35 Esboços de pregações sobre a Cruz de Cristo

Esboços de pregações sobre a Cruz e morte de Jesus para você se inspirar e pregar mensagens sobre o sacrifício da crucificação de Cristo.

Esboços de pregações sobre a Cruz de Cristo

  1. Três Cruzes e Três Histórias e Três Destinos no Calvário
  2. Jesus deve carregar Sua cruz sozinho?
  3. Sermão sobre a Cruz: Símbolo do Amor e Redenção
  4. As 7 palavras de Jesus na cruz (Com Explicação e Aplicação)
  5. Sermão sobre a Cruz: O Desafio da Cruz
  6. A Manjedoura, a Cruz e a Coroa na vida de Jesus
  7. 4 verdades profundas para saber da morte de Cristo
  8. 7 razões por que Cristo tinha de morrer reveladas em Hebreus 2
  9. Reflexão sobre a crucificação de Jesus
  10. Salmos 22: O “Salmo da Crucificação de Jesus”
  11. Por que Jesus foi para o Calvário?

Esboços curtos de pregações sobre a Cruz

Aqui estão esboços de pregações curtas, ou seja, apenas o esqueleto, para você se inspirar, estruturar e pregar.

1. Tema: Sete razões por que Cristo tinha de morrer

  1. Para provar a morte para cada homem (Hebreus 2:9)
  2. Para conduzir muitas almas à glória (Hebreus 2:10)
  3. Para unir-nos com Ele (Hebreus 2:11)
  4. Para salvar-nos como Seus filhos (Hebreus 2:13)
  5. Para destruir o poder de Satanás sobre a morte e nos livrar (Hebreus 2:14)
  6. Para tornar-Se nosso fiel Sumo Sacerdote (Hebreus 2:17)
  7. Para nos livrar do poder da tentação (Hebreus 2:18)

2. Tema: A Cruz de Cristo

Lucas 23:33,46

  1. A cruz, lugar de aniquilamento – Filipenses 2:7
  2. A cruz, lugar de intercessão: “Pai, perdoa-lhes” – Lucas 23:34
  3. A cruz, lugar de vergonha – Hebreus 12:3
  4. A cruz, lugar de aparente derrota – Lucas 23:35
  5. A cruz, lugar de sacrifício próprio – Lucas 23:37
  6. A cruz, lugar de silêncio
  7. A cruz, lugar de misericórdia – Lucas 23:38
  8. A cruz, lugar de poder – Lucas 23:34
  9. A cruz, lugar de promessa – Lucas 23:43
  10. A cruz, lugar de expiação – Lucas 23:45
  11. A cruz, lugar de justiça – Lucas 23:46

3. Tema: As três crucificações

  1. Cristo crucificado – “A Cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo” (Gálatas 6:14)
  2. O mundo crucificado – “O mundo está crucificado para mim” (Gálatas 6:14)
  3. O crente crucificado – “E eu para o mundo” (Gálatas 6:14)

4. Tema: O sofrimento múltiplo de Jesus

  1. Suas costas foram feridas. (Isaías 50:6)
  2. Suas mãos foram traspassadas. (Salmo 22:16; João 20:25,27)
  3. Foi cuspido no rosto. (Mateus 27:30; Isaías 50:6)
  4. Sua cabeça foi coroada com espinhos. (Mateus 27:29)
  5. Seu corpo foi desnudado. (Mateus 27:28)
  6. Deus desamparou-O. (Mateus 27:46)
  7. Assim, Ele sofreu por nossa culpa, para que nós recebêssemos a Sua justiça. (2 Coríntios 5:21)

5. Tema: A morte de Cristo

  1. Foi uma morte desonrosa. (Isaías 53:3-7; Hebreus 12:2)
  2. Uma morte de sofrimentos amargos. (Lucas 22:15,44; Hebreus 2:9,10)
  3. Sua morte foi um sacrifício. (Hebreus 9:14-26; Efésios 5:2)
  4. Foi uma morte expiatória. (1 Pedro 2:24; Isaías 53:5; João 1:29)
  5. Foi uma morte voluntária. (João 10:18; João 18:4-11)
  6. Sua morte foi suficiente e é permanente. (Hebreus 1:3; Hebreus 9:25,26)

6. Tema: Um olhar sobre o Crucificado (Isaías 53)

Ele foi:

  1. O mais rejeitado. (Isaías 53:3; João 1:11,46)
  2. Homem de dores. (Isaías 53:3-4; Salmo 22:6-7)
  3. Quem tomou sobre Si nossas enfermidades e transgressões. (Isaías 53:4-5; 1 Pedro 2:24)
  4. O puro, o santo. (Isaías 53:7,9; 1 Pedro 1:18-19)
  5. O condenado. (Isaías 53:8; Marcos 14:64)
  6. O crucificado. (Isaías 53:7-8; João 19:17-18)
  7. O intercessor. (Isaías 53:12; Hebreus 7:25; Lucas 23:34)

7. Tema: O Servo de Deus (Isaías 52, 53)

  1. Prudente e sublime. (Isaías 52:13; Mateus 7:28-29)
  2. Obediente. (Filipenses 2:7-8; Salmo 40:7-8)
  3. Sofredor. (Isaías 53:3 e seguintes)
  4. Paciente. (João 16:32-33)
  5. Vencedor. (João 17:4-5)
  6. Exaltado. (Filipenses 2:9-11)

8. Tema: Os Sofrimentos do Senhor

  1. Foram indizivelmente penosos. (Lucas 22:44)
  2. Foram voluntários: “Eu espontaneamente dou a Minha vida”. (João 10:18)
  3. Foram o sacrifício perfeito: por eles temos a reconciliação. (Romanos 5:11)
  4. Foram em substituição: Ele morreu por nós. (1 Pedro 3:18; Hebreus 7:26-27)
  5. Efetuam justiça. (Romanos 3:23-24)
  6. Foram inevitavelmente necessários. (Romanos 5:6; 1 Timóteo 2:6; Tito 2:14)

9. Tema: Sete milagres no Gólgota

  1. O poder de Cristo para salvar. (Salvou o malfeitor. Lucas 23:39-43)
  2. As três horas de trevas. (Mateus 27:45)
  3. O rasgar do véu no templo. (Mateus 27:51)
  4. Um grande terremoto. (Mateus 27:51)
  5. Deus desamparado por Deus! (Mateus 27:46)
  6. Muitos sepulcros abriram-se. (Mateus 27:52)
  7. Muitos corpos de santos ressuscitaram e apareceram a muitos. (Mateus 27:52,53)

10. Tema: Calvário – Lc. 23:24-48

  1. Calvário foi o lugar da execução. (V.32)
  2. Foi o lugar da compaixão. (O Senhor suplicou por perdão a favor dos seus inimigos. V.34)
  3. Da maior vergonha e desonra. (Vv.35-37)
  4. Do testemunho. (V.38)
  5. Da salvação. (Vv.40-43)
  6. De milagres singulares. (Vv.44-45)
  7. Da morte e da vitória. (V.46; Colossenses 2:14,15)

11. Tema: As sete palavras do Senhor na cruz

  1. Perdão: “Pai, perdoa-lhes”. (Lucas 23:34)
  2. Promessa: “Hoje estarás comigo no paraíso”. (Lucas 23:43)
  3. Cuidado: “Mulher, eis aí o teu filho”. (João 19:26)
  4. Solidão: “Deus meu, Deus meu, por que…?” (Mateus 27:46)
  5. Agonia de morte: “Tenho sede”. (João 19:28)
  6. Cumprimento: “Está consumado”. (João 19:30)
  7. Volta ao Pai: “Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito”. (Lucas 23:46)

12. Tema: O comportamento dos homens debaixo da cruz (Lucas 23)

  1. As mulheres entristecidas: choravam. (Lucas 23:27)
  2. O povo: observava indiferente. (Lucas 23:35)
  3. As autoridades: zombavam. (Lucas 23:35)
  4. Os soldados: torturavam o Sofredor. (Lucas 23:36)
  5. O malfeitor arrependido: orava. (Lucas 23:42)
  6. Os amigos: assistiam comovidos. (Lucas 23:49)
  7. O centurião: glorificava destemidamente o Senhor. (Lucas 23:47)

