Disciplina dos Filhos: 4 Requisitos Necessários para Disciplinar com Eficácia seus Filhos Cristãos

Os Cristãos buscam cada vez mais apoio na Bíblia para a disciplina correta dos filhos. A aplicação correta da disciplina pode vencer muitas dificuldades pessoais. Os pais precisam saber o que fazer para disciplinarem seus os filhos, possibilitando superar um grande número dos distúrbios das crianças e dos conflitos dos pais.

O que a Bíblia fala sobre disciplina dos filhos?

“A vara e a disciplina dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma vem a envergonhar a sua mãe” (Pv 29.15 – ARA).

“Corrige o teu filho, e te dará descanso, dará delícias à tua alma” (Pv 29.17 – ARA).

“Não retires da criança a disciplina, pois, se a fustigares com a vara, não morrerá. Tu a fustigarás com a vara e livrarás a sua alma do inferno” (Pv 23.13,14 – ARA).

“Castiga a teu filho, enquanto há esperança, mas não te excedas a ponto de matá-lo” (Pv 19.18 – ARA).

O verdadeiro sentido da disciplina dos filhos

Disciplina é a técnica por meio da qual atingimos a autoridade e a liberdade.

A Disciplina pode ser considerada como um treino, a experiência que molda, corrige, reforça e aperfeiçoa a faculdade de obedecer às normas internas do indivíduo.

Aquelas regras que estão vinculadas ao crescimento do próprio “Eu”. O Eu que pode, assim, fugir do isolamento e buscar liberdade.

É óbvio que existem outras formas de interpretação, porém acreditamos que a autoridade e a liberdade são dois ingredientes indispensáveis para que haja uma verdadeira disciplina.

Partindo desse princípio, concluímos que a responsabilidade e a iniciativa da criança só poderão ser desenvolvidas pela liberdade e, para conseguir a liberdade, é imprescindível que haja autoridade.

Algumas pessoas confundem autoridade com autoritarismo, e liberdade com licenciosidade e libertinagem. Mas, vale salientar que essas coisas são distintas.

Autoridade não é o mesmo que autoritarismo, e nem liberdade é o mesmo que libertinagem, e disciplina não é o mesmo que opressão.

Algumas considerações básicas em relação à disciplina dos filhos

O sucesso da disciplina depende do cuidado, do respeito e da proteção dos pais em todas as etapas de desenvolvimento dos seus filhos.

Pois, é necessário saber se aquilo que estamos exigindo é condizente com a fase de maturidade do filho.

Devemos não apenas ordenar, mas também cumprir aquilo que ordenamos “ordenar é fácil, cumprir o que se ordena é bem mais difícil”.

Aqui estão 4 Requisitos Necessários para Disciplinar com Eficácia seus Filhos Cristãos

Para que a disciplina seja eficaz, faz-se necessário os seguintes requisitos:

1. Regras claras e objetivas

Os pais devem estabelecer regras claras ou preceitos disciplinares sem que haja um desequilíbrio nos padrões exigidos em relação ao contexto social em que a criança vive.

2. Dar e dividir responsabilidades

Para que a disciplina torne-se eficaz, faz-se necessário que os pais procurem dar e dividir responsabilidades com os seus filhos, levando-os, quando possível, à reparação do erro.

Não se deve usar apenas a proibição, pois a criança e principalmente o adolescente tendem a reagir às obrigações impostas por tradição ou coerção. É, portanto, mais eficaz dar e dividir responsabilidades para a vida.

3. Conscientizar quanto ao permitido e ao conveniente

Esse é outro aspecto importante no ato da disciplina. A arte de conscientizar, observando os pontos favoráveis e desfavoráveis, ajuda a criança e o adolescente a decidir sobre o que irão fazer.

4. Flexibilidade versus firmeza

O estabelecimento de limites é o meio mais eficaz no processo da disciplina. Porém, não podemos ser radicais. Estabelecer a disciplina não significa transformar o lar num local onde os filhos vivam sufocados, com tantos atos disciplinares.

É necessário que os pais sejam flexíveis com os filhos, mas que também ajam com firmeza quando necessário.

Botão Voltar ao topo