Servindo a Deus com toda a casa

Texto do sermão: Josué 24:15

Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao Senhor, escolhei hoje a quem sirvais; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor.

INTRODUÇÃO

Contexto de Josué 24:15

Encontramos Josué reunindo todas as tribos de Israel em Siquém para uma assembleia solene antes de sua morte.

Josué sabe que seus dias estão no fim. Mas, antes de sua partida, ele se preocupa em deixar o povo mais perto de Deus o possível.

Ao reunir o povo, Josué profetiza. A Bíblia diz: “Então Josué disse a todo o povo: Assim diz o Senhor Deus de Israel” (Js 24:2). Ele relembra o povo sobre quem eles eram e o que Deus fez por eles.

Josué então propõe o povo renovar a aliança com Deus. Era como se fosse uma cerimônia de bodas de ouro. Boas lembranças do início, reafirmação da escolha e promessa de fidelidade.

Hoje, vamos explorar três aspectos fundamentais de Josué 24:15: a escolha de servir, o compromisso familiar e a determinação em servir ao Senhor.

I. ESCOLHEI HOJE A QUEM SIRVAIS

A. A Urgência da Escolha “escolhei hoje”

  1. Josué desafia o povo de Israel a tomar uma decisão clara e imediata – Josué 24:15.
  2. O chamado para escolher a quem servir é urgente e não pode ser adiado – 2 Coríntios 6:2.

B. As Opções Disponíveis “a quem sirvais”

  1. Servir aos deuses antigos que os pais serviram – Josué 24:14.
  2. Servir aos deuses dos amorreus – Josué 24:15.
  3. Servir ao Senhor, o Deus de Israel, que os tirou do Egito e fez grandes obras por eles – Josué 24:16-18.

C. A Importância da Decisão

  1. Nossa escolha determina nosso destino espiritual – Deuteronômio 30:19-20.
  2. A necessidade de uma decisão consciente e comprometida com Deus – 1 Reis 18:21.

José escolheu fugir da mulher de Potifar e se tornou governador;

  • José escolheu fugir da tentação da mulher de Potifar e permanecer fiel a Deus, eventualmente se tornando governador do Egito – Gênesis 39:7-12.
  • Daniel escolheu não se contaminar com a comida do rei da Babilônia, mantendo sua fidelidade a Deus, e foi abençoado com sabedoria e discernimento – Daniel 1:8-16.
  • Moisés escolheu identificar-se com seu povo israelita oprimido, em vez de desfrutar dos prazeres e confortos da corte egípcia – Hebreus 11:24-26.
  • Rute escolheu permanecer com sua sogra Noemi, em vez de retornar ao seu próprio povo, e foi abençoada ao se casar com Boaz, tornando-se ancestral de Jesus Cristo – Rute 1:16-17; 4:13-17.
  • Ester escolheu arriscar sua vida ao se apresentar diante do rei persa para interceder pelo seu povo, os judeus, e foi usada por Deus para salvar sua nação da destruição – Ester 4:16; 5:1-3.
  • Abraão escolheu obedecer a Deus e sair de sua terra natal, seguindo a promessa de Deus, e se tornou o pai da fé e das nações – Gênesis 12:1-4; Hebreus 11:8-12.
  • Paulo escolheu seguir a Cristo após sua conversão, abandonando sua vida anterior de perseguição aos cristãos, e se tornou um dos maiores apóstolos e missionários da igreja primitiva – Atos 9:1-22; Filipenses 3:7-14.

II. EU E A MINHA CASA

A. Compromisso

  1. Josué diz “Eu e a minha casa”, não apenas “Eu”.

“Mas, se alguém não tem cuidado dos seus e principalmente dos da sua família, negou a fé e é pior do que o infiel.” (1 Timóteo 5:8)

B. Liderança Espiritual na Família

  1. Josué assume a responsabilidade de liderar sua família na adoração a Deus – Josué 24:15.
  2. O papel dos pais como líderes espirituais em suas casas – Efésios 6:4.

C. O Impacto da Decisão Familiar

  1. Uma família unida no serviço a Deus é uma poderosa testemunha – Atos 16:31-34.
  2. A influência positiva de uma família dedicada a Deus na comunidade e na igreja – 1 Timóteo 3:4-5.

III. SERVIREMOS AO SENHOR

A. Consagração e Dedicação

  1. Quando Josué disse “serviremos ao Senhor”, significa uma decisão de consagração, compromisso e dedicação em servir ao Senhor – Josué 24:15.
  2. A consagração envolve dedicar toda a vida, recursos e talentos a Deus priorizando Ele acima de tudo. (Mateus 6:33)

B. O Exemplo de Obede-Edom

  1. Obede-Edom foi um levita que recebeu a Arca da Aliança em sua casa por três meses – 2 Samuel 6:10-11.
  2. Durante esse período, sua casa foi ricamente abençoada, e isso se estendeu à sua descendência – 1 Crônicas 26:4-8.
  3. Os filhos de Obede-Edom foram posteriormente designados para funções importantes no serviço do templo, demonstrando a continuidade das bênçãos de Deus sobre sua família – 1 Crônicas 26:12-16.

C. Contraste com Abinadabe

  1. A Arca da Aliança permaneceu na casa de Abinadabe por 20 anos (1 Samuel 7:1-2), mas a Bíblia não menciona que sua família foi abençoada de maneira semelhante.
  2. Isso destaca a importância não apenas de ter a presença de Deus em nossa vida, mas também de manter um coração consagrado e obediente ao Senhor – 1 Samuel 7:3.

CONCLUSÃO desta pregação Josué 24:15

1. O desafio de Josué é tão relevante hoje quanto foi para Israel. Hoje é dia de renovar nossa aliança. é dia de se posicionar!

2. Que possamos, assim como Josué, escolher servir ao Senhor com nossas famílias.

3. Encorajamento final para fazer uma escolha firme e viver comprometidos com Deus, declarando: “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor.”

4. Apelo para que cada um reconsidere sua escolha e reafirme seu compromisso com Deus hoje.

André Lourenço

Bacharel em Teologia, Graduado em Gestão da Qualidade e Pós Graduando em Psicologia nas Organizações, André possui mais de 17 anos de experiência na pregação e ensino da Bíblia. É Professor de cursos de Homilética e Hermenêutica. Já escreveu centenas de estudos bíblicos e ministra aulas na EBD. Se considera um eterno aprendiz e apaixonado por Compartilhar a Palavra de Deus!

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo