjamita,
  8. 2 Samuel 19:16 – E apressou-se Simei, filho de Gera, benjamita, que era de Baurim; e desceu com os homens de Judá a encontrar-se com o rei Davi.
  9. Romanos 11:1 – “Digo, pois: Porventura rejeitou Deus o seu povo? De modo nenhum; porque também eu sou israelita, da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim.”
  10. Filipenses 3:5 – “Circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus; segundo a lei, fui fariseu.”
  11. Atos 13:21 – “E depois pediram um rei, e Deus lhes deu por quarenta anos a Saul, filho de Quis, varão da tribo de Benjamim.”
  12. Apocalipse 7:8 – “da tribo de Zebulom, doze mil; da tribo de José, doze mil; da tribo de Benjamim, doze mil.

Josiane Silva

Olá, eu sou a Josiane Silva, mãe, avó e procuro servir a Deus. Amo estudar a bíblia para compreender o comportamento humano. Afinal podemos aprender muito com as histórias dos outros, não é mesmo? Como gosto muito de ler e de escrever, também trabalho como redatora freelancer.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!