Jeremias 29: Os Propósitos de Deus para o seu Povo

Esboço de Sermão em Jeremias 29 com o título: Os Propósitos de Deus para o seu povo. Sermão Expositivo em Jeremias 29.

TÍTULO: OS PROPÓSITOS DE DEUS PARA O SEU POVO

TEXTO: Jeremias 29: 1-14

Propósito geral: Consagração

Propósito específico:

Conscientizar o crente que, apesar das dificuldades Deus tem um propósito para o Seu povo.

INTRODUÇÃO

O Novo Testamento é repleto de cartas enviadas a Igreja e a pessoas que passavam por determinadas situações.

Situações que precisavam ser corrigidas ou então ter mudança de atitudes em relação a elas.

O Antigo Testamento entre outras tem a carta de Jeremias aos exilados da Babilônia.

Por meio dela pode-se ver que Deus não deixa seu povo sem uma mensagem que de segurança, mas que ajudá a corrigir seu caminho.

O profeta é realista e preocupado para que a vontade de Deus se cumprisse no meio de seu povo.

Deus tem propósitos para ensinar e purificar o Seu povo.

TRANSIÇÃO: As verdades sobre os propósitos de Deus em três etapas.

I. O PROPÓSITO DE RESTAURAÇÃO (Jeremias 29: 4-6)

Jeremias se confrontava com os profetas que pregavam contra a vontade de Deus.

Muitos traziam mensagens de restauração que eram agradáveis aos homens, mas não a Deus.

No cativeiro o povo tomava atitudes que podiam ter consequências desastrosas.

Os escravos de Satanás tomam as mesmas atitudes.

No desespero procuram seitas, adivinhadores, horóscopos, etc, para solucionarem seus problemas.

O Senhor inspirou Jeremias para alertar o povo dos falsos profetas, dos adivinhadores e de seus próprios sonhos (v.8-9).

Não há necessidade de buscar auxilio fora de Deus.

O propósito de Deus para restaurar o seu povo estava estabelecido (v. 10).

Deus jamais deixou de dar sua mensagem, quer de esperança, de consolo ou exortação (v. 11).

O cativeiro serviu para corrigir o Seu povo (v. 12).

II. O PROPÓSITO DE VIDA (Jeremias 29: 7-11)

No cativeiro o povo enfraquecia. Pois, estavam parados no tempo e esqueciam-se de viver.

Deus mandou que o povo se multiplicar, edificar casas, plantar pomares e procurar a paz da cidade.

Edificar casa é estabelecer residência mais duradoura.

Deus queria preservar remanescentes para o seu propósito e recomendou construir projetos sólidos de vida.

Deus está com o seu povo (v. 5-6).

Muitas vezes estamos vazios, sem forças para viver e Deus indica vida e vida em abundância (Jo 10:10).

Os propósitos de Deus são para a paz, um futuro seguro e uma esperança bem firmada (Jo 3:36).

III. O PROPÓSITO DE COMUNHÃO (Jeremias 29: 12-14)

Os propósitos de Deus reservam um tempo que haverá plena comunhão com Ele (v. 12-13).

O povo experimentará as bençãos da comunhão quando invocar e orar ao Senhor. (Lm 3:8).

Deus será achado por seu povo quando O buscar de todo o coração (v. 13).

Deus faz um convite permanente para um relacionamento mais próximo (Ef 2:1-4).

A distância de Deus nos faz vazios.

A aproximação com Deus é o propósito de comunhão (v. 14).

CONCLUSÃO

A carta de Jeremias nos ensina que:

  • Devemos ter em mente os propósitos de Deus que tem objetivos certos e eternos;
  • Devemos depender somente de Deus em relação ao futuro e não consultar adivinhadores;
  • O objetivo maior de Deus é dirigir nossas vidas com propósitos de restauração, vida e comunhão.
curso-qualidade-biblica-biblioteca-pregador

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.