Por uma causa maior – Efésios 3:14

Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo

Efésios 3:14

INTRODUÇÃO

Aprendemos muito com a vida de Paulo. Como as outras orações do apóstolo na prisão, estas duas súplicas tratam da condição espiritual do ser interior, não das necessidades materiais do corpo.

Sabemos que não é errado orar pedindo que Deus supra necessidades físicas e materiais, mas a ênfase aqui é sobre a vida espiritual.

Paulo sabia que, se o ser interior estiver em ordem, Deus atente as necessidades do ser exterior em seu devido tempo.

A. Prisioneiro de Cristo:

No verso 1 deste capítulo 3 de Éfeso, Paulo diz “Por esta causa eu, Paulo, sou o prisioneiro de Jesus Cristo por vós, os gentios”.

Paulo não era apenas prisioneiro físico. Na verdade, ele estava “preso em Cristo”. Ou seja, algo maior o prendia, o amor. Estar preso em Cristo era um prazer para o apóstolo de Jesus.

B. O menor de todos:

No verso 8, Paulo diz “A mim, o menor de todos os santos…”

Apesar das profundas revelações que Deus lhe deu, Paulo não se exalta. Pelo contrário, ele demonstra humildade a se considerar o menor.

C. Encorajador:

Mesmo preso, Paulo encoraja os irmãos: “Portanto, vos peço que não desfaleçais nas minhas tribulações por vós, pois nisso está a vossa glória.” (Ef 3:13).

Em outra palavras, ele estava dizendo “não se deixem desencorajar com todos estes sofrimentos que passo aqui. Tudo isto é afinal em vosso benefício; devem até sentir-se honrados por isso mesmo.”

Aquele que precisava ser consolado, consola. O que precisava ser encorajado, encoraja. Paulo tem mais para dar do que receber. Ele não se faz de vítima, mas entende o propósito de Deus.

E qual era seu propósito? Paulo tinha uma causa maior. E por esta causa, ele ora. Vamos extrair algumas lições disso:

I. A CAUSA DE PAULO, ERA A CAUSA DE DEUS

A. Recebeu de Deus

“…me foi dada esta graça de pregar aos gentios o evangelho das insondáveis riquezas de Cristo”. (Efésios 3:8)

Para Paulo, tinha uma grande importância, porque ele recebeu de Deus o ministério. O Senhor o escolheu e lhe deu o chamado.

B. Quando a causa é de Deus?

Se você recebeu de Deus, então é uma causa divina. Não somente um ministério na igreja, mas aquilo que Deus nos confia, é espiritual.

Sua família, seu trabalho, seu ministério, ou até sua empresa. Se Deus te deu para um propósito maior, então creia que você pode lutar por esta causa.

Pode ter pastores que Deus não deu o ministério e empresários que Deus deu a empresa. Pelejar por uma causa de Deus é ter algo consagrado a Ele, para um propósito Dele.

Você foi chamado para pastorear, liderar, cuidar da família, ensinar, fazer a diferença no trabalho, abençoar pessoas com sua empresa… Faça tudo para glória de Deus.

II. A CAUSA DE PAULO O LEVOU A ORAR DE JOELHOS

A. Reverência diante de Deus

A postura inicialmente notável de Paulo é o seu ato de se colocar de joelhos. Uma experiência que certamente foi peculiar para o soldado romano ao qual estava acorrentado. Não há, na Bíblia, uma ordem específica quanto à postura a adotar durante a oração.

O mais importante não é dobrar os joelhos literalmente, mas sim prostrar o coração e a vontade diante do Senhor, pedindo que Ele supra nossas necessidades.

B. Sacrifício pela causa de Cristo

Pela causa de Deus, Paulo se sacrificava. Ele orava de joelhos pelos crentes de Éfeso desejando o fortalecimento e crescimento espiritual no conhecimento de Cristo.

para que, segundo a riqueza da sua glória, vos conceda que sejais fortalecidos com poder, mediante o seu Espírito no homem interior; e, assim, habite Cristo no vosso coração, pela fé, estando vós arraigados e alicerçados em amor, a fim de poderdes compreender, com todos os santos, qual é a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais tomados de toda a plenitude de Deus.” (Efésios 3:16-19)

III. A CAUSA MAIOR DEVE SER PRIORIZADA

A. Prioridade na causa de Deus

Filipenses 3:7-8 revela como Paulo priorizava o Senhor Jesus:

Mas o que para mim era lucro, passei a considerar perda, por causa de Cristo.

Mais do que isso, considero tudo como perda, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por cuja causa perdi todas as coisas. Eu as considero como esterco para poder ganhar a Cristo

B. Ana só obteve resposta da oração quando mudou o propósito:

Enquanto ela pedia a Deus um filho para si, nada recebeu, mas quando ela pediu um filho para consagrar ao Senhor, Deus lhe deu.

E fez um voto, dizendo: Senhor dos Exércitos! Se benignamente atentares para a aflição da tua serva, e de mim te lembrares, e da tua serva não te esqueceres, mas à tua serva deres um filho homem, ao Senhor o darei todos os dias da sua vida, e sobre a sua cabeça não passará navalha.

1 Samuel 1:11

C. A viúva de Sarepta foi abençoada quando deu primeiro para o profeta:

Se ela tivesse priorizado sua vida, apenas comeriam a última refeição e morreriam. Mas, ao ouvir a palavra do profeta e priorizar Deus, ela viveu muitos dias.

E Elias lhe disse: Não temas; vai, faze conforme à tua palavra; porém faze dele primeiro para mim um bolo pequeno, e traze-mo aqui; depois farás para ti e para teu filho.
Porque assim diz o Senhor Deus de Israel: A farinha da panela não se acabará, e o azeite da botija não faltará até ao dia em que o Senhor dê chuva sobre a terra.
E ela foi e fez conforme a palavra de Elias; e assim comeu ela, e ele, e a sua casa muitos dias.

1 Reis 17:13-15

CONCLUSÃO desta pregação em Efésios 3:14

Hoje, se você ainda não tem lutado pela causa maior, de Cristo, este é o momento para fazer uma aliança com Deus.

E você que já tem pelejado pela causa do Mestre, continue firme. Deus te fortalece e renova suas forças. e creia que Ele é fiel para te recompensar!

Portas se abrirão em sua vida quando você viver para Deus e não para si. Milagres sobrenaturais podem acontecer quando sua prioridade for o Senhor e não seus interesses pessoais.

Enquanto você cuida das coisas de Deus, Ele cuida das suas. Enquanto você sonha os sonhos de Deus, Ele realiza os seus.

“Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós, a ele seja a glória, na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém!” – Efésios 3:20

Confira mais esboços de pregações por livro bíblico.

André Lourenço

Bacharel em Teologia, Graduado em Gestão da Qualidade e Pós Graduando em Psicologia nas Organizações, André possui mais de 17 anos de experiência na pregação e ensino da Bíblia. É Professor de cursos de Homilética e Hermenêutica. Já escreveu centenas de estudos bíblicos e ministra aulas na EBD. Se considera um eterno aprendiz e apaixonado por Compartilhar a Palavra de Deus!

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo