O ministério: Um chamado para servir

Esboço de sermão temático com o tema: O ministério: Um chamado para servir.

Tema do sermão: O ministério: Um chamado para servir

Texto base do sermão: 2 Timóteo 4:5-8

“5 Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério. 6 Porque eu já estou sendo oferecido por aspersão de sacrifício, e o tempo da minha partida está próximo. 7 Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. 8 Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.”

Introdução deste sermão:

O ministério é um chamado para servir. É uma missão que Deus confia a alguns para que possam levar a Sua mensagem e levar as pessoas ao conhecimento de Cristo.

No entanto, o ministério também pode ser um grande desafio, exigindo sacrifício e dedicação. É importante entender o que o ministério significa e como podemos nos preparar para servi-lo de maneira eficaz.

I. O que é o ministério?

A. O ministério é um chamado de Deus para servir, conforme evidenciado em 1 Pedro 4:10-11:

10 Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus.11 Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá, para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e o poder para todo o sempre. Amém!

Devemos usar os dons que recebemos para servir uns aos outros como bons administradores da multiforme graça de Deus.

B. É uma missão de levar a mensagem de Cristo a todos os povos, conforme comissionado em Mateus 28:19-20:

19 Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;20 ensinando-as a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até à consumação dos séculos. Amém!

C. É uma forma de servir ao próximo e de se tornar um exemplo de Cristo no mundo, conforme ensinado em Filipenses 2:5-8:

De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus.Mas aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte e morte de cruz.

Precisamos ter a mesma mente que houve em Cristo Jesus, que se humilhou e se tornou obediente até a morte na cruz.

II. Como nos preparamos para o ministério?

A. Buscando a Deus em oração e meditação na Palavra, como exemplificado em Lucas 5:16:

Porém ele retirava-se para os desertos e ali orava.

Jesus frequentemente se retirava para lugares solitários para orar.

B. Mantendo uma vida de santidade e devoção a Deus, conforme instruído em 1 Pedro 1:15-16:

15 mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver,16 porquanto escrito está: Sede santos, porque eu sou santo.

Precisamos ser santos em toda a nossa maneira de viver.

C. Estudando e se preparando para o ministério, por meio de cursos, treinamentos e orientações, como orientado a Timóteo em 2 Timóteo 2:15:

Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.

Para que ele seja um obreiro aprovado, que não tem do que se envergonhar, que maneja corretamente a palavra da verdade.

III. Desafios do ministério:

A. Oposição e perseguição por parte dos não crentes, como experimentado por Paulo em 2 Timóteo 3:12:

E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições.

Todos os que desejam viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos.

B. Conflitos e desentendimentos com outras pessoas da igreja, como vemos em 1 Coríntios 1:10:

Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa e que não haja entre vós dissensões; antes, sejais unidos, em um mesmo sentido e em um mesmo parecer.

Paulo exorta os irmãos a não haver entre eles divisões, mas que estejam unidos no mesmo pensamento e no mesmo propósito.

C. Pressão e cobrança excessiva por parte da liderança ou dos membros da igreja, como podemos inferir de Gálatas 1:10:

Porque persuado eu agora a homens ou a Deus? Ou procuro agradar a homens? Se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo.

Paulo nos alerta a não buscarmos a aprovação dos homens, mas sim de Deus.

IV. Benefícios do ministério:

A. Oportunidade de servir e abençoar outras pessoas, como ensinado por Jesus em Marcos 10:45:

Porque o Filho do Homem também não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos.

Jesus afirma que não veio para ser servido, mas para servir e dar a Sua vida em resgate por muitos.

B. Crescimento espiritual e aprendizado contínuo, como podemos observar em Colossenses 1:10:

para que possais andar dignamente diante do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda boa obra e crescendo no conhecimento de Deus;

Paulo ora para que os colossenses sejam cheios do conhecimento da vontade de Deus, em toda a sabedoria e entendimento espiritual.

C. Satisfação e alegria de ver o trabalho de Deus se realizar através do ministério, conforme expresso por Paulo em Filipenses 2:16:

 retendo a palavra da vida, para que, no Dia de Cristo, possa gloriar-me de não ter corrido nem trabalhado em vão.

Paulo se alegra em saber que não correu em vão, nem trabalhou inutilmente.

Conclusão desta pregação:

O ministério é um chamado importante e desafiador, mas também gratificante. Deus confiou a alguns essa missão de levar a Sua mensagem ao mundo. Por isso, é importante que estejamos preparados para servir da melhor forma possível.

Amados, após ouvir esta pregação, que possamos perseverar diante dos desafios e confiar em Deus para a realização da Sua obra através de nós.

Se você gostou deste sermão sobre ministério, então veja mais esboços de pregação aqui.

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!