O Reino Soberano de Deus

Esboço de pregação temática sobre a soberania de Deus. Sermão em Deuteronômio 10:17 com o tema: O Reino Soberano de Deus.

Tema: O Reino Soberano de Deus

Texto do sermão: Deuteronômio 10:17 -NVI

“Pois o Senhor, o seu Deus, é o Deus dos deuses e o Soberano dos soberanos, o grande Deus, poderoso e temível, que não age com parcialidade nem aceita suborno.”

INTRODUÇÃO:

1. Vivemos tempos de grande incerteza…

  • Turbulência em lugares no exterior
  • Terrorismo em lugares em casa

2. É fácil ficar cheio de ansiedade…

  • O que o futuro guarda?
  • As coisas vão melhorar ou só piorar?

3. Que atitude deve ter o cristão em tempos como estes…?

  • Devemos temer o futuro?
  • Devemos nos preocupar com o nosso bem-estar?

A resposta pode ser encontrada em lembrar que Deus está no controle. Mas Ele é mesmo? Mesmo em tempos de incerteza e ansiedade? Pode ajudar a entender revisando “O Governo Soberano de Deus”

I. A SOBERANIA DE DEUS NO ANTIGO TESTAMENTO

A) DECLARADO PELOS PROFETAS…

1. Isaías

  • Deus profetizou que os medos derrubariam a Babilônia – Is 13:17-20
  • Descreveu as nações como “ferramentas” nas mãos de Deus – Is 10:5-15
  • Proclamou o julgamento de Deus sobre nações como…
    • Babilônia – Is 13-14
    • Assíria e Filístia – Is 14
    • Moabe – Is 15-16
    • Damasco – Is 17
    • Etiópia e Cush – Is 18
    • Egito – Is 19
    • Edom e Arábia – Is 21
    • Jerusalém – Is 22
    • Tiro – Is 23

Todos esses julgamentos se cumpriram conforme profetizado; verificando a existência e soberania de Deus – Isaías 46:8-11

2. Daniel

  • Quando Deus revelou o sonho de Nabucodonosor e sua interpretação, veio a realização do governo soberano de Deus – Dn 2:19-21
  • Profetizou a ascensão e queda dos impérios babilônico, medo persa, grego e romano – Dn 2:36-40
  • Explicou que o sonho de Nabucodonosor de uma grande árvore e seu cumprimento era impressioná-lo com a soberania de Deus – Dn 4:19-26, 34-37

B) A BASE SOBRE A QUAL DEUS GOVERNOU TAIS NAÇÕES…

1. Implícito em Provérbios 14:34

  • Uma nação justa é exaltada, mas uma nação pecadora é desonrada
  • Esta distinção baseada na justiça apoiada em Jr 18:7-10

2. Algumas ilustrações deste princípio

  • Babilônia, para ser punida por seu mau tratamento de seus súditos – Is 10:1-4
  • Outras nações pagãs, listadas por Amós – Am 1:3-2:3
  • Da mesma forma Judá e Israel – Am 2:4-8

A soberania de Deus sobre as nações nos tempos do Antigo Testamento foi claramente manifestada. Mas e hoje…?

II. A SOBERANIA DE CRISTO NO NOVO TESTAMENTO

A) PROCLAMADO NA PROFECIA MESSIÂNICA…

1. Pertencente ao reinado do Messias – Is 9:6-7

  • O governo estará em Seu ombro
  • Não haverá fim para o aumento de Seu governo

2. Sobre o reino eterno de Deus – Dn 2:44

  • Estabelecido nos dias do quarto reino, o império romano
  • Um reino que nunca será destruído – Lc 1:31-33
  • Um reino que quebrará em pedaços e consumirá todos os reinos

Tais profecias indicam que a soberania de Deus continuaria na pessoa de Seu Filho, Jesus Cristo!

B) PROFESSADO POR JESUS ​​E SEUS APÓSTOLOS…

1. Depois de Sua ressurreição, Jesus reivindicou toda a autoridade – Mt 28:18

2. Seus apóstolos ensinaram que Jesus tinha toda autoridade

  • Ele é o cabeça sobre todas as coisas – EF 1:20-22
  • Todos foram sujeitos a Ele – 1 Pe 1:22
  • Ele é o governante dos reis dos reis da terra – Ap 1:5
  • Ele reinará até que volte – 1 Co 15:24-26

A soberania antes exercida pelo Pai agora está sendo exercida pelo Filho!

C) O QUE ISSO SIGNIFICA PARA O CRISTÃO…

1. Jesus é verdadeiramente Senhor dos senhores e Rei dos reis! – 1 Timóteo 6:15; Ap 17:14; 19:16

2. Nenhum governo existe sem Sua aprovação – Rm 13:1-2

3. O que acontece nos assuntos governamentais é uma questão de Sua preocupação

  • Ele governa as nações com cetro de ferro – Ap 2:26-27
  • Ele leva as nações a julgamento, especialmente aquelas que se opõem a Ele (o tema do Apocalipse, Ap 17:14)
  • Assim como Seu Pai, o Filho tem vários meios à Sua disposição para julgar as nações (guerra, fome, pestilência) – Ap 6:1-8
  • Não se esqueça, tal julgamento pode envolver o uso de uma nação perversa contra outra!

4. A melhor coisa que um cristão pode fazer pelo bem-estar de seu país:

  • Espalhe o evangelho
  • Ore fervorosamente – 1 Ti 2:1-3; Lc 18:7-8
  • Lembre-se que nossa verdadeira força está no Senhor

CONCLUSÃO deste sermão sobre a soberania de Deus

1. Não precisamos olhar para o futuro com ansiedade…

  • Pois quem está no controle é nosso Senhor e Salvador, Jesus
  • Se buscarmos primeiro o Seu reino e a sua justiça, nossas necessidades serão supridas – Mt 6:33

2. Mesmo se perseguidos, ainda podemos nos alegrar…

  • Pois o reino dos céus é nosso! – Mt 5:10-12
  • Jesus pode nos ajudar a “enfrentar as tempestades” – Mt 7:24-27

3. Falando da soberania de Cristo…

  • Sua soberania sobre as nações começou quando Ele ressuscitou dos mortos
  • Quando estamos unidos a Ele em Sua ressurreição, podemos desfrutar de Seu governo soberano

Como alguém pode estar unido a Cristo em Sua ressurreição? Ao ser batizado em Sua morte e ressuscitado com Ele para andar em novidade de vida…! – Rm 6:3-11

Se você gostou deste sermão sobre a soberania de Deus, então veja aqui mais sermões impactantes.

Sermão de Executableoutlines.com, usado com permissão.

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo