As 3 filhas formosas de Jó na bíblia

As primeiras filhas de Jó deviam viver cercadas de privilégios e honras entre seus irmãos. Eram sempre convidadas para participar dos banquetes juntamente com eles e com toda a família. E seu pai intercedia sempre por seus pecados conhecidos e desconhecidos. No entanto, quando satanás começou a provar , todos os filhos do patriarca perderam a vida quando um telhado desabou sobre eles durante um banquete.

Quando as provações de Jó terminaram, Deus lhe restaurou tudo em dobro, exceto o número de filhos. Pois, ele recebeu o mesmo número de filhos que possuia antes: sete filhos e três filhas. Que se tornaram conhecidas pela sua beleza sem igual.

“E assim abençoou o SENHOR o último estado de Jó, mais do que o primeiro; pois teve catorze mil ovelhas, e seis mil camelos, e mil juntas de bois, e mil jumentas. Também teve sete filhos e três filhas. E chamou o nome da primeira Jemima, e o nome da segunda Quezia, e o nome da terceira Quéren-Hapuque.”

Jó 42:12-14

Significado do nome das três filhas de Jó

Dos nove filhos, apenas o nome das três filhas de Jó são mencionadas na bíblia, os quais são: Jemima, Quezia e Querén-Hapuque. Cada um delas carregando um significado especial, para perpetuar a lembrança da grande bondade de Deus para com Jó na surpreendente mudança de sua condição.

Matthew Henry em seu comentário disse que Jó chamou a primeira filha de Jemima, por causa do brilho de sua prosperidade após uma noite escura de aflição.

A segunda filha de Jó chamada Quezia, cujo nome era de uma planta aromática, de cheiro muito perfumado, talvez porque Deus havia curado suas úlceras, cujo cheiro era desagradável.

A terceira filha de Jó chamada Queren-Hapuque era um tipo de maquiagem, normalmente preta, que as mulheres usavam ao redor dos olhos a fim de chamar a atenção sobre essa característica, algo semelhante ao delineador usado hoje em dia. Esse nome significava a Abundância restaurada, ou um chifre de tinta, porque dizia que Deus havia enxugado as lágrimas que sujaram seu rosto.

“O meu rosto está todo avermelhado de chorar, e sobre as minhas pálpebras está a sombra da morte.”

Jó 16:16

A beleza das filhas de Jó

As filhas de Jó são conhecidas pela sua beleza, onde a bíblia relata que na terra não havia encontrado tal formosura.

“E em toda a terra não se acharam mulheres tão formosas como as filhas de Jó;”

Jó 42:15a

No Antigo Testamento frequentemente encontramos mulheres elogiadas por sua beleza, como Sara, Rebeca e muitos outras. Contudo, nunca encontramos nenhuma mulher no Novo Testamento cuja beleza seja minimamente notada, nem mesmo a virgem Maria. Simplesmente pelo fato de que a beleza da santidade, é aquela que é trazida a uma luz muito mais clara pelo evangelho.

Em segundo lugar, notamos que seu pai (Deus permitindo-lhe fazê-lo) lhes forneceu grandes fortunas e não as dispensou com pequenas porções, como era de costume de muitos.

“[…] e seu pai lhes deu herança entre seus irmãos.”

Jó 42:15b

É provável que elas tivessem algum mérito pessoal extraordinário, que Jó estava atento no favor extraordinário que lhes demonstrou. Talvez elas tenham superado seus irmãos em sabedoria e piedade; e, portanto, para que pudessem continuar em sua família, para ser um suporte e uma bênção para ele, fê-las co-herdeiras com seus irmãos.

O que podemos aprender com as três filhas de Jó

filhas de Jó na bíblia

O fato de somente o nome das filhas de Jó e não dos filhos serem mencionados, é tão incomum quanto o fato das mesmas terem recebido uma herança junto com os irmãos. De acordo com a lei israelita, as filhas podiam ser herdeiras quando não havia filhos do sexo masculino (Números 27:1-11), assim como aconteceu com as filhas de Zelofeade.

Contudo, nesse caso, podemos aprender que quando Jó oferece uma herança às suas filhas, ele provavelmente estava realizando um ato especial de ação de graças. Graças a essa herança, as moças poderiam permanecer no seio da família com seus irmãos e continuar desfrutando um relacionamento próximo e afetuoso com eles.

Alguns comentaristas especulam que tal herança reflete a riqueza enorme de Jó em seu estado restaurado, enquanto outros veem o gesto como um sinal de generosidade decorrente de seu sofrimento.

Outros ainda sugerem tratar-se de um sinal de gratidão por sua nova família. Sem dúvida, essa atitude de Jó para com suas filhas, nos ensina que ao longo de sua provação, Jó aprendeu a ir além das prescrições da lei e chegar até o Autor da mesma que, no final, não pagou a Jó o salário que este merecia, mas o recompensou segundo a Sua graça.

Indiara Lourenço

Com mais de 20 anos atuando na Pregação e Ensino, Indiara possui experiência em ministério infantil, jovem e feminino. Estudante de Teologia e ministra aulas na EBD. Mãe, esposa e serva que ama fazer a obra de Deus. Contagia a todos com sua alegria e inspira com palavras motivadoras, deixando um impacto positivo por onde passa.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo