Contentamento – Pregação e Estudo

Esboço de pregação e estudo em Filipenses 4:10-13 sobre Contentamento. Posso todas as coisas em Cristo

Tema da pregação: Contentamento

Quer pregar um tema poderoso ou dar um estudo edificante? Então aqui está um esboço de pregação apropriado.

Texto do Sermão: Filipenses 4:10-13

“Ora, muito me regozijei no Senhor por finalmente reviver a vossa lembrança de mim; pois já vos tínheis lembrado, mas não tínheis tido oportunidade. Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.

Introdução do Sermão

Neste sermão, gostaria de falar sobre o problema do contentamento, ou o pecado do descontentamento talvez seja um título melhor para a mensagem.

Vivemos em um mundo em mudança. Um homem escreveu um livro intitulado “Quem trocou as etiquetas de preço?”. É mais ou menos assim hoje. Coisas que eram valiosas e procuradas uma vez não são mais consideradas importantes.

Como os valores da sociedade estão mudando como as areias de um deserto, as pessoas estão ficando cada vez mais descontentes. As pessoas estão descontentes com seus empregos, e os empregadores estão descontentes com seus trabalhadores. Maridos e esposas descontentes um com o outro.

As famílias são destruídas porque os pais estão descontentes com os filhos e os filhos sentem o mesmo em relação aos pais.

É verdade no mundo dos negócios, política, esportes e, talvez a maior tragédia de todas, é verdade entre os cristãos!

I. O que o contentamento não é.

A. Não é complacência.

Para ser complacente, a pessoa está satisfeita consigo mesma.

Carrega a ideia de não se importar mais com o que acontece.

Renunciar ou desistir da vida.

B. Não é o atributo natural do homem pecador.

Preste atenção no verso 11 que diz: “…porque aprendi, em qualquer estado que eu esteja, com isso estar contente.”

O contentamento é algo que devemos aprender.

Aprendemos pela prática e sabemos pela experiência.

C. Não é ter tudo o que achamos que podemos gostar.

Tolamente, eu costumava pensar que enquanto eu tivesse um emprego que me desse dinheiro suficiente para comprar as coisas que eu queria, então eu estaria contente.

Veja o que diz em Eclesiastes 2:10-11

“E tudo o que os meus olhos desejaram eu não retive deles, não retive o meu coração de nenhuma alegria, porque o meu coração se alegrou em todo o meu trabalho; e esta foi a minha parte de todo o meu trabalho. Então olhei para todas as obras que as minhas mãos fiz, e no trabalho que trabalhei para fazer; e eis que tudo era vaidade e aflição de espírito, e não havia lucro debaixo do sol”.

Salomão aprendeu pela prática e sabia por experiência que satisfação e contentamento não podem ser encontrados nas coisas.

Veja Eclesiastes 5:10 que diz:

“Aquele que ama a prata não se fartará de prata; nem o que ama a abundância com abundância: isso também é vaidade.”

Perguntaram a John D. Rockefellar quanto dinheiro era necessário para fazer um homem feliz. Sua resposta, “Só um pouco mais.”

Davi advertiu no Salmo 62:10, “…Se as riquezas aumentam, não ponha seu coração nelas.”

Uma criada fez a declaração: “Ah, se eu tivesse cinco dólares, não ficaria contente?” Ao ouvi-la, o dono da casa deu-lhe uma nota nova de cinco dólares e, enquanto se afastava, ouviu-a dizer: “Ah, por que não pedi dez?”

II. O que é contentamento.

Resposta: Está mudando a fonte de nosso contentamento de fora para dentro.

Paulo disse: “…em qualquer estado que eu esteja”

Em Colossenses 3:2: “Coloque suas afeições nas coisas de cima, não nas coisas da terra.”

B. Não é o resultado de ter grande riqueza, mas de ter poucos desejos.

Um homem mais velho e mais sábio viu um jovem carregar uma coisa atrás da outra para a casa ao lado.

Cada item era novo e mais moderno.

O velho senhor disse ao jovem que se descobrisse que havia alguma coisa que ele não tinha, mas achasse que precisava, apenas o avisasse, e ele o ensinaria a passar sem isso.

Pessoas satisfeitas estão satisfeitas com sua sorte na vida, enquanto outras querem muito mais!

Paulo disse: “Mas o meu Deus suprirá todas as vossas necessidades segundo as suas riquezas em glória por Cristo Jesus.” Filipenses 4:19

Contentamento não é ter tudo o que queremos, mas é aproveitar tudo o que temos.

III. Como Podemos Ser Contentes?

A. O Exemplo de Paulo. (Filipenses 4:10-13)

Alegrai-vos no Senhor!

  • Pela maneira que esta igreja estava cuidando dele.
  • Não era uma questão de Paulo querer.

Ele aprendeu o contentamento!

  • Se era abundante ou estava sendo humilhado.
  • Se ele estava cheio ou estava com fome.
  • Se ele estava sofrendo uma necessidade ou tendo suas necessidades atendidas.

O poder de Jesus Cristo foi suficiente para fortalecê-lo em todas as coisas.

  • Este versículo foi usado fora de contexto como uma espécie de fórmula mágica para fazer o impossível.
  • No entanto, Paulo estava falando sobre lidar com contentamento.
  • Jesus Cristo é capaz de nos deixar contentes, independentemente das nossas circunstâncias!

B. Devemos centrar nossas vidas em torno de Jesus Cristo.

“Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” 1 Ts 5:18

A Palavra de Deus nos instrui a estarmos contentes… em todas as coisas.

C. Nunca devemos nos contentar…

  • Com nosso conhecimento da Palavra de Deus.
  • Com nosso serviço ao Senhor.
  • Com o tempo que passamos em oração.
  • Com o número de pessoas que estamos alcançando com o Evangelho.

Conclusão deste sermão em Filipenses 4 sobre contentamento

Você está contente hoje? Se você não conhece a Cristo como seu Salvador, você nunca conhecerá o verdadeiro contentamento.

A Palavra de Deus tem a resposta para o pecado do descontentamento: confissão, arrependimento e perdão.

Se você gostou desta pregação em Filipenses 4, então veja mais esboços de pregação aqui.

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.
Botão Voltar ao topo