Quem foi Neemias e por que ele é importante na Bíblia?

O nome Neemias significa que Deus consola. Antes mesmo de começarmos a ler o livro de Neemias, o nome revela que as palavras trarão conforto. Neemias oferece esperança e muito mais. Este livro nos orienta sobre como superar problemas e confiar em Deus enquanto mostra a vida de oração, liderança e fidelidade de Neemias.

O livro começa com notícias da terrível condição do muro que cerca Jerusalém, a cidade de Deus. No entanto, Neemias está longe de Jerusalém. Servo de um rei estrangeiro na Pérsia em 444 aC. Ele ora fervorosamente e continuamente. Ele não é um líder espiritual ou profeta. Seu jejum e oração desencadeiam mudanças. Ele acaba sendo o governador de Jerusalém e supervisiona os reparos. 

Através do processo de restauração e dedicação do muro, encontramos muitas lições de Neemias sobre oração, liderança, superação de inimigos, restauração de corações, integridade e santidade.

1. Homem que Compreendeu a Importância do Chamado

A reparação do muro e a reconquista do povo é a última história registrada no Antigo Testamento. 

Um remanescente dos israelitas havia retornado 70 anos antes e reconstruído o templo. Mas sem muros, a cidade permanecia vulnerável a ataques. 

As pessoas que viviam em uma cidade sem um muro sólido permaneciam indefesas e humilhadas. A reconstrução dos muros sinalizava a benção de Deus para o povo. Além disso, um bom muro também dava às pessoas uma sensação de segurança e comunidade.

Neemias chorou quando ouviu a notícia do muro caído e dos portões queimados. Ele sabia que a falta de reparo do muro mostrava que as pessoas temiam os homens e não a Deus. 

Após receber as más notícias, Neemias sentiu seu chamado, um desafio para trazer mudanças que glorificassem a Deus. 

Considere, portanto, como Deus está chamando você para fazer a diferença e esteja disposto a aceitar o desafio.

2. Homem de oração

Neemias nos mostrou como orar a Deus e ouvir suas respostas. No capítulo 1 ele passou muito tempo em oração e jejum. 

Na sua oração, ele glorificou a Deus listando os atributos do Senhor, confessou os pecados do povo e confiou nas promessas de Deus. Além disso, ele pediu sucesso diante do rei Artaxerxes. Uma vez que o rei perguntou o que o fazia parecer triste, Neemias fez uma oração rápida antes de responder.

No capítulo 2, Deus colocou um plano no coração de Neemias (v12), e ele disse ao povo que a mão de Deus havia sido favorável a ele (v18). 

Isso trouxe resultados, pois as pessoas começaram a trabalhar e concluíram o trabalho em 52 dias. Suas orações continuaram ao longo do livro e refletiram sua obediência e relacionamento com Deus. 

Como Neemias, podemos abrir nosso coração em oração, observar as bênçãos que mostram o favor de Deus sobre nós.

3. Paciente e esperançoso

Neemias mostrou paciência. Ele orou por quatro meses antes de Deus responder sua primeira oração (1:1,2:1). 

Antes de divulgar seu plano ao povo, ele esperou o tempo certo. Pacientemente continuou lembrando as pessoas para confiar em Deus que lutaria por elas e as ajudaria. Ele exemplifica Isaías 40:31 que aqueles que esperam no Senhor renovarão suas forças.

Neemias acreditava que Deus o usaria para reconstruir o muro. Ele nunca tentou atacar seus inimigos, mas confiou que Deus lidaria com eles (6:14). 

Em nosso mundo de entregas rápidas e instantâneas, devemos desacelerar e esperar o tempo de Deus.

Neemias reconheceu as bênçãos e o favor de Deus (2:8, 18) e compartilhou as notícias com as pessoas para lhes dar esperança. 

Assim como Neemias, trazemos esperança quando compartilhamos como Deus tem trabalhado em nossas vidas.

4. Planejador Preparado

Neemias agiu com sabedoria. Quando o rei perguntou como poderia ajudar, ele contou que queria ir a Jerusalém e listou as cartas que precisava ao longo da viagem. Ele pegou as cartas assinadas pelo rei e os suprimentos ao longo da viagem. Ele chegou a Jerusalém equipado para a obra. 

“E de noite me levantei, eu e poucos homens comigo, e não declarei a ninguém o que o meu Deus me pôs no coração para fazer em Jerusalém.” (Ne 2:12)

Uma vez em Jerusalém, Neemias esperou três dias sem anunciar sua presença ou o motivo de sua vinda. Ele então inspecionou secretamente os danos à noite. O plano incluía trabalho em equipe, persistência e cooperação, além de confiança em Deus. 

Devemos ter tempo para fazer planos cuidadosos e ouvir a orientação de Deus.

5. Grande líder que inspirou os trabalhadores

Neemias falou a todas as pessoas e as inspirou a trabalhar. Ele compartilhou o favor que o rei deu e como a mão de Deus esteve com ele. Então, o povo se motivou. Eles responderam indo trabalhar imediatamente. 

Neemias os dividiu em equipes de famílias para trabalhar nas várias seções do muro. Além disso, ele também estava preparado em espírito de oração quando a oposição externa começou.

Neemias trabalhou para o rei Artaxerxes tempo suficiente para adquirir sabedoria sobre liderança. Ele estabeleceu uma meta de reconstrução e conseguiu. 

Ele organizava os trabalhadores, delegava o trabalho, administrava e enfrentava qualquer desafio. E também alimentava 150 judeus e oficiais diariamente.

Um grande líder também é um servo e entende as pessoas que lidera. Assim como Neemias motivava declarando que eles estavam fazendo um grande trabalho, um bom líder deve encorajar sua equipe.

6. Nenhum obstáculo impediu seu trabalho

Cada vez que os inimigos os intimidavam, Neemias orava. Ele afirmou que Deus lutaria por eles. Os principais inimigos viviam ao redor da cidade e não queriam que a muralha fosse reconstruída.

Os inimigos tentaram várias táticas, mas Neemias permaneceu firme. Eles ridicularizaram e intimidaram (4:1-6), mas Neemias orou e os ignorou. Dessa forma, o trabalho continuou.

Inimigos ameaçaram atacar, então o povo orou e montou guardas (4:8-15). Neemias lembrou ao povo que confiasse em Deus e juntou os trabalhadores para que um trabalhasse enquanto o outro ficasse armado para lutar. Neemias também usou um toque de trombeta, para que eles pudessem se reunir e confiar em Deus para lutar por eles (4:16-23).

Os inimigos tentaram fazer com que Neemias transigisse, atraindo-o para fora da cidade, onde poderiam prejudicá-lo, e depois tentaram comprometer sua fé. No entanto, Neemias percebeu seus planos e recusou as reuniões. Ele afirmou que estava fazendo uma grande obra (6:2-4).

Em seguida, os inimigos tentaram caluniar e envergonhar Neemias com um relatório que enviariam ao rei. Neemias respondeu que eles haviam inventado coisas e então orou a Deus pedindo forças. Ele se recusou a se reunir no templo porque não era digno de ir lá. Ele não era um sacerdote (6:5-12).

Neemias venceu toda a oposição e o povo reconstruiu o muro que estava em ruínas por 70 anos, em 52 dias. 

Assim como esse servo de Deus, devemos olhar para os obstáculos como desafios para seguir em frente e confiar em Deus.

7. Homem de integridade

Neemias permaneceu um homem íntegro. Ele trabalhou discretamente para o rei Artaxerxes como copeiro. Isso significava provar cada bebida para ter certeza de que não tinha veneno. Neemias estava preparado para morrer pelo rei e ainda assim reconheceu Deus como soberano. Ele mostrou respeito pelo rei terreno quando fez seus pedidos respeitosamente.

Ele nunca cedeu ao medo. Sempre obedeceu a Deus. E humildemente permaneceu o líder secular e fez com que os sacerdotes lessem a Palavra. Ele ficou com os sacerdotes e escribas e o povo para ouvir a leitura da lei e depois a oração de confissão do povo.

Seu nome estava no documento selado da Aliança (10:1). Ele orientou os líderes e o coro a irem para o topo do muro. Ele se juntou aos líderes, coro e povo para desfilar no muro. E ficou na Casa de Deus para a dedicação do muro e celebração (12:27-43).

Neemias manteve sua promessa de retornar ao rei Artaxerxes e depois voltou para Jerusalém (13:6). 

Quando ele descobriu que alguns líderes haviam deixado um inimigo maligno ter um quarto nas cortes do Senhor, Neemias os expulsou e restaurou os obreiros na casa de Deus. 

Ele também impediu que as pessoas trabalhassem no sábado e recomendou aos levitas que se purificassem e cumprissem seus deveres (13:8-22, 30). Ele purificou o povo de acordo com as leis de Deus. Além disso, ele prestou atenção em suas ações e se concentrou em agradar a Deus.

Nós também devemos viver uma vida de integridade e isso acontece quando permanecemos conectados a Deus.

8. Corações e relacionamentos restaurados desejados

Neemias reuniu o povo quando ouviu falar de luta interna (5:1-13). Ele repreendeu o povo por não andar no temor de Deus (5:9) e tirar vantagem de seu próprio povo. Ele estabeleceu novas regras e resolveu as questões. Então o povo respondeu e louvou a Deus (5:13).

A preocupação de Neemias com o povo mostra-se na oração de abertura do capítulo 1. Ele declara: “…nos corrompemos contra ti, e não guardamos os mandamentos, nem os estatutos, nem os juízos, que ordenaste a Moisés, teu servo.” (1:7). 

Nessa oração, ele pediu a restauração da nação de Israel e que Deus cumprisse a promessa de trazer os israelitas de volta a Jerusalém, se eles voltassem para Deus.

Depois de acabar o muro, Neemias trabalhou com Esdras, o sacerdote, para reconectar o povo com Deus. 

Nossas orações devem incluir nosso desejo de permanecer perto de Deus e ajudar a construir relacionamentos saudáveis.

9. Levou as pessoas a assumirem um novo compromisso com Deus

Neemias afirmou que Deus colocou um plano em seu coração para reunir o povo em famílias e isso levou Esdras, o sacerdote, a ler em voz alta a Lei de Moisés (7:5). O povo chorou ao ouvir, mas Neemias disse-lhes para se alegrarem e lembrou-lhes que Deus é a sua força (8:9).

Como líder, Neemias olhou para o bem-estar de seu povo e não apenas para a condição da cidade. 

Reunir pessoas por grupos familiares nos lembra que as famílias são a espinha dorsal de uma nação. Neemias fez com que as famílias trabalhassem juntas na parede e depois se reunissem para ouvir a leitura da Palavra de Deus.

Deus está sempre feliz em nos fazer voltar para ele e recomeçar nossas vidas. Sendo assim, devemos compartilhar nossa fé e encorajar nossos familiares a serem fiéis a Deus.

10. Totalmente focado em Deus

Ao longo do livro, vemos um homem totalmente focado em Deus. Seu exemplo brilha através dos tempos para nos inspirar a seguir a Deus de perto. Ele nunca tomou crédito para si mesmo, mas deu a glória a Deus. 

A vida de oração de Neemias refletia um crente que confiava em Deus. Quando eles completaram o muro, ele declarou que as nações vizinhas reconheceram que Deus os havia ajudado (6:15-16). 

Várias vezes Neemias pediu a Deus que se lembrasse dele para sempre. Não só isso, mas ele desejava agradar a Deus e voluntariamente queria que Deus o observasse e estivesse com ele.

Neemias compreendeu as consequências tanto da santidade quanto do afastamento de Deus. Quando ele repreendeu o povo por profanar o sábado, ele também os lembrou de que seus problemas vinham de não serem santos (13:17-18).

O apelo para ser lembrado para sempre é refletido nas palavras de Jesus a respeito dos servos que sabiamente usaram os talentos que lhes foram dados (Mateus 25) que declaram “Muito bem servo bom e fiel”. 

Vamos então seguir o exemplo de Neemias e viver uma vida digna do louvor de Deus.

Autora Karen Whiting, adaptado por Biblioteca do Pregador.

Botão Voltar ao topo