Pronto até Morrer por Cristo!

Sermão Expositivo em Atos 21:13 com o tema: Pronto até Morrer por Cristo! Esboço de pregação expositiva baseado no texto de Atos 21 e contexto dos capítulos 20.

TEMA: Pronto até Morrer por Cristo!

TEXTO: ATOS 21:13

“Mas Paulo respondeu: Que fazeis vós, chorando e magoando-me o coração? Porque eu estou pronto não só a ser ligado, mas ainda a morrer em Jerusalém pelo nome do Senhor Jesus”.

INTRODUÇÃO:

O contexto dessa passagem mostra que Paulo estava firme em seu propósito de ir até o fim em prol do evangelho.

Lembrando que Paulo não duvidou do que o profeta Ágabo disse ao alertá-lo do que esperava em Jerusalém, mas isso não o impediu de continuar sua missão.

Paulo declara não estar pronto somente para ser preso, mas até morrer pelo nome de Jesus.

Por que ele pode dizer isso? De onde vinha sua força?

Será que estamos prontos assim como Paulo?

Veremos, portanto, baseado nessa passagem, 3 características de Paulo que o capacitava para estar pronto:

I- SERVIR COM HUMILDADE (ATOS 20:19)

Servindo ao Senhor com toda a humildade, e com muitas lágrimas e tentações, que pelas ciladas dos judeus me sobrevieram”.

A) Jesus foi o maior exemplo de humildade (Filipenses 2:5-8)

5. De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, 6. Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, 7. Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; 8. E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz”.

Só quem serve com humildade como Cristo pode estar pronto para enfrentar o que for e ser vitorioso.

A segunda característica de Paulo que o capacitava para estar pronto é:

II- ANDAR EM COMUNHÃO COM O ESPÍRITO SANTO (ATOS 20: 23)

“Senão o que o Espírito Santo de cidade em cidade me revela, dizendo que me esperam prisões e tribulações”.

A) Comunhão constante

“…de cidade em cidade…”

Paulo estava dizendo que de cidade em cidade, ou seja, de forma constante e em todo lugar, o Espírito Santo estava com ele comunicando algo.

B) Comunhão íntima

“me revela, dizendo que me esperam prisões e tribulações”.

Perceba que o Espírito Santo já avisava Paulo do que estava para acontecer, por isso, quando Ágabo fala para Paulo, estava sendo confirmado e, portanto o apóstolo entende não como um impedimento, mas um aviso.

Para estarmos prontos, precisamos ter uma comunhão constante e íntima com o Espírito Santo.

A terceira característica de Paulo que o capacitava para estar pronto é:

III- VALORIZAR O QUE RECEBEU DO SENHOR (ATOS 20:24)

“Mas em nada tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus”.

A) A vontade de Deus estava acima das suas

“Mas em nada tenho a minha vida por preciosa”.

B) Cumpria com alegria o Ministério

“…cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério…”

C) Tinha convicção de que Recebeu do Senhor

“…que recebi do Senhor Jesus…”

Paulo tinha essa convicção de que não recebeu de homem, mas do próprio Senhor Jesus o ministério.

Por isso nada o parava e cumpria com alegria sua carreira.

CONCLUSÃO

Paulo disse: “Mas Paulo respondeu: “…estou pronto não só a ser ligado, mas ainda a morrer em Jerusalém pelo nome do Senhor Jesus”.

Mas, ele pode dizer isso porque sua força estava no seu relacionamento com Deus e da forma como andava diante Dele:

I- Servindo com Humildade;

II- Andando em Comunhão com o Espírito Santo;

III- Valorizando o que recebeu do senhor.

Se andarmos dessa forma, poderemos afirmar como Paulo: Estou pronto!

curso junior trovao-arrebatamento-biblioteca-pregador

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.