Sermão no Salmo 84: Por que o salmista chora?

Esboço de Sermão Textual no salmo 84 com o tema: Por que o salmista chora? Esboço de pregação textual no salmo 84 sobre porque o salmista chora.

TÍTULO deste Sermão no Salmo 84: Por que o salmista chora?

TEXTO deste Sermão: Salmo 84

PROPOSTA: O salmista chora por causa de 1) Doença e sofrimento, 2) A perseguição dos homens maus, 3) Seus pecados e perdão, 4) Seu desejo de adorar a Deus.

OBJETIVO: Que cada um de nós seja como o salmista, desejando profundamente que Deus ouça nossos pedidos e os responda. Que cada um tenha um senso renovado da proximidade que o povo de Deus pode

INTRODUÇÃO deste Sermão no Salmo 84:

A. Sobre o texto:

1) Neste capítulo, o Salmista canta como é bom adorar na casa de Deus.

2) No versículo 2, lemos: “A minha alma anseia, sim, desfalece pelos átrios do Senhor; o meu coração e a minha carne clamam pelo Deus vivo.”

3) O salmista deseja estar na casa de Deus tão profundamente que seu coração e carne clama por Deus.

4) Que grande amor ele tinha por adorar e estar com Deus!

B. Quando o salmista chora?

1) Às vezes, quando lemos sobre o choro do salmista, isso se refere a gritos.

2) Às vezes, o salmista começa a chorar para clamar ao Senhor.

3) Quando o salmista clama, porém, encontramos uma profunda manifestação emocional que nos indica assuntos de extrema importância para Deus.

4) Vamos estudar.

O salmista chora por causa de…

I. DOENÇA E SOFRIMENTO

A. Considere Salmos 6: 6-7

“Estou cansado de gemer; a noite toda faço nadar na minha cama; Eu rego meu sofá com minhas lágrimas. Meus olhos estão consumidos por causa da dor; envelhece por causa de todos os meus inimigos.”

1) O contexto é que o salmista está doente de morte.

2) Os versos 2-5 nos dizem que ele é…

  • Fraco
  • Aborrecido em Seus ossos.
  • Perturbado na alma.
  • Preocupado com a morte.

3) Ele está confiante, entretanto, que Deus ouve seu choro (versículo 8) e que ele não morrerá.

4) Portanto, ele repreende seus inimigos que desejam sua morte.

5) Neste Salmo, o salmista chora porque está doente e tem grande esperança de recuperação.

B. Considere o Salmo 88: 1-2

“Ó SENHOR, Deus da minha salvação, clamo dia e noite diante de ti; venha a minha oração diante de ti; inclina o teu ouvido ao meu clamor”.

1) Neste Salmo, o salmista está extremamente doente e à beira da morte (versículo 3).

2) O versículo 8 fala sobre o grau de sua doença; ele foi colocado em quarentena.

3) Na verdade, ele chora por causa de sua aflição (versículo 9).

4) Ele está tão aflito que está prestes a morrer (versículo 15).

5) O versículo 18 diz que até mesmo seus conhecidos e parentes o abandonaram.

6) Neste Salmo, o salmista vê pouca esperança de recuperação; ele está chorando por sua vida.

C. Considere Salmos 30: 5

“Porque a sua ira dura apenas um momento; em seu favor está a vida: o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.”

1) Salmo 30 é um Salmo de alegria em se recuperar de doenças.

2) No versículo 2, o salmista diz: “Ó Senhor meu Deus, clamei a ti, e tu me curaste.”

3) O salmista explica no versículo 3 que ele foi libertado da morte.

4) O versículo 4 nos diz que ele está agradecido.

5) No versículo 8, o salmista fala de seu clamor a Deus.

6) O versículo 9 fala da falta de sentido de sua morte por doença.

7) O versículo 10 reconhece que Deus mudou sua situação para alegria.

8) Neste Salmo, os salmistas choraram durante a doença, mas se alegraram na recuperação.

D. Deus e doença.

1) Nestes Salmos, vimos o salmista chorar por causa da doença.

