Sermão para novo ano: O que há de Novo?

Sermão para novo ano com o tema: O que há de Novo? Esboço de pregação para pregar no início do ano.

TÍTULO: O que há de novo?

TEXTOS deste Sermão para novo ano: Atos 17:21; Eclesiastes 1: 9

“Pois todos os atenienses e estrangeiros residentes de nenhuma outra coisa se ocupavam senão de dizer e ouvir alguma novidade.” (Atos 17:21).

“O que foi, isso é o que há de ser; e o que se fez, isso se tornará a fazer; de modo que nada há novo debaixo do sol.” (Eclesiastes 1:9).

INTRODUÇÃO deste Sermão para novo ano:

Bem-vindo a um Novo Ano! Nunca estivemos aqui antes! Não é emocionante? Mas é realmente novo? Salomão escreveu que não há nada novo sob o sol.

Bem, se não há nada de novo sob o sol, que dizer deste ano novo? Você estava pronto para algo novo, não é?

A maioria de nós é como os gregos em Mars Hill, sobre os quais Paulo escreve no capítulo 17 de Atos.

Veja isso em Atos 17:21: “Pois todos os atenienses e estrangeiros que ali estavam gastavam o seu tempo em nada mais, a não ser para contar, ou para ouvir alguma coisa nova.”

Queremos ouvir algo novo. Lamento desapontá-lo se espera ouvir algo novo.

Oh, eu nunca preguei este esboço de sermão em particular antes, mas não é novo.

Pode ser organizado de forma diferente ou apresentado de uma nova maneira, mas a mensagem é a mesma.

Deus nos diz que Ele nunca muda. “Pois eu, o Senhor, não mudo…” (Malaquias 3: 6a).

O escritor de Hebreus nos diz que Jesus Cristo, a Palavra Viva de Deus, nunca muda. “Jesus Cristo é o mesmo ontem, e hoje e para sempre.” (Hebreus 13: 8).

Se Deus não muda, e Sua Palavra viva não muda, então a mensagem de Sua Palavra escrita também não muda.

Mas coisas velhas podem se tornar novas! Muito disso depende de nossa abordagem e atitude.

Ilustrações:

As crianças da escola recolheram bichinhos de pelúcia para dar às crianças neste Natal.

Muitas organizações pegam brinquedos antigos e os consertam para dar de presente. Eles são novos para eles!

Quando compramos nosso carro, era um modelo de demonstração, mas era novo para nós!

Muitos outros exemplos desse tipo de coisa poderiam ser dados, mas nesse sermão eu quero aplicar esse tipo de pensamento a algumas coisas que podem e devem se tornar novas em nossas vidas hoje.

I. Precisamos de um novo entusiasmo sobre as coisas espirituais.

A. Salvação de Almas

1. Você se lembra de como foi emocionante quando você veio a Cristo pela primeira vez?

2. O que dizer da época em que Deus permitiu que você levasse outra pessoa ao conhecimento salvador de Cristo?

3. Ainda ficamos entusiasmados com essas oportunidades?

4. Em João 3: 7 diz: “Não te maravilhes de que te disse: É necessário que nascer de novo.”

5. Jesus disse a Nicodemos para não ‘se maravilhar’ com o fato de que ele precisava nascer de novo.

6. No entanto, devemos sempre nos maravilhar com o fato de que Deus amou o mundo de tal maneira que deu Seu Filho unigênito para morrer por nós, para que pudéssemos ser salvos!

7. Essa é e continua a ser uma Graça verdadeiramente surpreendente!

B. Apresentação de Vontade.

1. Você se lembra da lição do filho pródigo e de seu pai?

2. O pai se alegrou com o filho que havia voltado para casa.

3. Como é emocionante quando vemos os crentes que estão dispostos a se submeter à vontade do Pai.

4. Aqueles que se submetem ao batismo.

5. Aqueles que fazem parte da igreja local e se tornam ativos.

6. Certamente uma pessoa pode ser cristã e não ser batizada… ela pode ser cristã e não ser membro de sua igreja local… mas O plano de Deus é que cada um de nós submetamos nossa vontade a Ele nesses assuntos.

7. Veja Mateus 28:19: “Ide, portanto, e ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo:”

C. Rendição de Corações.

1. Que alegria ver as pessoas crescerem e amadurecerem em Cristo.

2. Mas vê-los entregar seus corações para servir a Cristo com suas vidas! Nada se compara a isso!

3. Veja o que diz em Lucas 9:62: “E Jesus lhe disse: Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus.”

4. Jesus não está falando sobre alguém perder sua salvação aqui, Ele está falando sobre o nosso serviço a ele.

5. Não podemos servi-Lo com indiferença… com uma mão no arado, mas nossos olhos no que deixamos para trás.

II. Precisamos de um novo olhar para um antigo mandamento.

Em João 13: 34-35 diz: “Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros. Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tendes amor um ao outro.”

A. “…amem uns aos outros…”

1. O que isso significa?

2. Significa que nossas vidas precisam ser para os outros e não para nós mesmos.

3. Temos responsabilidade um pelo outro.

B. Como devemos ‘amar uns aos outros’?

1. Como Jesus nos amou?

2. Incondicionalmente…

3. Totalmente sem reservas e sem levar em conta se nós O amamos de volta.

4. Ele nos amou quando estávamos em nosso pior momento.

“Mas Deus dá provas do seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós.” (Romanos 5:8).

C. Outros saberão que somos Seus filhos.

1. Veja João 13:35: “Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros.”

2. Precisamos de um novo olhar para este mandamento antigo.

3. O mundo perceberá esse tipo de amor!

4. Isso é o que as pessoas procuram… poderíamos oferecer instalações, programas ou outras vantagens… mas o que elas querem é ser amadas.

III. Precisamos de um novo compromisso.

A. Para nossa adoração pessoal a Deus.

1. Temos nos tornado flexíveis em nosso relacionamento pessoal com o Senhor?

2. Precisamos pedir a Deus que renove nosso fardo por uma caminhada real e viva com Ele.

3. Precisamos fazer tudo o que for necessário para ver isso corrigido.

B. Para a Obra Corporativa de Deus por meio desta igreja.

1. Há muito que pode ser feito.

2. No entanto, sempre foi assim.

3. Veja Lucas 10: 2: “Portanto, disse-lhes: A seara é realmente grande, mas os trabalhadores são poucos: orai, pois, ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara.”

4. Há um lugar de serviço para você nesta igreja.

5. Precisamos de gente para servir em tantas áreas, que este seja o ano em que você colocar o seu ombro no volante e nos ajudar.

C. Pela necessidade das pessoas em todo o mundo de ouvir a mensagem do Evangelho.

1. Jesus virá em breve; o que fazemos por Ele, devemos fazer rapidamente.

2. Muitos precisam ouvir.

3. Podemos fazer uma de três coisas.

  • Podemos nos render para ir e contar a eles.
  • Ou Podemos nos comprometer a dar para que outros possam ir enquanto seguramos as cordas.
  • Ou podemos deixá-los morrer e ir para o inferno.

Conclusão deste Sermão para novo ano:

Qual será a nossa escolha?

O que o ano novo nos trará?

Muito disso será determinado por nossa atitude em relação a ele.

Vamos decidir hoje fazer novas coisas velhas! Venha para Cristo esta manhã.

Para a salvação, para a submissão ou para a rendição. É hora de mudarmos de atitude.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.

Conheça a Poderosa Ferramenta que te ajudará a Entender a Bíblia de Forma Profunda!