A cura para o desânimo na corrida da vida

Esboço de pregação expositiva em Hebreus 12:1-3 com o tema: A cura para o desânimo na corrida da vida.

Tema: A cura para o desânimo na corrida da vida

Texto deste sermão: Hebreus 12:1-3:

¹ Portanto, também nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta,
² tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé. Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus.
³ Pensem bem naquele que suportou tal oposição dos pecadores contra si mesmo, para que vocês não se cansem nem se desanimem.

Introdução desta pregação Hebreus 12:1-3:

O planetário Hayden, na cidade de Nova York, publicou um anúncio em jornais da cidade convidando aqueles que gostariam de fazer a primeira viagem a outro planeta a enviar uma inscrição. Em questão de dias, mais de 18 mil pessoas se inscreveram. Estas candidaturas foram então entregues a um painel de psicólogos, que, ao analisá-las, concluíram que a grande maioria dos que se candidataram queria começar uma nova vida noutro planeta porque estavam muito desanimados com a vida neste.

O desânimo

O desânimo é uma realidade com a qual todos nós lidamos de vez em quando. É fácil permitir que as pressões e os fardos da vida nos dominem, levando-nos ao desespero. O desânimo é um assassino! Muitas pessoas abandonaram a igreja por causa dele. Isso fez com que desistissem de Deus.

Muitos pregadores, incluindo João Calvino, enfrentaram essa batalha em suas vidas. Calvino disse:

“Além dos imensos problemas pelos quais estou tão profundamente consumido, quase não há dia em que alguma nova dor ou ansiedade não surja. O desânimo… toma conta do meu coração e me faz ir com peso para o meu trabalho… Está terrivelmente enfraquecendo.”

Muitos servos de Deus também enfrentam o desânimo. Alguns nesta sala podem estar desanimados em sua caminhada com o Senhor, pensando em jogar a toalha. Antes de tomar essa decisão, lembre-se de que Deus não o salvou para que você viva em um estado de desânimo. 2 Timóteo 1:7 afirma:

“Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de poder, e de amor, e de moderação.”

Este versículo sugere que não precisamos viver com o desânimo como companheiro constante. A Bíblia nos ensina que é possível vencer a batalha contra o desânimo.

Os versículos base desta pregação oferecem um plano de três passos para nos libertar dos efeitos debilitantes do desânimo. Ao seguirmos esse plano, podemos superar o desânimo enquanto corremos na corrida cristã.

Dediquemos alguns minutos para examinar esses versículos mais uma vez, permitindo que eles nos levantem do vale e nos ensinem a cura para o desânimo na corrida da vida.

I. COMPROMISSO COM UMA VIDA DE CORRIDA FIEL (v.1)

A. Isto requer preparação

Ninguém acorda de manhã e decide correr uma maratona. Esse tipo de corrida exige muita preparação. O mesmo acontece com a corrida espiritual. Se quisermos correr bem, temos de nos preparar adequadamente.

1. Liberdade dos pesos que nos sobrecarregam

Assim como os corredores retiram tudo o que não é necessário para correr mais rápido e mais longe, os cristãos precisam se livrar de qualquer coisa que os impeça de correr bem. Eles ficam magros e leves para vencer a corrida. Essa é uma lição valiosa para o corredor cristão!

Qualquer coisa que tenha mais controle sobre você do que Jesus deve ser abandonada se você quiser correr bem.

O que quer que absorva sua atenção, tempo, recursos, força, etc., é um peso em sua vida e precisa ser deixado de lado para evitar o desânimo.

2. Liberdade dos pecados que atrapalham

A imagem aqui é de um atleta se despindo para poder correr bem. Assim como os atletas gregos dos jogos antigos competiam usando somente as roupas adequadas, os cristãos precisam se livrar de tudo que os atrapalha para correr sem complicações.

Novamente, isso também se aplica ao corredor cristão. Você sabia que continuará pecando mesmo depois de ser salvo? Isso mesmo, ainda haverá pecado em sua vida! Você ainda terá desejos malignos.

Na verdade, um dos maiores desafios na vida cristã é perceber como é fácil pecar mesmo após a salvação. Aquela palavra indesejada pode escapar de vez em quando. A velha raiva pode explodir fora de controle de tempos em tempos. Sua atitude pode ficar corrompida ocasionalmente. Ser salvo não o isenta do pecado, mas o pecado pode atrapalhar sua corrida!

Aqui somos instruídos a lidar com esses pecados persistentes, essas áreas problemáticas específicas para cada um de nós. Precisamos nos afastar delas. Evitar lugares onde possam surgir. Proteger-nos contra seus ataques. Precisamos ser radicais e honestos sobre os pecados que nos afligem como crentes.

A verdade é que temos problema com o pecado, mas Deus o ajudará a vencê-lo se você for sincero e confiar Nele nesse assunto! Ele lhe dará vitória sobre as coisas que atrapalham sua corrida. Não permita que os obstáculos da vida e as complicações do pecado o desanimem em sua corrida por Jesus.

B. Isso Requer Paciência

Somos instruídos a “correr com paciência a corrida que nos é proposta“. Estamos participando de uma “corrida“. Essa palavra denota “uma luta ou competição“.

Certamente, isso descreve a jornada da vida, não é verdade? Às vezes, a vida é boa. O caminho é suave e a estrada é fácil, mas há outros momentos em que parece que estamos correndo de olhos vendados, subindo uma colina repleta de armadilhas!

Há momentos em que a vida é uma luta! É uma agonia! É viver na adversidade! São tempos que exigem “paciência“. Claro, Deus nunca disse que seria fácil. Na verdade, Ele disse exatamente o oposto, João 16:33.

Agora, a palavra “paciência” significa “perseverança“. Isso implica se preparar para o longo prazo. Carrega a ideia de comprometer-se com a corrida apesar dos obstáculos ou dificuldades. Não estamos participando de uma corrida curta, mas sim de uma maratona!

Não seja um cristão de fogo de palha. Apenas seja firme!

Se você é professor, seja firme. Se você é pregador, seja firme. Ou se você é um guerreiro na oração, uma testemunha, um membro da igreja, apenas seja firme. Faça sua corrida e prepare-se para o longo prazo! Decida-se a se comprometer com a corrida! Decida que nada o impedirá de correr uma corrida boa e paciente para a glória de Deus!

II. COMPROMISSO COM UMA VIDA DE CORRIDA FOCADA (v.2-3)

Ao corrermos esta corrida, devemos nos manter concentrados. Devemos manter o foco e evitar distrações em coisas que nos levam a ficar desanimados enquanto corremos a corrida. O escritor nos diz o que são essas coisas.

A. Focado na Pessoa de Jesus

Olhando para Jesus”. A vida cristã começou com um olhar, como afirmado em Isaías 45:22. Esse olhar nos colocou nesta corrida, e manter nossos olhos Nele nos ajuda a ter bom desempenho enquanto corremos esta corrida!

A expressão no versículo 1, “a corrida que nos está proposta”, sugere que cada um de nós corre sua própria corrida. Não posso correr a sua corrida, e você não pode correr a minha. Se eu gastar meu tempo olhando para você e comparando como você está indo, posso ficar desanimado em minha própria corrida.

Posso ser derrotado porque não estou tão bem quanto você, tentar correr na sua pista, tropeçar no orgulho se pensar que estou me saindo melhor do que você, ou até mesmo ficar desanimado se achar que a maneira como você está correndo afeta minha corrida.

A única maneira de qualquer um deles funcionar bem é mantermos nossos olhos focados em Jesus, o juiz, autor e consumador da corrida da vida. Ele distribui as recompensas, desqualifica os corredores e observa o progresso da corrida. Tirar os olhos dos outros e concentrá-los apenas em Jesus nos permite correr uma corrida melhor.

B. Focados na atuação de Jesus

Não devemos apenas manter nossos olhos na Pessoa do Senhor enquanto corremos, mas também em Sua atuação.

1. Ele completou a nossa corrida por nós

Ao correr a corrida da vida, encontramos coragem no fato de que Jesus Cristo já percorreu esse caminho. Ele correu a corrida à nossa frente e completou a Sua corrida. Isso significa que, enquanto corremos e enfrentamos as pressões da vida, temos Ele para nos ajudar ao longo do caminho (Hebreus 4:15-16).

Ele enfrentou provações na corrida da vida, mas correu com sucesso. Considere o que Ele suportou:

  1. Ele nasceu em um estábulo – Lucas 2:7.
  2. Nascido de pais pobres – Lucas 2:24.
  3. Sua vida foi ameaçada quando era bebê – Mateus 2:13ss.
  4. Seu nascimento causou terrível sofrimento – Mateus 2:16ss.
  5. Ele teve que fugir quando era bebê – Mateus 2:13ss.
  6. Ele foi criado em uma cidade desprezível – Nazaré – Lucas 2:39.
  7. Seu pai morreu quando Ele era jovem – Mateus 13:53-58.
  8. Ele teve que sustentar Sua família – Mateus 13:55-58.
  9. Ele não tinha casa nem lugar para descansar a cabeça – Mateus 8:20; Lucas 9:58.
  10. Ele foi odiado e enfrentou oposição dos outros – Marcos 14:1-2.
  11. Ele foi acusado de insanidade – Marcos 3:21.
  12. Ele foi acusado de possessão demoníaca – Marcos 3:22.
  13. Ele enfrentou a oposição de Sua própria família – Marcos 3:21-22.
  14. Ele foi rejeitado, odiado e enfrentou a oposição do público – Mateus 13:53-58; Lucas 4:28-29.
  15. Ele foi traído por um amigo próximo – Marcos 14:10-11; 18.
  16. Ele foi deixado sozinho, rejeitado e abandonado por todos os Seus amigos – Marcos 14:50.
  17. Ele foi julgado perante o tribunal superior do país e acusado de traição – João 18:33.
  18. Ele foi executado como um criminoso comum por meio da crucificação – João 19:16ss.

Sim, amigos, Ele passou por tudo isso e é o treinador perfeito para aqueles que estão participando desta corrida também.

Então, em vez de procurar em todos os outros lugares a ajuda que você precisa, encontre sua ajuda em Jesus e somente Nele!

2. Ele venceu a corrida para nos dar exemplo

Vou lhe contar um segredo. Jesus não apenas já correu a corrida, mas também a venceu para que você não venha perder! Ele já conquistou a vitória conforme 1 Coríntios 15:57 que diz:

Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso SENHOR Jesus Cristo.

Ele já garantiu o fim da corrida a todos os Seus filhos que chegarão em segurança em casa. Já sou um vencedor na corrida da vida. Eu já tenho a vitória.

Tudo o que Ele me pede é manter meus olhos Nele e correr minha corrida com paciência. Esta é a minha corrida! Eu já ganhei. Só falta terminar o curso. Contudo, quero ir bem, para que eu também possa dizer o que Paulo disse no final da sua corrida:

“Combati o bom combate, terminei a carreira, guardei a fé”. – 2 Timóteo 4:7.

III. COMPROMISSO COM UMA VIDA DE CORRIDA CUMPRIDA (v.2-3)

Outra lição que podemos tirar desta passagem é a verdade de que esta vida não precisa ser uma aventura desanimadora, mas pode ser uma aventura gratificante.

Deixe-me compartilhar três breves verdades que tornam isso uma realidade para você e para mim:

A. O Cumprimento da Lembrança

Quando o desânimo começar a se infiltrar na sua vida e na minha, lembremo-nos do que Jesus Cristo fez por nós.

Pensar que Ele faria isso por você e por mim é uma evidência de Sua missão por nós e de Sua obra em nossas vidas.

Gostaria de lembrá-lo de que quando o Senhor está ao seu lado, você não tem absolutamente nada a temer conforme Romanos 8:31::

“Que diremos então a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?”.

Então, pense nisso quando os dias sombrios chegarem.

B. O Cumprimento da Recompensa

Como já disse, Jesus correu Sua corrida e preparou o caminho para você e para mim. Ele já assumiu Seu lugar à direita do Pai. Ele sentou-se ali, significando que Sua obra de salvação estava consumada para sempre.

Mas posso lembrá-lo de que quando as nuvens do desânimo começarem a se formar no horizonte da sua vida, o que Jesus desfruta esta noite também é meu e seu? O céu dele é o nosso céu! Seu lugar de recompensa é o nosso também. Ele nos prometeu que prepararia um lugar para nós lá e que voltaria para nos levar para casa algum dia, conforme João 14:1-3. Isso é luz solar suficiente para os dias mais nublados!

Portanto, em vez de ficar desanimado ao correr sua corrida, lembre-se sempre, não é em vão, conforme 1 Coríntios 15:58 que diz:

Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.

É uma satisfação saber que Deus está mantendo registros e um dia Ele recompensará aqueles que correram a corrida fielmente, conforme 2 Timóteo 4:7-8 que diz:

7 Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. 8 Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.

C. A Realização do Descanso

Mesmo enquanto corremos a corrida, há momentos em que nossos passos ficam pesados ​​e nosso ritmo diminui. A gente cansa aqui. No entanto, lembremo-nos que ainda não estamos em casa. Há um descanso para o povo do Senhor, conforme relata Hebreus 4:9:

Portanto, resta ainda um repouso para o povo de Deus.

Chegará o dia em que poderemos desfazer-nos dos fardos dos nossos ombros e sentar-nos aos pés do Mestre em glória.

De acordo com Apocalipse 21:4, chegará o dia em que Ele enxugará as lágrimas de tristeza e exaustão dos nossos olhos:

E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.

Lembremo-nos de que esta vida não é um lugar de descanso para os servos do Senhor. É o local de trabalho e serviço fiel! Portanto, não desanime!

Um dia, nos uniremos a Jesus junto ao rio da vida em glória e lá descansaremos em Sua presença dos fardos desta vida.

A propósito, é possível descansar nesta vida, mesmo enquanto corremos a corrida. Como? Mantendo o foco em Jesus e aprendendo a permanecer Nele, conforme Mateus 11:28-30 que diz:

28 Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. 29 Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. 30 Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.

Pois, Ele permitirá que você participe de uma corrida que o deixará satisfeito e descansado.

Conclusão desta pregação Hebreus 12:1-3:

Não deixe o desânimo te derrubar! Se você está correndo esta corrida da vida, mantenha os olhos em Jesus.

Deixe-O reorientar as suas prioridades, aliviar a sua carga e capacitá-lo para correr pacientemente a sua corrida para a Sua glória. Nele há ajuda, não saia daqui hoje sem ela!

Se gostou desta pregação em Hebreus 12, então veja mais pregações aqui.

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!