As roupas e sapatos dos hebreus no deserto cresciam no corpo?

Às vezes ouvimos alguns pregadores dizer que as roupas e os sapatos dos hebreus, no deserto, cresciam nos seus corpos à medida que eles iam crescendo. Eu creio que Deus pode fazer muito mais do que isso. Mas é isso mesmo que a Bíblia diz?

A Bíblia diz que as roupas e os sapatos cresciam no corpo dos hebreus?

Na verdade, não está escrito na Bíblia que as roupas e os sapatos dos hebreus cresciam à medida que eles iam crescendo.

Basta fazermos uma simples leitura do texto de Deuteronômio 8:4 e nos certificaremos de que, na verdade, nada do que se diz, efetivamente, aconteceu. Assim está escrito:

“Nunca se envelheceu a tua roupa sobre ti, nem se inchou o teu pé nestes quarenta anos. (Deuteronômio 8:4)

Veja na versão NTLH:

“Durante esses quarenta anos as roupas que vocês vestiam não ficaram gastas, e os seus pés não ficaram inchados.” (Deuteronômio 8:4)

Como podemos ver, o texto não diz que as roupas e os sapatos cresceram no corpo dos hebreus. Mas apenas que as roupas não envelheceram em seus corpos e os seus pés não incharam.

A Bíblia diz que as roupas e os sapatos cresciam no corpo dos hebreus

A Provisão de Deus no deserto

Assim como o maná fornecido pelo poder criativo de Deus os salvou da fome, também pela providência e cuidado de Deus suas vestes foram maravilhosamente preservadas da deterioração, e eles não tiveram que andar descalços por causa do desgaste de suas sandálias. 

Isso não pode significar que tal era o suprimento abundante de roupas para os israelitas no deserto da Arábia, que não havia necessidade de eles usarem roupas rasgadas e esfarrapadas pelo uso prolongado, pois tinham grandes rebanhos e rebanhos de onde provinham suprimento suficiente de lã e couro. E havia entre eles artífices habilidosos, por quem eles poderiam ser transformados em artigos de vestuário (Rosenmüller, JD Michaelis, etc.). 

Pois, como Knobel observa:

“Isso era algo muito insignificante ao lado do maná milagroso. E, além disso, isso não está na expressão, que sugere que as roupas sobre eles não estavam gastas nem caíram em trapos, porque Deus deu lhes uma durabilidade maravilhosa.” 

Ao mesmo tempo, não há razão para supor que os israelitas não tenham feito uso dos suprimentos que estavam ao seu alcance para fins de vestuário, assim como não viveram apenas de maná durante os quarenta anos de sua peregrinação. 

Menos ainda precisamos recorrer a suposições fantasiosas como a de que as roupas das crianças israelitas se expandiam à medida que cresciam, que é a noção de alguns dos rabinos judeus e adotada por alguns dos pais cristãos.

Deus não apenas alimentou os israelitas a cada manhã com “pão miraculoso”, mas também guardou das roupas se desgastar e seus pés de inchar como ato de Sua providência.

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!