3 Privilégio do Cristão em Contribuir na Obra de Deus

A alegria que a prática do dízimo traz é um dos maiores prazeres da vida cristã de que os não-dizimistas ficam privados. Há de fato alguns privilégios para o cristão que contribui na obra de Deus. Vejamos, então, a seguir, 3 deles.

Esses são os 3 Privilégio do Cristão em ser Contribuinte na Obra:

1. Ao Contribuir na Obra de Deus, temos o privilégio de imitar a Deus

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3:16).

SEDE, pois, imitadores de Deus, como filhos amados (Efésios 5:1).

Se Deus entregou a sua dádiva mais preciosa, por que não fazer o mesmo?

2. Ao Contribuir na Obra de Deus, temos o privilégio de imitar Jesus

Porque já sabeis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo que, sendo rico, por amor de vós se fez pobre; para que pela sua pobreza enriquecêsseis. (2 Coríntios 8:9).

Nessa sentença, Paulo mostra que o Espírito Santo, que impulsionou os macedônios em sua contribuição, é o mesmo Espírito eterno que sustentou o Salvador quando Ele “se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus”. Isso mostra o que é sacrifício no nível mais sublime.

3. Ao Contribuir na Obra de Deus, temos o privilégio de cooperar com a igreja

Não havia, pois, entre eles necessitado algum; porque todos os que possuíam herdades ou casas, vendendo-as, traziam o preço do que fora vendido, e o depositavam aos pés dos apóstolos. (Atos 4:34).

E o que é instruído na palavra reparta de todos os seus bens com aquele que o instrui. (Gálatas 6:6).

Sem dúvida, é um privilégio cooperar com a igreja do Senhor através das nossas contribuições. Entregamos dez por cento para Deus e Ele nos empresta noventa por cento.

Conclusão

Diante desses privilégios que vimos nesse estudo, como não querer contribuir? Portanto, se apegue nas promessas de Deus na sua palavra e seja um dizimista e ofertante fiel!


Referências: Dizimista, eu – Paulo Cesar Lima.

Botão Voltar ao topo