13. Tema: Tenho sede (João 19:28)

Nós vemos aqui:

  1. Sua abnegação:
    • Na cruz, Ele pediu primeiro em favor dos inimigos.
    • Salvou o malfeitor.
    • Expressou seu amor por sua mãe.
    • Demonstrou seu anseio por Deus antes de pensar em si mesmo, quando tudo estava consumado.
  2. Sua natureza humana:
    • Ele foi homem como nós, sentindo a perda de sangue pelos açoites e a coroa de espinhos.
    • A crucificação e o calor extremo aumentaram sua sede intensamente.
    • O Criador de todas as fontes clamou na maior angústia: “Tenho sede!”
  3. O cumprimento da Escritura:
    • O Salmo 69 até o versículo 20 já havia sido cumprido.
    • O versículo 21 ainda estava por ser cumprido.
  4. A sede por Deus inundou sua alma (Salmo 42):
    • Seu desejo era realizar a vontade de Deus, e sua sede por Deus perdurou até que Deus se voltasse para Ele após três horas de densas trevas.
    • A sede é uma agonia dos perdidos (Lucas 16:24).
    • O Senhor que clamou “Tenho sede!” nos libertou do tormento do inferno através de Seu sacrifício.

No futuro, estaremos junto ao mar de vidro, símbolo da plenitude, desfrutando da vida eterna (Apocalipse 15:2; Salmo 23:2).


14. Tema: Está consumado! (João 19:30)

  1. Os sofrimentos de Cristo haviam terminado.
  2. Sua obra estava consumada. (João 17:4)
  3. Os exemplos anteriores de Cristo estavam cumpridos.
  4. As profecias referentes ao seu sofrimento cumpriram-se.
  5. O sacrifício perfeito foi realizado.
  6. Toda a lei foi cumprida.
  7. Todos os inimigos foram vencidos.
  8. A redenção estava consumada.

15. Tema: As últimas palavras de Jesus na cruz

Nas sete palavras nós conhecemos:

  1. Seu amor pelos inimigos: “Pai, perdoa-lhes…” (Lucas 23:34)
  2. Seu amor pelo pecador, o malfeitor. (Lucas 23:43)
  3. Seu amor por sua mãe. (João 19:26,27)
  4. Seu indescritível sofrimento: “Deus meu, Deus meu, por que me abandonaste?” (Mateus 27:46)
  5. Sua agonia: “Tenho sede.” (João 19:28)
  6. Seu amor pelo Pai: “Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito.” (Lucas 23:46)
  7. A palavra mais importante: “Está consumado.” (João 19:30)

16. Tema: A morte de Jesus

Jesus morreu:

  1. Em plena consciência. (Mateus 27:34)
  2. Como justo, mesmo pendurado entre malfeitores. (1 Pedro 3:18)
  3. Entregue totalmente a Deus. (Lucas 23:46)

17. Tema: A morte de Jesus significa

Que Ele:

  1. Consumou a obra que Lhe foi confiada. (João 17:4)
  2. Foi enviado como propiciação pelos nossos pecados. (1 João 4:10)
  3. Tirou o pecado para sempre. (1 João 3:5)
  4. Destruiu as obras do diabo. (1 João 3:8)
  5. Redimiu-nos através do seu sangue. (1 Pedro 1:18,19)
  6. Comprou-nos para Deus por um alto preço. (1 Coríntios 6:20)
  7. Abriu-nos o caminho para a glória celestial. (João 17:24)

18. Tema: A morte do Senhor pelos seus. Rm. 5:6-11

1. Por quem o Senhor morreu? (vv. 8-10)

  • a) Pelos ímpios. (v. 6)
  • b) Pelos pecadores. (v. 8)
  • c) Pelos seus inimigos. (v. 10)

2. O tempo da morte do Senhor

  • a) No tempo determinado por Deus. (v. 6)
  • b) Quando nós ainda éramos fracos. (v. 6)

3. O efeito da morte de Cristo

  • a) Provou o amor de Deus por nós. (v. 8)
  • b) Fomos justificados pela morte de Cristo. (v. 9)
  • c) Através dela fomos reconciliados com Deus. (v. 10)
  • d) Seremos salvos da ira de Deus. (v. 9)
  • e) Agora temos paz e alegria em Deus. (v. 11)

19. Tema: A morte de Cristo é:

  1. O resultado do ato mais terrível. (Atos 2:23)
  2. A evidência do maior amor. (Romanos 5:8)
  3. A mensagem da maior vitória. (Hebreus 2:14; João 19:30)
  4. A fonte do maior poder. (1 João 3:16)
  5. O cumprimento da maior promessa. (1 Pedro 1:10,11)
  6. O motivo para o serviço abnegado. (2 Coríntios 5:14)
  7. A força para imitar Deus. (Efésios 5:1,2)

20. Tema: A finalidade da cruz

  1. Remir-nos de toda iniqüidade. (Tito 2:14)
  2. Conduzir-nos a Deus. (1 Pedro 3:18)
  3. Dar-nos a adoção de filhos. (Gálatas 4:5)
  4. Desarraigar-nos do mundo perverso. (Gálatas 1:4)
  5. Mostrar-nos um novo modo de vida. (2 Coríntios 5:15)
  6. Conceder-nos o Espírito prometido. (Gálatas 3:13,14)
  7. Fazer de Jesus Senhor sobre todos. (Romanos 14:9)

21. Tema: 5 pensamentos sobre a crucificação na carta aos Gálatas

  1. Cristo foi crucificado em meu lugar. (Gálatas 3:13)
  2. Estou crucificado com Cristo. (Gálatas 2:19)
  3. A carne do crente foi crucificada. (Gálatas 5:24)
  4. O mundo está crucificado para mim. (Gálatas 6:14)
  5. Estou crucificado para o mundo. (Gálatas 6:14)

22. Tema: “Aquele que a si mesmo se entregou por mim.” (Gl. 2:20)

  1. O Senhor sacrificou tudo por mim. (2 Co. 8:9)
  2. Sua cabeça, para carregar a coroa de espinhos. (Jo. 19:2)
  3. Seus olhos, para chorar sobre mim. (Lc. 19:41)
  4. Suas faces, àqueles que o maltrataram. (Is. 50:6)
  5. Sua boca, para orar por mim. (Lc. 23:34)
  6. Seus ombros, para carregar a cruz por mim. (Jo. 19:17)
  7. Suas costas, para receber os açoites. (Sl. 129:3)
  8. Seu lado, para ser traspassado. (Jo. 19:34)
  9. Suas mãos e Seus pés, para serem perfurados com pregos. (Sl. 22:16b)
  10. Seu sangue, para propiciação dos meus pecados. (1 Jo. 4:10)
  11. Sua alma, deu para sacrifício de culpa. (Is. 53:12)
  12. Sua vida, deu pelas ovelhas. (Jo. 10:11)
  13. E, no final, entregou o Seu espírito. (Lc. 23:46)

23. Tema: Cristo sofreu por nós para:

  1. Carregar nossos pecados. (1 Pe. 2:24)
  2. Conduzir-nos a Deus. (1 Pe. 3:18)
  3. Morrermos para o pecado. (1 Pe. 2:24)
  4. Alcançar a justiça de Deus. (2 Co. 5:21)
  5. Cumprir a promessa e nos dar o Consolador. (Jo. 16:7)
  6. Seguirmos Seu exemplo. (1 Pe. 2:21)

Espero que estes esboços de pregação sobre a Cruz de Cristo te inspirar a pregar sermões impactantes do sacrifício expiatório de Jesus. Compartilhe!

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Graça e Paz!
    Eu só posso louvar ao nosso Deus, pois tem levantado pessoas dedicadas em trabalhar para o crescimento do Reino, bem como ajudar na capacitação de outras pessoas que queira também se dedicar e apresentar-se como obreiros preparados para toda boa obra.
    Deus vos abençoe sempre!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo