Vamos nos reconhecer no céu?

Vamos nos reconhecer no céu? Antes de tudo, vamos direto ao assunto com uma resposta de uma palavra: Sim!

A resposta de duas palavras seria: “Com certeza!”

E a resposta de cinco palavras seria: “Você pode contar com isso!”

Mas sendo um leitor sábio e curioso, você vai querer mais do que a palavra de um pastor sobre isso. Certamente, você vai querer ver isso em sua Bíblia.

Portanto, deixe-me oferecer sete passagens bíblicas que usei para ajudar as pessoas que se perguntam se serão reunidas com seus entes queridos crentes no céu. 

Todos estes apontam para o nosso conhecimento uns dos outros na ressurreição, e alguns deles apontam para os crentes conhecerem uns aos outros imediatamente após a morte. Vejamos então.

1. Davi e seu filho

O rei Davi teve um filho que morreu na infância. Quando o menino morreu, Davi disse: “Eu irei até ele” (2 Samuel 12:23).

Davi sabia que veria seu filho novamente na presença do Senhor, e saber que ele se reuniria com o filho que amava trouxe-lhe conforto em sua perda.

2. Abraão, Isaque e Jacó

Nosso Senhor disse que muitos virão do oriente e do ocidente e se reclinarão à mesa “com Abraão, Isaque e Jacó no reino dos céus” (Mateus 8:11).

Abraão foi pai de Isaque e avô de Jacó, e no céu desfruta da companhia de seu filho e de seu neto, enquanto Jacó desfruta da companhia de seu pai e de seu avô.

3. Jesus e os discípulos

Jesus disse a seus discípulos: “Não beberei deste fruto da vide até aquele dia em que o beba novo de modo novo no reino de meu Pai convosco” (Mateus 26:29).

Os onze, que partilharam a Última Ceia com Jesus na terra, comerão e beberão com ele no céu. Pedro, Tiago, João e os outros serão nomeados e conhecidos no céu tão claramente quanto foram nomeados e conhecidos na terra.

4. Moisés e Elias

Quando a glória de Jesus foi revelada na transfiguração, nos é dito que “Moisés e Elias lhes apareceram, falando com ele” (Mateus 17:3).

Isso é fascinante porque quando Moisés e Elias apareceram, eles não tinham o corpo da ressurreição. Eles eram almas tornadas visíveis como os anjos foram tornados visíveis aos pastores, e como as almas sob o altar foram tornadas visíveis a João (Ap 6:9). 

Embora ainda estivessem esperando para serem revestidos com o corpo da ressurreição, Moisés e Elias eram conhecidos. Eles não só eram reconhecíveis, mas eram capazes de conversar. 

Isso nos diz muito sobre a alegria consciente de comunhão que os crentes compartilham imediatamente após a morte na presença do Senhor.

5. As almas reunidas no céu

O escritor aos Hebreus fala dos “espíritos dos justos aperfeiçoados”, isto é, das almas dos crentes na presença de Jesus. 

Essas almas, ele nos diz, estão reunidas na “assembleia dos primogênitos” (Hebreus 12:23)

Agora mesmo, no céu, os espíritos dos justos aperfeiçoados estão reunidos. Reunido significa comunidade, e comunidade significa relacionamento.

6. Paulo e os Tessalonicenses

Paulo deixa claro que os crentes que ele amou na terra serão sua alegria no céu. 

“Pois quem é a nossa esperança ou alegria ou coroa de glória na presença de nosso Senhor Jesus em sua vinda? Não é você?” (1 Tessalonicenses 2:19). 

Dessa forma, quando Paulo diz isso, ele claramente antecipa que os relacionamentos na terra continuarão no céu.

7. O reencontro de entes queridos crentes

Quando Paulo escreve aos crentes que choram a perda de um ente querido, ele lhes oferece este conforto: “Nós, ainda vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares” (1 Tessalonicenses 4:17).

“Eles” refere-se aos entes queridos crentes que estão agora na presença do Senhor. 

Uma esposa que sofre a perda de seu marido crente tem o consolo de saber que quando o Senhor vier, ela encontrará seu marido novamente. 

Filhos e filhas que choram a perda de um pai ou mãe crente podem encontrar consolo na perspectiva desse feliz reencontro, quando nos reunirmos com aqueles que nos precederam na presença do Senhor.

Isso é mais do que suficiente para resolver o problema para mim, e espero que seja para você também. Os cristãos que se conhecem e se amam na terra conhecerão e se amarão no céu.

Como você viu, para a pergunta: Vamos nos reconhecer no céu? A resposta é: Sim!

Botão Voltar ao topo