O que é o sacerdócio real em 1 Pedro?

Quando pensamos na palavra real, é comum imaginarmos um rei ou rainha, um castelo ou o símbolo de uma coroa. Quando pensamos na realeza de Cristo, muitas vezes esquecemos que esta palavra, real, está associada ao sacerdócio. 

Na maioria das vezes, não pensamos em um sacerdote quando ouvimos a palavra real. No entanto, é exatamente assim que Deus nos define. 

Mas, o que é o sacerdócio real em 1 Pedro 2:9?

Sobre o que 1 Pedro 2:9 está falando?

No início de 1 Pedro 2, Pedro está desafiando a igreja a se livrar de seus pecados e crescer, tornando-se espiritualmente madura. 

Antes mesmo de chegarmos ao sacerdócio real, lemos sobre Jesus como a Pedra Viva em 1 Pedro 2:4-5. Escolhido e precioso para Deus. Assim como se usa uma pedra para construir uma casa física, nossas vidas são para construir uma casa espiritual com outros crentes. 

Adoro que esses versículos mostrem que só podemos fazer isso por meio de Jesus. É por causa de Jesus que Pedro pode compartilhar nossos propósitos individuais na obra de Deus. 

Jesus é então descrito como a Pedra Angular. Ele conta como as pessoas no mundo rejeitam Jesus e desobedecem a Sua mensagem. (1 Pedro 2:6-8)

Então, vemos “mas” indicando um cenário diferente para aqueles que acreditam em Cristo.

1 Pedro 2:9 diz: “Vós, porém, sois geração eleita, sacerdócio real, nação santa, propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz”.

Quem: Você. Quando este versículo diz que vós, Pedro está se dirigindo à igreja. Isso significa que se você é um crente em Cristo Jesus, este versículo da Bíblia se aplica a você.

O quê: Um sacerdócio real, uma nação santa e propriedade especial de Deus.

Por quê: Para declarar o louvor dAquele que nos chamou das trevas para a Sua maravilhosa luz.

A frase sacerdócio real nas Escrituras

Quando pensamos em cada uma dessas palavras: real e sacerdócio, elas parecem muito opostas. 

Quando pensamos em realeza, pensamos em um povo que é servido por outros. E quando pensamos no sacerdócio, lembramos de nosso papel como servos e mediadores de Deus entre a humanidade. 

A frase para sacerdócio real no grego é “basileios hierateuma”. Basileios significa “real” e hierateuma significa, um sacerdócio.

Eu gosto de pensar nesta combinação como nós somos servos reinantes do Rei dos Reis.

Qual é o significado do sacerdócio?

O Salmo 110:4 diz: “O Senhor jurou e não mudará de ideia: Tu és sacerdote para sempre”.

O conceito do povo de Deus sendo separado e santo não é uma ideia nova para eles em 1 Pedro 2. Vemos de volta em Êxodo 19:6: “E vós sereis para mim um reino de sacerdotes e uma nação santa. Estas são as palavras que você deve falar aos filhos de Israel.” 

O Senhor deu a Seu povo uma posição especial de ser santo. No entanto, como sabemos, seus sacrifícios e obediência nunca foram suficientes para cobrir seus pecados eternamente. Sua obediência mostrou sua fé de que Deus estava enviando o Messias que um dia redimiria o mundo.

Os dois principais papéis de um sumo sacerdote eram permanecer em contato com Deus no lugar santo e ajudar as pessoas a serem puras.

Ao pensar no objetivo de ser separado, Jesus nos dá perfeita pureza e santidade por meio de Seu sacrifício na cruz. 

Um sacerdote nunca foi perfeito. Um sacerdócio era um grupo de pecadores escolhendo viver suas vidas em dedicação ao Senhor. 

Jesus se tornou nosso Sumo Sacerdote. (Hebreus 4:14-16) Isso significa que Ele nos convidou, tanto judeus como gentios, para fazer parte de Seu sacerdócio real. Ele nos inclui para participarmos da obra do Seu reino.

A única maneira de se tornar um sacerdote era nascer no sacerdócio. Isso não era algo para se conquistar, muito menos comprar. Da mesma forma, não podemos ganhar nossa salvação, não podemos comprá-la, recebemos gratuitamente. 

De fato, somos chamados ao novo nascimento. João 3:3 diz: “Respondeu Jesus: Em verdade vos digo que ninguém pode ver o reino de Deus se não nascer de novo.”

Jesus nos convida a nascermos em Sua família, em Seu sacerdócio real, não ser um nascimento físico, mas espiritual.

João 14:12 diz: “Em verdade vos digo que quem crê em mim fará as obras que tenho feito, e fará coisas ainda maiores do que estas, porque eu vou para o Pai”. 

Jesus ascendeu, mas Ele enviou Seu Espírito Santo aos corações de todos os que creem Nele. Seu sacerdócio continua e continuará na eternidade. Dessa forma, devemos ser fortalecidos por saber que Jesus levou nossos pecados e derrotou a morte.

Os sacerdotes usavam roupas especiais para mostrar que eram separados. Isaías 61:10 diz: “Alegrar-me-ei muito no Senhor; a minha alma exultará no meu Deus, porque me vestiu com as vestes da salvação; ele me cobriu com o manto da justiça, como um noivo que se enfeita como um sacerdote com um belo cocar, e como uma noiva que se enfeita com suas jóias”. 

Jesus nos vestiu com Sua justiça. Nós somos o Seu sacerdócio e Ele é o Rei dos Reis, então este não é um sacerdócio qualquer, este é um sacerdócio real.

O que significa real?

Quando eu era jovem, costumava imaginar como seria ser da realeza. Como muitas meninas, os filmes de princesa e as fantasias de vestido de baile só ajudaram minha imaginação. 

Talvez seja porque em algum lugar dentro de nós, há um desejo de estar com nosso Rei. Talvez sintamos um profundo desejo de viver e reinar como co-herdeiros com Cristo. 

Romanos 8:16-18 diz: “O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus . Ora, se somos filhos, então somos herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo, se de fato participamos de seus sofrimentos para que também participemos de sua glória”.

Da mesma forma que um israelita não pode se tornar um sacerdote a menos que tenha nascido no sacerdócio, uma pessoa não pode se tornar real a menos que seja nascida ou casada em uma família real.

Isaías 62:3 diz: “Você também será uma coroa de beleza na mão do Senhor, e um diadema real na mão de seu Deus”. 

O povo de Deus, entregue ao Seu amor salvador, é uma coroa de beleza em Suas mãos. Ele está orgulhoso de nós. 

Quando penso em um rei concedendo uma recompensa a alguém, essa pessoa fica cheia de honra. Recebemos o dom da salvação de Deus e somos segurados em Suas mãos. Ele nos faz novas criaturas Nele.

O Comentário de Matthew Henry da BibleStudyTools.com diz:

“Todos os verdadeiros servos de Cristo são um sacerdócio real. Eles são reais em sua relação com Deus e Cristo, em seu poder com Deus e sobre si mesmos e todos os seus inimigos espirituais. Eles são príncipes nas melhorias e na excelência de seus próprios espíritos, e em suas esperanças e expectativas. São um sacerdócio real, separado do pecado e dos pecadores, consagrado a Deus, e oferecendo a Deus serviços e oblações espirituais, aceitáveis ​​a Deus por Jesus Cristo”.

Futuro Sacerdócio Real

Quando Pedro diz que somos o sacerdócio real de Deus, isso é desde o momento em que aceitamos Jesus até a eternidade. 

Apocalipse 1:6 diz: “E nos constituiu reino, sacerdotes para seu Deus e Pai; a ele seja a glória e o domínio para todo o sempre. Amém.” 

Não nos sentaremos no trono, mas nos sentaremos à mesa do rei.

Esta promessa não é temporária. Não apenas experimentamos o que é ser o sacerdócio real do Senhor, mas vivemos. 

À medida que aprendemos e crescemos em Jesus como nosso Sumo Sacerdote e Rei dos Reis, também cresçamos em gratidão por sermos um sacerdócio real e separados por causa de Seu nome.

Autora Emma Danzey, adaptado por Biblioteca do Pregador.

Botão Voltar ao topo