Dando Frutos que permanecem – Sermão em João 15:16

Esboço de sermão temático em João 15:16 com o tema: Dando Frutos.

Tema: Dando Frutos que permanecem

Texto do sermão: João 15:16

“Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda.”

Introdução desta pregação:

Jesus, em seu ministério terreno, constantemente ensinava por meio de metáforas e parábolas, usando imagens do cotidiano para transmitir verdades espirituais profundas.

No capítulo 15 do Evangelho de João, Ele se compara a uma videira, e Seus discípulos aos ramos que estão ligados a Ele.

Hoje, vamos explorar o chamado e a promessa de Jesus para darmos frutos que permaneçam, de acordo com João 15:16.

I. O que são frutos?

  • Os frutos que Deus espera de nós são as boas obras, que são reflexos do amor e do caráter de Cristo em nós.
  • É importante entendermos que os frutos não são uma forma de alcançarmos a salvação, mas sim uma consequência natural da nossa fé em Jesus.

II. O Chamado de Jesus para Dar Frutos

  • Jesus enfatiza que não fomos nós que O escolhemos, mas Ele nos escolheu e nos designou para darmos frutos (João 15:16a).
  • Este chamado não é apenas para os discípulos daquela época, mas para todos os que creem Nele ao longo da história (Mateus 28:19-20).
  • Dar frutos não se resume apenas a realizar obras externas, mas também a refletir o caráter de Cristo em nossas vidas (Gálatas 5:22-23).

III. A Promessa de Jesus de Frutos Duradouros

  • Jesus promete que os frutos que produzirmos permanecerão (João 15:16b).
  • Isso significa que os resultados de nosso trabalho para o Reino de Deus terão um impacto eterno e duradouro.
  • Os frutos incluem tanto a transformação de vidas como a expansão do Reino de Deus através da pregação do Evangelho e do testemunho cristão (Mateus 13:23).

IV. A Condição para Dar dos Frutos

  • Jesus ensina que a chave para dar frutos duradouros está em permanecer Nele, assim como o ramo está ligado à videira (João 15:4-5).
  • Permanecer em Cristo envolve comunhão constante, dependência Dele e obediência à Sua Palavra (João 15:7).
  • Quando permanecemos em Cristo, somos capacitados pelo Espírito Santo a dar frutos que glorificam a Deus e abençoam as pessoas ao nosso redor (Atos 1:8).

Conclusão do sermão:

O chamado de Jesus para darmos frutos é tanto uma comissão quanto uma promessa. Ele nos escolheu e nos designou para produzir frutos que permaneçam, frutos que glorificam a Deus e abençoam o mundo ao nosso redor.

Que possamos responder a esse chamado com alegria e dedicação, permanecendo em Cristo e permitindo que Ele nos capacite a dar frutos abundantes para Sua glória.

Que nossas vidas sejam testemunhos vivos do poder transformador do Evangelho, e que os frutos que produzimos apontem para a grandeza de nosso Salvador e Senhor, Jesus Cristo.


Se você gostou deste sermão sobre dar frutos, então veja mais esboços de pregação aqui.

Veja também:

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!