2 Timóteo 1:12 Significado de “Porque eu sei em quem tenho crido”

2 Timóteo 1:12 – ACF (Almeida Corrigida Fiel)

Por cuja causa padeço também isto, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele dia.

Traduções Bíblicas de 2 Timóteo 1:12 (Versões)

2 Timóteo 1:12 – NAA (Nova Almeida Atualizada)

E, por isso, estou sofrendo estas coisas. Mas não me envergonho, porque sei em quem tenho crido e estou certo de que ele é poderoso para guardar aquilo que me foi confiado até aquele Dia.

2 Timóteo 1:12 – NVI (Nova Versão Internacional)

Por essa causa também sofro, mas não me envergonho, porque sei em quem tenho crido e estou bem certo de que ele é poderoso para guardar o meu depósito até aquele dia.

2 Timóteo 1:12 – NTLH (Nova Tradução Linguagem de Hoje)

É por isso que sofro essas coisas. Mas eu ainda tenho muita confiança, pois sei em quem tenho crido e estou certo de que ele é poderoso para guardar, até aquele dia, aquilo que ele me confiou.

Explicação e Comentário de 2 Timóteo 1:12

Paulo está conectando seu sofrimento atual com sua pregação e ensino do Evangelho. Parece que alguns em conexão com Paulo se envergonharam de suas correntes. Paulo elogia alguém que não era (2 Tm 1:16). Paulo está dizendo que sua posição inferior no mundo por causa de sua fé e serviço a Jesus não o envergonhará, nem deveria envergonhar Timóteo.

A razão que ele dá é que ele conhece Jesus e confia nele com sua vida. Parte de ser um discípulo é continuar confiando em Deus quando estamos sofrendo, especialmente quando estamos sofrendo como resultado de nossa fé em Cristo e, mais ainda, de nosso ministério em Cristo.

Esteja “convencido” disso e aja de acordo. Com Paulo, esperamos um grande dia em que Cristo voltará para trazer a recompensa. Naquele dia, tudo será corrigido e, se necessário, seremos justificados se tivermos perseverado com paciência e alegria.

Interpretação de 2 Timóteo 1:12, as partes chave do versículo

# 1 “É por isso que estou sofrendo como estou.”
A crença de Paulo em Jesus, e ainda mais o seu ministério como um “arauto, apóstolo e mestre” (2 Timóteo 1:11) levou a uma quantidade significativa de dificuldades, incluindo sua prisão atual. Jesus prometeu que o mundo odiaria os discípulos se eles realmente o seguissem (João 15:18). Todos os cristãos sofrerão nesta vida.

# 2 “No entanto, isso não é motivo de vergonha”,
Paulo diz a Timóteo para não se envergonhar do Evangelho ou de Paulo. Evidentemente havia alguns, como há hoje, que acreditavam que se os cristãos tivessem Deus ao seu lado, então ele deveria protegê-los de todo sofrimento. Então, como hoje, devemos lembrar que Cristo sofreu como nosso principal exemplo.

# 3 “porque eu sei em quem tenho crido,”
Conhecer a Cristo foi mais do que suficiente para Paulo manter uma perspectiva correta de seu sofrimento nas mãos do mundo. Curiosamente, ele não diz “em quem tenho crido”, o que seria correto, mas diz “em quem tenho crido”. Essa confiança não era tanto baseada em sua crença em Cristo, mas sim, ele havia crido em Cristo, que se comunicou com ele pessoalmente. Pela fé, nós que pregamos devemos nos ver como instrumentos de Cristo para pregar o Evangelho. O mundo caído precisa ouvir de Cristo ainda mais do que eles precisam ouvir sobre Cristo.

# 4 “E estou convencido de que ele é capaz de guardar o que lhe confiei até aquele dia.”
Paulo provavelmente está se referindo à sua própria vida. Muitas vezes pensamos no que Deus nos confiou, mas quando se trata de nossa própria vida e do resultado de nossa obediência à verdade e a Deus, devemos nos confiar a ele. Nisso haverá grande confiança para perseverar até o último dia, no glorioso retorno de Cristo.

Comentários sobre o que Significa 2 Timóteo 1:12

comentários bíblicos sobre o versículo

Comentário de Wiersbe (Contexto)

A idéia central deste capítulo é: “Não te envergonhes”. Paulo não se envergonhava (2 Timóteo 1:12); admoestou Timóteo a não se envergonhar (2 Tm 1:8); e relatou que Onesíforo não tinha vergonha das algemas do apóstolo (2 Tm 1:16).

Paulo estava confiante em Cristo (v. 12). O apóstolo não sentia vergonha, pois sabia que Cristo era fiel e que o guardaria. É interessante observar sua ênfase sobre a pessoa de Cristo: “porque sei em quem tenho crido“.

Não somos salvos pela fé em certas doutrinas, por mais importantes que sejam. O pecador é salvo porque crê numa Pessoa: Jesus Cristo, o Salvador. Paulo havia deixado sua alma sob os cuidados e a proteção do Salvador e estava certo de que Jesus Cristo seria fiel em guardar seu depósito.

Que diferença fazia para o apóstolo o que aconteceria neste ou naquele dia? O que importa, de fato, é o que acontecerá “[naquele] Dia”, quando Jesus Cristo recompensar seus servos (ver 2 Tm 1:18; 4:8).

Nos tempos difíceis em que vivemos, é importante manter a fidelidade a Cristo e estar dispostos a padecer por ele sem qualquer vergonha.

Talvez não sejamos presos, como Paulo, mas sofremos de outras maneiras: perdemos amigos, não somos promovidos no trabalho, perdemos clientes, somos desprezados por outros etc.

Também é importante apoiar servos de Deus que estão sendo afligidos por amor à justiça.

Comentário de Beacon (Estudo)

2 Timóteo 1:12 – O apóstolo admite francamente que foi sua lealdade inflexível ao chamado de Deus que lhe ocasionou essas atuais dificuldades: Por cuja causa padeço também isto (12). O verdadeiro segredo de sua fortaleza acha-se na confissão magnífica da certeza que se segue imediatamente: Porque eu sei em quem tenho crido e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele Dia (12). E digno de nota que neste testemunho Paulo use em quem e não “no que”.

O que ele está confessando não é mera assinatura a uma proposta, mas amor e lealdade a uma Pessoa. Esta é uma característica essencial da fé cristã. Não é suficiente termos um credo pessoal relativo a Cristo, por mais importante que isso seja no seu devido lugar. Tem de haver uma comunhão de amor com uma Pessoa, ninguém mais que Jesus, para que nossa fé seja verdadeiramente cristã.

Concernente à certeza de Paulo de que Cristo pode guardar aquilo que lhe foi depositado, encontramos certa ambiguidade no original grego. As palavras o meu depósito são tradução literal do termo grego; e esta é uma palavra que ocorre frequentemente nas Epístolas Pastorais. Exceto aqui, sempre se refere à mensagem cristã depositada ou entregue a Paulo e Timóteo. Este depósito pode significar “o que lhe confiei” (NVI) ou “aquilo que ele me confiou” (NTLH).

Certamente o coração devoto dos cristãos de todas as eras recebe maior consolo e autoconfiança na tradução mais conhecida: Eu sei em quem tenho crido e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele Dia.

Nas crises de nossa experiência da graça de Deus, quando colocamos o futuro desconhecido à disposição da vontade de Deus, nossa alma se consola e se fortalece na certeza do poder mantenedor de Deus. O grande testemunho de Paulo torna-se um brado de ânimo ao espírito extremamente provado e um dos textos mais queridos e amados do Novo Testamento.

Notas de Barnes sobre a Bíblia

Pela qual também sofro essas coisas – Isto é, sofro por causa do meu propósito de levar o evangelho aos gentios; veja as notas em Colossenses 1:24.

Pois eu sei em quem tenho crido – “Confiei”. A ideia é que ele entendeu o caráter daquele Redentor a quem havia cometido seus interesses eternos e sabia que não tinha motivos para ter vergonha de confiar nele. Ele foi capaz de manter tudo o que havia confiado aos seus cuidados e não permitiu que ele se perdesse; veja Isaías 28:16.

E estou convencido de que ele é capaz de manter o que lhe comprometi – Isto é, a alma, com todos os seus interesses imortais. Um homem não tem nada de maior valor para confiar a outro do que os interesses de sua alma, e não há outro ato de confiança como aquele em que ele confia a guarda dessa alma ao Filho de Deus.

Comentário de Matthew Poole

2 Timóteo 1:12 – Por isso também sofro estas coisas – Por causa da pregação e publicação deste evangelho, ou pelo ensino dos gentios, sofro estas coisas, sendo acusado pelos judeus de incitador do povo, e por eles entregue aos romanos, e por eles preso. 

No entanto, não me envergonho – Mas não me envergonho de minhas correntes. Pois sei em quem tenho crido, me entreguei a Deus e estou certo de que ele é capaz de guardar o que lhe confiei até aquele dia; e não tenho dúvidas sobre a capacidade de Deus de manter até o dia do julgamento minha alma, ou todas as minhas preocupações, tanto para esta vida quanto para outra, que pela fé confiei a ele. 

Estudo Bíblico da visão geral de 2 Timóteo

André Lourenço

Bacharel em Teologia, Graduado em Gestão da Qualidade e Pós Graduando em Psicologia nas Organizações, André possui mais de 17 anos de experiência na pregação e ensino da Bíblia. É Professor de cursos de Homilética e Hermenêutica. Já escreveu centenas de estudos bíblicos e ministra aulas na EBD. Se considera um eterno aprendiz e apaixonado por Compartilhar a Palavra de Deus!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo