Provérbios 3:7 Esboço de Sermão Textual

Esse é um Esboço de Sermão Textual de Provérbios 3:7 com o Tema Não sejas sábio ao teus próprios olhos.

TEMA: NÃO SEJAS SÁBIO AOS TEUS PRÓPRIOS OLHOS

TEXTO: PROVÉRBIOS 3:7

Não sejas sábio a teus próprios olhos; teme ao Senhor e aparta-te do mal.

INTRODUÇÃO DO SERMÃO

A Natureza humana é sempre inclinada a procurar a satisfação própria.

Queremos muitas vezes ser elogiados e notados publicamente.

Será que buscando ser sábios aos nossos próprios olhos, podemos agradar a Deus e fazer sua vontade?

Vamos ver então os conselhos de Deus para nossa vida sobre isso.

I – NÃO SEJAS SÁBIO A TEUS PRÓPRIOS OLHOS – (Provérbios 3:7)

A) – Orgulho e presunções.

  1. Faraó – (Ex 5:4-5; 8:15, 19, 32; 9:12, 35).
  2. Nabucodonozor – (Dn 4:30).

B) – A nossa sabedoria é carnal, inclinada ao mal e a justiça própria. (Rm 3:11-12; Is 64:6).

C) – A língua é enganosa. ( Rm 3:13; Sl 5:9; Tg 3:8).

II – TEME AO SENHOR – (Provérbios 3:7)

A) – O exemplo do justo Cornélio. (Atos 10).

B) – O dever e a necessidade atual. (Ap 14:7; Ec 12:13).

III – APARTA-TE DO MAL – (Provérbios 3:7)

A) – Frutos dignos de arrependimento. (Mt 3:8).

B) – Como Deus considera os que não se apartam do mal. (Jr 6:11-15).

C) – O conselho de Deus. (Pv 1:30-31).

CONCLUSÃO

Para agradar a Deus e fazer sua vontade, não sejas sábio a teus próprios olhos, mas teme ao Senhor e aparta-te do mal.

Devemos ser sábios aos olhos de Deus.

Banner blog - biblioteca do pregador

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.