2) Invocamos a Deus na hora da doença e com razão.

3) Deus ajuda os enfermos e auxilia em sua recuperação.

4) Veja Tiago 5:14 que diz:

“Está alguém doente entre vocês? que ele chame os presbíteros da igreja; e orem sobre ele, ungindo-o com óleo em nome do Senhor: ”- a Bíblia ensina oração pelos enfermos.

5) Epafrodito já esteve doente. Veja Filipenses 2:27 que diz:

“Pois, na verdade, esteve doente e quase à morte, mas Deus se compadeceu dele; e não somente sobre ele, mas também sobre mim, para que eu não tenha tristeza sobre tristeza”.

6) Somos como o salmista quando nos voltamos para Deus na doença?

5. Deus ouve os gritos dos enfermos.

II. A PERSEGUIÇÃO DE HOMENS MALIGNOS

A. Salmos 18: 6 diz:

“Na minha angústia invoquei o Senhor, e clamei ao meu Deus; ele ouviu a minha voz do seu templo, e o meu clamor veio diante dele, até mesmo nos seus ouvidos”.

1) O comentário sobre este Salmo é “Um Salmo de Davi, o servo do SENHOR, que falou ao SENHOR as palavras deste cântico no dia em que o SENHOR o livrou das mãos de todos os seus inimigos e das mãos de Saul: ”

2) O restante do Salmo expressa como Deus respondeu ao clamor de Davi para confundir seus inimigos.

3) Aqui o salmista chora porque homens ímpios estão tentando matá-lo.

B. Salmo 56: 8-9

“Tu narras as minhas andanças; põe as minhas lágrimas no teu odre; não estão elas no teu livro? Quando eu clamar a ti, então meus inimigos voltarão: isto eu sei; porque Deus é para mim.”

1) Este Salmo foi escrito quando Davi estava com os filisteus em Gate (1 Samuel 27)

2) Novamente, isso foi quando Saul o estava perseguindo.

3) Neste Salmo, Davi expressa sua preocupação com os homens que o oprimem e o engolem (versículo 1-2).

4) Davi também deposita sua confiança em Deus. Versículo 11 “Em Deus pus minha confiança: não terei medo do que o homem pode fazer comigo.”

C. Salmo 142: 1

“Clamei ao SENHOR com a minha voz; com a minha voz ao Senhor fiz a minha súplica.”

1) O título deste Salmo diz que Davi estava em uma caverna.

2) Aqui, Davi sente como se ninguém se importasse com ele (versículo 4).

3) Ele ora pela libertação de seus perseguidores (versículo 6).

4) Ele clama a Deus por causa da solidão.

D. Salmo 126: 5

“Os que semeiam com lágrimas colherão com alegria. Aquele que sai e chora, trazendo semente preciosa, sem dúvida voltará com alegria, trazendo consigo seus molhos.”

1) Este foi um Salmo do Senhor voltando o cativeiro (versículo 1).

2) Os cantores estavam felizes.

3) Eles reconheceram que embora uma vez chorassem devido à perseguição, aquelas lágrimas traziam alegria.

E. Deus e perseguição.

1) Deus conhece e vê nossas perseguições.

2) Somos lembrados de Lucas 12: 6-7 que diz:

“Não se vendem cinco pardais por dois metros, e nenhum deles é esquecido diante de Deus? Mas até mesmo os cabelos de sua cabeça estão todos contados. Não temas, pois: mais valeis vós do que muitos pardais.”

3) Somos como o salmista que se volta para Deus na perseguição?

F. Deus ouve o clamor dos perseguidos.

III. SEUS PECADOS E POR SEU PERDÃO

A. Salmo 39:12

“Ouve a minha oração, SENHOR, e dá ouvidos ao meu clamor; não te cales com as minhas lágrimas, porque sou para contigo um estranho e um estrangeiro, como todos os meus pais o foram.”

1) No versículo 1, o salmista expressa o desejo de não pecar com sua língua.

2) Porém, ele acaba fazendo isso antes de seus inimigos (versículo 3).

3) Ele ora por libertação dessas transgressões (versículo 8).

4) O salmista clama para que seus pecados sejam perdoados.

B. Salmo 130: 1-2

“Das profundezas clamei a ti, SENHOR. Senhor, ouve a minha voz: estejam os teus ouvidos atentos à voz das minhas súplicas”.

1) O salmista reconhece que tem iniquidade (versículo 3).

2) Ele também entende que com Deus está o perdão (versículo 4).

3) Por isso ele tem grande esperança no Senhor (versículos 5-8).

4) O salmista clama por perdão.

C. Deus e perdão.

1) Somos lembrados das palavras de Paulo em 2 Coríntios 7: 8-10 que diz:

“Pois, embora os tenha feito lamentar com a minha epístola, não me arrependo; embora apenas por um período, agora regozijo-me, não por terem ficado tristes, mas por terem ficado tristes para o arrependimento; porque vos arrependestes segundo uma espécie de Deus, para que pudésseis sofrer perdas por nós em nada. Porque a tristeza segundo Deus opera arrependimento para a salvação, um arrependimento que não traz remorso; mas a tristeza do mundo opera a morte.”

2) A tristeza segundo Deus, chorará pelo pecado e desejará o perdão.

3) Somos como o salmista ao chorar por nossos pecados e por perdão?

D. Deus ouve o clamor dos que estão em pecado e perdoa.

IV. SEU DESEJO DE ADORAR A DEUS

A. Salmo 42: 3

“As minhas lágrimas têm-me servido dia e noite, enquanto continuamente me dizem: Onde está o teu Deus?”

1) Neste Salmo, o salmista expressa um profundo desejo de adorar a Deus.

2) O versículo 1 é familiar para nós. “Como o cervo suspira por causa da água…”

3) Os salmistas anseiam por aparecer diante de Deus (versículo 2).

4) No versículo 4, o salmista relembra a adoração diante de Deus.

5) No versículo 5, ele expressa sua esperança de que o faça novamente.

B. Salmo 119: 145-148

“Chamei de todo o coração; Responde-me, Senhor: guardarei os teus estatutos. Eu te chamei; Salva-me, e observarei os teus testemunhos. Eu antecipei o amanhecer e chorei: esperava nas tuas palavras. Meus olhos se anteciparam às vigílias noturnas, Para meditar na tua palavra.“

1) Aqui o salmista deseja tanto ouvir a palavra de Deus que chora.

2) Ele deseja observar a lei de Deus em sua vida.

C Salmo 5: 1-2

“Dá ouvidos às minhas palavras, SENHOR, considera a minha meditação. Dá ouvidos à voz do meu clamor, meu Rei e meu Deus: porque a ti orarei.”

1) Neste salmo, o salmista clama a Deus para ouvir a sua oração.

2) Ele expressa como no temor de Deus ele adorará (versículo 7).

D. Salmo 84: 2

“A minha alma anseia, sim, desfalece pelos átrios do Senhor; o meu coração e a minha carne clamam pelo Deus vivo.”

1) No versículo 1, o salmista fala sobre a amizade do lugar de adoração de Deus.

2) Ele abençoa aqueles que moram na casa de Deus (versículo 4).

E. Deus e adoração.

1) Deus deseja que adoremos em espírito e em verdade (João 4: 23-24).

2) Desejamos adorá-Lo?

3) Somos como o salmista que clama para adorar a Deus?

F. Deus ouve o clamor daqueles que desejam adorá-Lo.

CONCLUSÃO deste Sermão no Salmo 84:

A. O salmista chora por causa de…

1) Sua doença e sofrimento.

2) As perseguições de homens maus.

3) Seu pecado e perdão

4) Seu desejo de adorar a Deus.

B. Apelo deste Sermão no salmo 84…

baixar pdf biblioteca do pregador

BAIXE O ESBOÇO EM PDF DESTE SERMÃO DO SALMO 84

Sermao-no-Salmo-84.pdf (18 downloads)

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.

Conheça a Poderosa Ferramenta que te ajudará a Entender a Bíblia de Forma Profunda!