Como orar por seus netos rebeldes

Você é o avô de netos rebeldes? Se sim, deve ser muito doloroso. Afinal, suas palavras podem ser ignoradas. Você pode se sentir ineficaz. Seus esforços para ser uma influência piedosa podem parecer infrutíferos. E suas orações podem não ser respondidas por muito, muito tempo. 

Estou escrevendo para lembrá-lo de verdades que são fáceis de ignorar quando você está sofrendo: o valor a longo prazo da oração e o misterioso trabalho do Senhor para salvar. 

Espero que a história dele encoraje você – como pai e avô – a nunca desistir de uma alma, confiando que o Senhor salvará, no momento certo:

Relato de Steve

A mãe de meu amigo Steve orou por sua alma — e pelas almas de seus netos — por muito tempo. À medida que Steve se afastava cada vez mais de Deus, foi ficando mais difícil para ela. 

Mas, contudo ela nunca parou de orar por Steve e sua família

Steve casualmente jogou a nova Bíblia que sua mãe lhe deu de lado, sem se preocupar em abri-la. Como um rebelde de 14 anos, ele não tinha nenhum interesse em Deus.

Quatro anos depois, quando sua mãe o ajudou a se mudar para um apartamento, ela colocou a Bíblia em sua estante. No entanto, ele nunca a abriu durante seus anos de faculdade – nem mesmo uma vez. 

Quando ele voltou para casa, de alguma forma a Bíblia veio junto com ele. Ele, portanto a jogou em uma gaveta em seu novo apartamento, e nunca a abriu.

Steve se casou, assumiu os negócios de seu falecido pai e teve duas filhas. De alguma forma, a Bíblia ficou com ele, dia após dia, mas ele nunca a abriu – nem sequer uma vez – até o dia 1º de abril de 2001.

Naquela manhã, Steve encontrou um aviso em sua mesa. Afinal, o banco estava cobrando seu empréstimo, e por fim sua empresa agora, estava entrando em falência. 

Em um dia, ele perdeu tudo o que tinha. Quando a realidade caiu sobre ele, a verdade sobre sua vida tornou-se dolorosamente clara.

Steve disse :

“Eu desperdicei a empresa do meu pai, sendo irresponsável e Arrogante”. Meu casamento estava a beira do divórcio. Eu não tinha nenhum relacionamento com minha mãe, além disso era um pai imprestável.  Consegui bagunçar todas as áreas da minha vida. Todavia, eu não conhecia a Deus”.

Naquele dia, portanto, tive que ligar para minha mãe e dizer a ela que havia levado a falência a empresa de papai. Enfim foi completamente humilhante.

Estava prestes à minha Salvação

Eu dirigi por horas em aflição. Quando finalmente, acabei de joelhos em uma igreja, admitindo a Deus que estava completamente quebrado. 

Eu queria conhecê-lo, mas não sabia como. – Eu orei:

“Senhor, por favor, leve-me até a sua presença, e se o Senhor fizer isso, eu prometo nunca mais sair.”

No entanto, naquela noite, não consegui dormir. Andei de um lado para o outro sozinho em minha casa, sem saber o que fazer. 

Foi então que notei a Bíblia que mamãe me dera, ainda fechada na estante. Tínhamos outras Bíblias em casa, mas, curiosamente, peguei a que mamãe havia me dado, há muito tempo.

Quando abri, fiquei surpreso.

Em 1977, mamãe havia sublinhado algumas passagens e deixado pequenas anotações, para mim ao lado delas. 

Sua mensagem foi oportuna, mesmo 24 anos depois. Li várias vezes as passagens marcadas, como se minha vida dependesse disso. Seus versos e notas destacados me guiaram ao Senhor na noite mais escura da minha vida.

No dia seguinte, mamãe deixou um bilhete para mim em meu escritório, que dizia:  

“Orei por sua alma desde o dia em que você nasceu, sem nunca desistir. Bem como, oro por seus filhos também. Somente tenha fé; o Senhor cuidará de você”.

Por 38 anos, minha mãe orou fielmente por mim enquanto eu me afastava de Deus até estar pronto para um relacionamento com Ele. Felizmente, ela não me empurrou ou me importunou – isso só teria me afastado ainda mais de Deus. Em vez disso, ela orou, não apenas por minhas circunstâncias externas, mas por minha alma e pelas almas de meus filhos. E estou tão agradecido que ela nunca desistiu. 

O Senhor até me mudou de um filho rebelde para um filho amoroso

No começo, dei pequenos passos e, embora às vezes tenha tropeçado, Deus me transformou em uma pessoa totalmente diferente. 

Agora, minha vida está cheia de propósito e alegria. Meu casamento foi restaurado e eu reconstruí minha empresa. 

Minhas meninas têm uma fé forte. Nossa família é ativa no ministério aos outros. 

Notavelmente, o Senhor até me mudou de um filho rebelde para um filho amoroso. Nos últimos anos da vida de mamãe, Deus me permitiu amá-la e servi-la como nunca antes.

Enfim, estou tão agradecido que mamãe orou por mim e minha família.

Nunca devemos desistir

Embora encorajar filhos e netos, no âmbito espiritual possa ser recompensador, também pode ser bastante frustrante. 

Mas a experiência de Steve me lembra – e espero que lembre a você também – que as almas estão em jogo, então nunca devemos desistir. 

Esta poderosa promessa me ajuda a continuar orando por minha família.

“E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido”. (Gálatas 6:9)

Aqui estão 5 maneiras de orar por netos rebeldes

1. Orar pelas necessidades espirituais de seus netos rebeldes

A mãe de Steve orou para que ele andasse com Deus e fosse um pai piedoso para suas filhas. 

Ela também orou pelas almas de suas netas. Demorou 38 anos, mas, eventualmente, Deus honrou suas orações. 

Creio que Deus também honrará a sua.

Às vezes, tendemos a limitar nossas orações a coisas comuns, como tirar boas notas ou encontrar a faculdade certa. 

E embora essas sejam grandes questões pelas quais orar, também devemos orar pelas necessidades mais profundas de nossos netos rebeldes ou não – as necessidades de suas almas. 

2. Orar pelos pedidos de oração de seus netos. 

Quando pergunto a meus filhos crescidos como posso orar por eles, às vezes isso abre uma conversa significativa, e às vezes não. 

Mas espero que isso mostre a eles que estou genuinamente interessado no que eles estão fazendo. 

Também mostra que acredito que o Senhor responde às orações. E aponta-os para Deus de uma maneira poderosa.

Peça a seus netos seus pedidos de oração. 

Isso mostra que você se preocupa com a vida deles, e os faz acreditarem que a oração é importante. 

Eles podem olhar para você como se você fosse louco, ou podem simplesmente aceitar sua oferta de orar. 

Seus pedidos podem até surpreendê-lo. E afinal, espero que eles percebam o quanto você os ama.

3. Confie totalmente em Deus ao orar pelos seus netos

A mãe de Steve confiou no Senhor para salvar as almas de sua família por muitos anos antes de serem salvas. 

Claro, eu prefiro que o Senhor salve a todos agora. Mas assim como Deus tinha um bom plano para Steve, Ele também tem um bom plano para minha família e para a sua. 

Confie no Senhor, aquilo que você não pode fazer. Não importa quão boas sejam suas intenções, você não pode salvar ninguém, nem mesmo seu precioso neto. 

Mas você pode confiar no Salvador para salvar, de fato. 

“Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles”. (Hebreus 7:25)

Entregue para Deus ao orar, a vida de seus netos, confie suas almas ao Salvador.

4. Ore durante a espera

Muitas vezes, as respostas de Deus vêm embaladas em décadas, em vez de anos. 

Enquanto a mãe de Steve esperava que Deus trabalhasse, ela estava ativa. 

Ela ensinava na escola dominical e estudava a Bíblia todos os dias. Ela não deixou de ir à igreja com suas netas e nora. E mesmo que Steve costumava provocá-la sobre isso, ela nunca vacilou. Sua influência de longo alcance em sua família foi (e é) notável. 

Enquanto, espera que Deus trabalhe na vida de seus entes queridos, seja ativo em sua fé. 

Passe tempo com Deus em adoração. Sirva os outros. Faça para o bem. 

Você pode achar que não tem um grande impacto na vida de seus netos, mas sua influência significa mais do que você pensa. 

Portanto, viva uma vida fiel. Seus netos se lembrarão de seu exemplo piedoso pelo resto de suas vidas. 

5. Orar para que Deus o ajude a ser um “animador de torcida espiritual” para seus netos. 

Já que o maligno guerreia contra as almas de seus filhos e netos todos os dias, eles precisam de muito encorajamento. 

Encoraje, portanto, seus netos em tudo o que eles estão fazendo de bom, seja grande ou pequeno. 

Incentive quaisquer passos que derem em direção a Deus.

Ser um “líder de torcida espiritual” esse é um papel importante que todo avô crente pode desempenhar. 

Mas enquanto você torce, tome cuidado para dar espaço suficiente aos seus netos. 

Deixe-os crescer em seu próprio ritmo (não no seu), porque ser espiritualmente agressivo pode afastá-los de Deus – e de você.

Os caminhos de Deus podem ser intrigantes e até difíceis de aceitar às vezes, mas não há dúvida de que Deus quer que você ore por seus netos e não desista. 

A oração é uma das coisas mais valiosas que você pode fazer por outra pessoa. 

Mesmo que você não veja nenhum resultado, nunca subestime o valor de suas orações. 

Às 7 orações para você fazer pelas almas de seus netos

1. Senhor, por favor, lembre meus netos diariamente que seu amor por eles é eterno. “Louve o Senhor. Ele é bom. Seu amor nunca falha.” (Salmo 133:1)

2. Cultive dentro deles um coração agradecido. “Você é meu Deus e eu te darei graças! Tu és o meu Deus e eu te louvarei!” (Salmo 118:28)

3. Ajude-os a falar a verdade aos outros e a si mesmos.  “Rejeite toda forma de desonestidade e mentira para que você seja conhecido como alguém que sempre fala a verdade…” ( Efésios 4:25)

4. Encha-os de alegria e paz. “Oro para que Deus, a fonte de esperança, os encha completamente de alegria e paz, porque você confia nele …” (Romanos 15:13)

5. Faça deles uma bênção para todos que encontrarem. “Retribui o mal com bênção, porque para isso fostes chamados para herdar uma bênção”. (1 Pedro 3:9)

6. Ajude-os a ouvir a Sua Palavra e fazer o que ela diz.  “…Bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a obedecem!” (Lucas 11:28)

7. Que eles nunca se afastem de Ti; aproximar seus corações cada vez mais. “Aproxime-se de Deus e ele se aproximará de você.” (Tiago 4:8)

Autora: May Patterson
Adaptado por: Biblioteca do Pregador

Botão Voltar ao topo