Salmo 24:7 Significado de “Levantai, ó portas, as vossas cabeças”

Salmo 24:7 – ACF (Almeida Corrigida Fiel)

“Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória.”

Traduções Bíblicas do Salmo 24:7

Salmo 24:7 – ARA (Almeida Revista e Atualizada)

“Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó portais eternos, para que entre o Rei da Glória!”

Salmo 24:7 – NVI (Nova Versão Internacional)

“Levantem-se, ó portais eternos, e que o Rei da Glória entre!”

NTLHSalmo 24:7 (Nova Tradução na Linguagem de Hoje)

“Levantem as cabeças, ó portais eternos, para que o Rei da Glória entre!”

Explicação e Comentário do Salmo 24:7

O Salmo 24 é um salmo de adoração que descreve a grandeza de Deus e o seu poder como o Rei da Glória. O versículo 7 é uma convocação para que as portas se abram e o Rei da Glória possa entrar.

A palavra “portas” ou “portais” se refere às entradas da cidade, onde a presença do Rei seria anunciada e aclamada pelo povo. O verso faz um chamado às portas e entradas eternas, ou seja, as portas que sempre existiram e sempre existirão, indicando a magnitude e a importância desse momento.

Essa convocação é uma forma de expressar a grandiosidade e a majestade de Deus. É como se o salmista estivesse dizendo: “preparai-vos, abram caminho para o Rei da Glória entrar e tomar o seu lugar devido”.

O versículo 7 também pode se interpretar como um convite para que Deus entre em nossas vidas, em nossos corações e em nossas mentes, como o Rei da Glória, trazendo sua paz, sua sabedoria e sua graça.

Em resumo, o Salmo 24:7 é uma expressão de adoração e convocação para que as portas se abram e Deus possa entrar e tomar seu lugar devido, seja na cidade ou em nossas vidas. É um lembrete do poder e da grandeza de Deus e de sua capacidade de transformar nossas vidas e nosso mundo.

Interpretando as partes chaves do versículo 7 do Salmo 24:

“Levantai, ó portas, as vossas cabeças”

A primeira parte do verso é uma convocação para que as portas se levantem, como se fossem cabeças que se erguem em honra e respeito ao Rei da Glória.

Isso sugere que as portas devem ser elevadas e não olhar para baixo, como se estivessem humilhadas.

“Levantai-vos, ó entradas eternas”

Em seguida, há uma chamada para as “entradas eternas”, aquelas que sempre existiram e sempre existirão.

Essa convocação implica que o momento que está prestes a acontecer é de grande importância e que a entrada do Rei da Glória deve se anunciar de maneira grandiosa e perene.

“E entrará o Rei da Glória”

Finalmente, a última parte do verso é a afirmação do motivo pelo qual as portas devem se abrir: para que o Rei da Glória possa entrar.

A expressão “Rei da Glória” é uma forma de referência a Deus, que é a fonte de toda a glória e majestade. Essa afirmação também sugere que Deus é digno de honra e respeito e que a sua entrada deve ser celebrada.

Comentários sobre o que Significa o Salmo 24:7

comentários bíblicos sobre o versículo

Comentário Bíblico Wiesber:

“O Salmo 24:7 pode ser visto como uma profecia da ascensão de Jesus Cristo, que é o Rei da glória. Ele entrou nos portões celestiais triunfante após sua ressurreição e ascensão, sendo o único digno de entrar no santuário de Deus.”

Comentário Bíblico John Gill:

“O Salmo 24:7 pode se interpretar como uma referência ao retorno do Senhor à Jerusalém após sua ascensão. A porta simbólica é aberta para permitir que Ele entre como Rei da glória, com todos os anjos e santos ao seu redor.”

Comentário Bíblico Spurgeon:

“O Salmo 24:7 fala da vitória de Cristo sobre seus inimigos e sua entrada triunfal nos portões celestiais. Ele é o Rei da glória que venceu a morte e o pecado, e agora está sentado à direita de Deus Pai, intercedendo por nós.”

Comentário Bíblico Keil & Delitzsch:

“O Salmo 24:7 é uma descrição da entrada triunfal do Senhor dos exércitos em Jerusalém, depois de uma grande vitória. Ele entra pelos portões celestiais como o Rei da glória, vitorioso sobre seus inimigos e trazendo a paz e a salvação para seu povo.”

Comentário Bíblico Barnes:

“O Salmo 24:7 pode ser visto como uma profecia da ascensão de Jesus Cristo, que é o Rei da glória. Ele triunfou sobre a morte e o pecado e entrou nos portões celestiais como nosso grande Sumo Sacerdote, intercedendo por nós diante do Pai.”

Comentário Bíblico Beacon sobre Salmo 24:7:

Segundo o Comentário Bíblico Beacon, o versículo 7 do Salmo 24 representa uma transição na adoração que estava ocorrendo no templo. Depois de perguntarem quem é o Rei da glória, os sacerdotes e levitas abrem as portas para a entrada do Rei.

O comentário destaca que essa passagem tem uma aplicação messiânica, pois se refere ao Rei dos reis, Jesus Cristo, que entrou no templo de Jerusalém para adorar a Deus.

O autor do comentário ressalta que o Rei da glória é o Senhor forte e poderoso, o Senhor dos exércitos, e digno de adoração e exaltação.

Além disso, o autor destaca a importância da obediência e santidade para que possamos entrar na presença do Rei da glória, pois somente aqueles que têm as mãos limpas e o coração puro poderão estar diante do Senhor.

Lições que podemos aprender do significado do Salmo 24:7

O Salmo 24:7 traz diversas lições importantes que podemos aprender e aplicar em nossas vidas. Algumas delas são:

1. A importância de reconhecer o Rei da glória: o salmista nos ensina a perguntar “Quem é este Rei da glória?” e a responder “O Senhor forte e poderoso, o Senhor dos exércitos”. Isso significa reconhecer a grandeza e soberania de Deus e adorá-Lo com todo o nosso ser.

2. A necessidade de ter um coração limpo: o salmista nos diz que apenas aqueles que têm as mãos limpas e o coração puro podem entrar na presença do Rei da glória. Isso significa que precisamos buscar a santidade em nossas vidas e nos arrepender dos nossos pecados para podermos nos achegar a Deus.

3. A importância da obediência: a entrada do Rei da glória no templo requer a abertura das portas, o que implica obediência por parte dos sacerdotes e levitas. Da mesma forma, precisamos ser obedientes à vontade de Deus em nossas vidas para podermos experimentar a Sua presença.

4. A aplicação messiânica do Salmo: a entrada do Rei da glória no templo tem uma aplicação messiânica, pois se refere à entrada de Jesus Cristo na presença de Deus. Isso nos lembra da importância de seguir a Cristo e de reconhecê-Lo como o nosso Senhor e Salvador.

Gostou dos comentários do Salmo 24:7, então veja mais versículos:

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo