10 Versículos sobre as cores na bíblia e o que elas significam

Bem normal, quando falamos em cores na bíblia, nós lembrarmos da túnica colorida de José, ou até mesmo do arco-íris que apareceu logo após o dilúvio. Assim como esses exemplos, a Bíblia está repleta de uma variedade de versículos bíblicos que falam sobre as cores.

Mas a pergunta que não calar é, será que há algum significado nessas cores?

É aconselhável ser cauteloso ao tentar determinar o significado aqui, especialmente o significado que pode estar oculto. No entanto, podemos ver vários temas de cores que possuem significado simbólico ou poético.

Aqui estão alguns versículos das cores usadas na Bíblia, para assim compreendermos um pouquinho mais sobre seus significados e representações.

1. Vermelho

“Vinde, pois, arrazoemos, diz o Senhor: ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, tornar-se-ão como a lã”.

Isaías 1:18

2. Branco

“Eu lhe disse: ‘Senhor, você sabe.’ E ele me disse: ‘Estes são os que vêm da grande tribulação. Eles lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro.'”

Apocalipse 7:14

3. Roxo

“Quem nos ouviu foi uma mulher chamada Lídia, da cidade de Tiatira, vendedora de púrpura, adoradora de Deus. “

Atos 16:14

4. Azul

“Fios azul, púrpura, escarlate e linho fino torcido, pêlos de cabra”.

Êxodo 25:4

5. Verde

“Ele me faz deitar em pastos verdejantes. Ele me leva a águas tranquilas”.

Salmos 23:2

6. Ouro

“De ouro puro o cobrirás; por dentro e por fora o cobrirás, e sobre ele farás uma moldura de ouro ao redor”.

Êxodo 25:11

7. Preto

“Visto os céus de escuridão e faço de saco a sua cobertura.”

Isaías 50:3

8. Prata

“Uma palavra dita corretamente é como maçãs de ouro num engaste de prata”.

Provérbios 25:11

9. Bronze

“E lhe farás pontas nos seus quatro cantos; os seus chifres formarão uma só peça com ele, e o cobrirás de bronze”.

Êxodo 27:2

10. Arco-íris

“E aquele que ali estava assentado tinha a aparência de jaspe e de cornalina, e ao redor do trono havia um arco-íris que tinha a aparência de uma esmeralda”.

Apocalipse 4:3

Qual o significado simbólico das cores na bíblia

As cores na bíblia, embora elas tenham alguns significados poéticos ou simbólicos, devemos saber que elas não são essenciais para fé.

Assim como nos diz, João Calvino:

“Não é evidência de teimosia, em vez de diligência, suscitar conflitos ao longo do tempo e da ordem em que [os anjos] foram criados? (…) Sem demorar muito, lembremo-nos aqui, como em toda doutrina religiosa, que devemos nos apegar a uma regra de modéstia e sobriedade: não falar, nem adivinhar, nem mesmo procurar saber, sobre assuntos obscuros, qualquer coisa, exceto o que nos foi comunicado pela Palavra de Deus. Além disso, na leitura das Escrituras, devemos nos esforçar incessantemente para buscar e meditar sobre as coisas que contribuem para a edificação. Não nos entreguemos à curiosidade ou à investigação de coisas inúteis. E porque o Senhor quis instruir-nos, não em questões infrutíferas, mas na sã piedade, no temor do seu nome, na verdadeira confiança e nos deveres da santidade, fiquemos satisfeitos com este conhecimento. Por esta razão, se quisermos ser devidamente sábios, devemos deixar aquelas especulações vazias que os homens ociosos ensinaram à parte da palavra de Deus a respeito da natureza, ordens e número de anjos. Sei que muitas pessoas se apegam a elas com mais avidez e se deleitam mais com elas do que com as coisas que têm sido postas em uso diário. Mas, se não temos vergonha de ser discípulos de Cristo, não tenhamos vergonha de seguir o método que ele prescreveu. Assim acontecerá que, satisfeitos com seus ensinamentos, não apenas abandonaremos, mas também abominaremos aquelas especulações totalmente vazias das quais ele nos chama de volta.” (João Calvino, Institutas, 1.14.4)

Depois de ter deixado essa advertência, vamos ver alguns significados simbólicos das cores na bíblia.

Uma das cores que tem um significado simbólico é entre branco/preto ou claro/escuridão. O branco (e não estamos falando da cor da pele pêssego aqui) costuma ser um símbolo de pureza. E o preto (novamente, não a cor da pele) carrega o simbolismo daquilo que é manchado e devastado pelo pecado. Preto/escuridão também simboliza luto e lamento.

Em Isaías 1:18 também vemos o vermelho como um símbolo do pecado que contrasta com a pureza do branco. O vermelho está conectado com o sangue vital de pessoas e animais ( Gênesis 9:4-6 ), bem como com a paixão ardente. Por causa do sangue de Cristo, esta cor também se tornou uma cor de redenção.

Muitas das associações que temos hoje com as cores também ocorreram nos tempos bíblicos. Freqüentemente, eles são mais poéticos do que carregam algum significado oculto.

O verde, por exemplo, normalmente usado como símbolo de vida e vigor. Grama, árvores, etc. ganham vida com um verde vibrante na primavera. Tal como acontece com o verde, também o roxo carregava algumas das mesmas associações que temos hoje.

Já o roxo é a cor da realeza e da majestade, é muito comum ser associado a YHWH. Já os tons de azul/roxo aparecem descritos na bíblia, sendo usados nos tecidos nas vestimentas sacerdotais.

Veja um resumo que o Dicionário Bíblico Ilustrado Holman nos dá:

“Às vezes, um escritor pode usar a cor num sentido simbólico para transmitir a verdade teológica sobre o tema da sua escrita. As designações de cores têm um significado simbólico geral. Por exemplo, o branco pode simbolizar pureza ou alegria; o preto pode simbolizar julgamento ou decadência; o vermelho pode simbolizar o pecado ou o sangue vital; e o roxo pode simbolizar luxo e elegância. O simbolismo das cores tornou-se para os escritores da literatura apocalíptica (Daniel, Apocalipse) uma ferramenta apropriada para expressar várias verdades em linguagem oculta. Em seus escritos pode-se encontrar o representante branco da conquista ou vitória, o representante negro da fome ou da peste, o representante vermelho do derramamento de sangue em tempo de guerra, a palidez (literalmente ‘cinza esverdeado’) representante da morte e o representante roxo da realeza.”

Como vimos as cores estão em toda a Bíblia. Eles carregam algum nível de significado simbólico, mas não tal que deva ser levado à risca. As cores podem ser emotivas e carregar associações com elas, não tendo nada haver com a fé em Jesus Cristo.

Indiara Lourenço

Com mais de 20 anos atuando na Pregação e Ensino, Indiara possui experiência em ministério infantil, jovem e feminino. Estudante de Teologia e ministra aulas na EBD. Mãe, esposa e serva que ama fazer a obra de Deus. Contagia a todos com sua alegria e inspira com palavras motivadoras, deixando um impacto positivo por onde passa.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo