O que é o livre-arbítrio na Bíblia?

Deus deu ao ser humano a liberdade de escolher o que quer. Alguns podem se referir a isso como o poder de escolha, mas não importa como você o defina, todos nós temos o livre arbítrio.

Quando você olha para o que a Bíblia diz sobre o livre-arbítrio, descobre que temos o direito e a capacidade de escolher a direção que seguiremos e o que faremos. 

Esse poder de escolha não é algo que deva ser considerado levianamente, pois o que vem junto com o poder de escolha é a realidade de que há consequências para suas escolhas. 

Enquanto muitos amam a liberdade que vem com o livre arbítrio e o poder de escolha, às vezes as pessoas nem sempre querem aceitar as ramificações que vêm com isso.

Vamos ver neste estudo, o significado e os versículos mais importantes sobre livre arbítrio na Bíblia.

O que é livre arbítrio?

Aqui está uma definição de livre-arbítrio no sentido bíblico: É o poder de decidir o que você fará em uma determinada situação. No entanto, não esqueça que suas escolhas têm consequências. Aqui está um exemplo bíblico da livre escolha que temos.

“Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam.” (1 Coríntios 10:23)

Este versículo está dando a entender que, embora seja verdade que você tem o direito de fazer o que quiser, a verdade é que tudo o que você faz não é benéfico para você ou para aqueles ao seu redor. 

Embora você tenha o direito de fazer suas próprias escolhas, também deve se lembrar da responsabilidade que vem com isso. 

Para dar um passo adiante, como cristãos, você não deve apenas pensar em como suas escolhas afetam você, mas como suas escolhas afetam os outros. 

Há outra coisa que a Bíblia diz sobre o livre-arbítrio que às vezes acabamos ignorando.

“Não se preocupe com o seu próprio bem, mas com o bem dos outros.” (1 Coríntios 10:24)

Embora tenhamos liberdade de escolhas como cristãos, devemos lembrar que não vivemos no vácuo. Se você é um verdadeiro seguidor de Cristo, então você deve exercitar seu livre arbítrio com a realidade de como suas escolhas irão impactar outras pessoas.

O que a Bíblia diz sobre o livre-arbítrio?

Vamos dar uma olhada no que a Bíblia diz sobre o livre-arbítrio. Aqui estão três exemplos:

1. Temos livre arbítrio para decidir a quem serviremos.

“Agora temei ao Senhor e servi-o com toda a fidelidade. Jogue fora os deuses que seus antepassados ​​adoravam além do rio Eufrates e no Egito, e sirva ao Senhor. Mas, se servir ao Senhor lhe parece indesejável, escolha hoje a quem você servirá, se aos deuses que seus antepassados ​​serviram além do Eufrates, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra você mora. Mas eu e a minha casa serviremos ao Senhor” (Josué 24:14-15).

2. Temos livre arbítrio para decidir se obedecemos ou desobedecemos.

“Se você obedecer plenamente ao Senhor, seu Deus, e seguir cuidadosamente todos os seus mandamentos que hoje lhe der, o Senhor, seu Deus, o colocará acima de todas as nações da terra. Todas essas bênçãos virão sobre você e o acompanharão, se você obedecer ao Senhor seu Deus” (Deuteronômio 28:1-2).

“No entanto, se você não obedecer ao Senhor seu Deus e não seguir cuidadosamente todos os seus mandamentos e decretos que eu estou lhe dando hoje, todas essas maldições virão sobre você e o alcançarão” (Deuteronômio 28:15).

3. Temos livre arbítrio para decidir entre a vida ou a morte.

“Hoje chamo os céus e a terra como testemunhas contra ti, que pus diante de ti vida e morte, bênçãos e maldições. Agora escolha a vida, para que você e seus filhos vivam e amem o Senhor seu Deus, ouçam sua voz e se apeguem a ele. Pois o Senhor é a sua vida, e ele lhe dará muitos anos na terra que jurou dar a seus pais, Abraão, Isaque e Jacó” (Deuteronômio 30:19-20).

Por que os cristãos discordam sobre liberdade de escolha?

Embora a maioria das pessoas não debata necessariamente o livre-arbítrio que temos ao fazer escolhas morais, há outro debate entre os crentes sobre se realmente temos livre-arbítrio em nossa salvação. A salvação já está pré-determinada?

Quando se trata de salvação, há coisas que a Bíblia diz sobre o livre-arbítrio que pode levar alguns a sugerir que não temos escolha em nossa decisão de salvação. 

Aqui estão duas passagens bíblicas a serem consideradas.

“Para aqueles que Deus conheceu de antemão, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, para que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aqueles que ele predestinou, ele também chamou; aos que chamou, também justificou; aos que justificou, também glorificou” (Romanos 8:29-30).

“Nele também fomos escolhidos, tendo sido predestinados segundo o plano daquele que faz todas as coisas segundo o propósito de sua vontade” (Efésios 1:11).

Esses dois versículos destacam o desafio de entender o que a Bíblia diz sobre o livre-arbítrio em relação à sua salvação. 

Se todos nós somos predestinados sem escolha no assunto, então como você pode dizer que Deus está sendo justo, se ele tirou nossa escolha? 

No entanto, a Bíblia usa claramente a palavra predestinado, que significa determinado de antemão. Eu sei que existem grandes debates teológicos sobre esse assunto, mas quero apresentar um argumento mais simplista que acredito que vai nos nos ajudar a entender o que significa predestinação, no que se refere à salvação. 

Quando você olha para o versículo em Romanos 8, ele diz que Deus de antemão conheceu. Isso significa que Deus sabia de antemão aqueles que escolheriam segui-lo e aqueles que escolheriam não segui-lo. Aqueles que ele conhecia de antemão são aqueles que ele predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho. 

Em outras palavras, a predestinação de Deus é baseada em sua presciência, não em sua seleção aleatória. Esse entendimento permite que Deus permaneça justo e ainda responsabilize as pessoas por suas escolhas.

Sem esse entendimento, então a salvação é um ato aleatório e Deus escolhe quem salvará e quem não salvará, retirando nosso livre arbítrio do processo. Eu não acho que o resto da Escritura pode apoiar completamente esse argumento. 

Por que isso importa?

Há muitos lugares na bíblia sagrada que nos levam a fazer perguntas onde podemos não ter certeza da resposta. Este é um deles. O melhor que podemos fazer agora é olhar através de um espelho vagamente e verificar nas Escrituras o que acreditamos ser verdade. 

Em última análise, o que sabemos é isso – independentemente de como você vê a predestinação, a Bíblia é clara: temos uma escolha a fazer. 

Há muitos lugares nas Escrituras que apontam para a nossa livre escolha ao tomar a decisão de seguir a Cristo. Com seu destino eterno em jogo, faz sentido quando se trata de sua salvação que você escolha sabiamente. Isso importa mais do que qualquer outra coisa. 

A questão do livre arbítrio é provavelmente um debate que teremos até que Jesus volte. Embora você possa encontrar argumentos em ambos os lados dessa questão, essa não deve ser nossa principal missão ou foco. Temos a responsabilidade de espalhar o evangelho e dar às pessoas a oportunidade de ouvi-lo e responder. Seja predestinação ou livre-arbítrio, isso não muda o que devemos fazer.

Como provavelmente não vamos concordar com a resposta nesta vida, vamos nos concentrar no que podemos concordar, e essa é a mensagem do evangelho e seu poder de transformar vidas. 

Não vamos nos distrair com o livre arbítrio ou não, e vamos tornar o evangelho disponível para o maior número possível de pessoas. Isso eu acredito que é a coisa responsável a fazer. Nós temos uma escolha sobre se vamos fazer isso ou não.

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.
Botão Voltar ao topo