fbpx
COMO VENCER O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO?

O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO

Como vencer o medo e o nervosismo de falar em público?

Isso não é uma tarefa fácil, porém é possível.

Diante do medo de falar em público, existem duas alternativas: FUGIR ou ENFRENTAR.

MEDO DE FALAR EM PÚBLICO

Se você escolher FUGIR, nunca será um pregador de sucesso, mas se escolher ENFRENTAR, você tem tudo para ser um grande pregador usado por Deus.

Veja o resultado de uma pesquisa feita com três mil pessoas às quais se perguntou:

“De que você tem mais medo?”

Veja então o percentual das respostas:

OS MAIORES MEDOS DA HUMANIDADE

Observe então, que o medo de falar em público está no topo da lista.

Portanto, não é nada incomum ter medo de falar em público, mas o importante é SABER LIDAR COM ESSE MEDO.

COMO VENCER O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO?

1ENTENDA QUE VOCÊ NÃO É O ÚNICO

2NÃO TENHA MEDO DO MEDO

3. TIRE PROVEITO DO SEU MEDO DE FALAR EM PÚBLICO

4NÃO TENHA MEDO DE FRACASSAR

5USE A DESCONTRAÇÃO

6PREPARE-SE PARA FALAR EM PÚBLICO

7TENHA PENSAMENTOS POSITIVOS

8SEJA PERSEVERANTE

vença o medo de falar em público

Existem várias técnicas de como vencer o medo de falar em público e cada autor tem uma lista enorme de dicas e sugestões.

Dentre essas várias listas, vamos comentar algumas atitudes que são mais eficazes na luta contra o medo e o nervosismo de falar em público.

Vejamos então a seguir algumas delas:

1. ENTENDA QUE VOCÊ NÃO É O ÚNICO

BOM SENSO NA PREGAÇÃO

Sempre que tiver medo de falar em público, sinta-se igual aos grandes oradores e pregadores.

Isso mesmo, porque, pelo menos num aspecto, você é igual aos grandes oradores e pregadores de todos os tempos.

Portanto, sempre que tem medo de falar em público, lembre-se que grandes oradores, como Demóstenes, Cícero, Churchill, John Kennedy, Rui Barbosa entre outros, também tiveram medo de falar em público.

Se todo mundo tem medo de falar em público, então você não vai querer ser a única exceção da humanidade a falar sem medo, ou vai?

INTRODUÇÃO POLEMICA DA PREGAÇÃO

Conta-se que Sara Bernhardt, famosa atriz do passado, certa vez contou numa roda de amigos que tremia de medo cada vez que subia ao palco para falar em público.

Uma atriz iniciante, querendo chamar a atenção, disse: “Interessante, eu não sinto medo nenhum de falar em público”.

Sara respondeu: “Não se preocupe, minha filha, o talento vem com o tempo…”.

E tinha razão: quanto maior o talento, maior a responsabilidade de
manter a credibilidade, e então maior o medo da responsabilidade.

2. NÃO TENHA MEDO DO MEDO

MEDO DO PREGADOR

Se não tiver medo do medo, você terá um medo a menos, ou seja, o medo se reduz pela metade, isso é psicológico.

Por isso procure pôr na cabeça que o medo faz parte da natureza.

Porque a consciência de que o medo de falar em público é natural ajuda-o a encará-lo de maneira natural.

Se não há outra opção, então se acostume com o medo, ponha na cabeça que você sempre vai sentir medo antes de falar em público e aprenda a conviver com o medo.

Só há duas opções: ou você sente medo de falar em público, ou não fala em público.

Portanto, chegue à conclusão de que a decisão mais inteligente é escolher a primeira opção.

Porque, ao conviver com o medo, você vai perder, pelo menos, o medo de ter medo de falar em público.

3. TIRE PROVEITO DO SEU MEDO DE FALAR EM PÚBLICO

VOCABULÁRIO DO PREGADOR

O medo e o nervosismo em falar em público indicam que o corpo está se preparando para entrar em ação.

Cada vez que você tem medo ao falar em público, o organismo joga no sangue certa quantidade de uma substância chamada adrenalina.

A adrenalina faz que o sangue circule mais rápido, o coração bata mais acelerado, todos os sentidos fique mais aguçados e que seu corpo fique em condições de fazer o que for necessário para “escapar do perigo”.

É um mecanismo natural de defesa e reação.

Por isso, que tudo em você passa a funcionar com maior intensidade e logo, sua capacidade de percepção aumenta, e você consegue pensar mais rápido e até ter mais idéias.

Se canalizar toda essa energia para pô-la em ação, você terá um grande auxílio na difícil tarefa de enfrentar o auditório.

Portanto, aproveite esse “estado de emergência” e utilize o potencial energético que o medo de falar em público lhe oferece.

Essa é uma super dica de como vencer o medo de falar em público.

4. NÃO TENHA MEDO DE FRACASSAR

pregar pela primeira vez

Não tenha medo de fracassar, veja o que diz uma frase:

“O risco do fracasso é o preço do sucesso”.

Só obtém sucesso quem corre o risco de fracassar.

E se cometer alguns erros, ou mesmo chegar a fracassar algumas vezes, qual é o problema?

Perder uma batalha não significa perder a guerra, por isso tente outra vez.

Assuma o fato de que falar é importante e necessário para você, ainda que cometa erros.

Abraão Lincoln é um exemplo típico de sucesso construído em cima de tentativas e fracassos. Veja o currículo dele:

  • Perdeu o emprego em 1832;
  • Fracassou nos negócios pessoais em 1833;
  • Derrotado na legislatura de Illinois em 1834;
  • Perdeu uma ente querida em 1835;
  • Sofreu de uma enfermidade em 1836;
  • Derrotado novamente na legislatura de Illinois em 1838;
  • Derrotado para a indicação para o congresso em 1844;
  • Perdeu segunda indicação em 1848;
  • Derrotado para o senado em 1854;
  • Derrotado para a indicação de vice presidente em 1856;
  • Novamente derrotado para o senado em 1858;

Mas em 1860 ele foi eleito Presidente dos Estados Unidos!

E quando foi eleito, tornou-se um dos maiores presidentes dos Estados Unidos.

Num momento difícil da história americana, quando a nação estava a ponto de se dividir ao meio entre Norte e Sul devido ao conflito sobre a escravatura, ele foi a pessoa certa para vencer a guerra civil e preservar a unidade nacional.

Por isso, não desista, mas enfrente e persista que a vitória vem.

Portanto se você deseja saber como vencer o medo de falar em público, precisa ter persistência.

5. USE A DESCONTRAÇÃO

PIADAS NA INTRODUÇÃO DA PREGAÇÃO

Primeiramente procure descontrair-se você mesmo.

Alguns exercícios de relaxamento pouco antes de falar podem ajudar.

Uma técnica bastante recomendada pelos especialistas é a respiração profunda, várias vezes antes de começar a falar e, se preciso, também durante o discurso.

Em segundo lugar, procure descontrair o auditório, para isso nada melhor que uma pitada de bom humor.

Levar o auditório a um riso discreto descontrai tanto o pregador quanto os ouvintes, e o auditório descontraído automaticamente
torna-se receptivo.

Conta-se que Abraão Lincoln estava muito nervoso ao participar de um debate político.

Seu oponente, que o antecedeu, acusou-o com sarcasmo de ter duas caras.

Assim que o rival terminou, Lincoln levantou-se para falar.

Como tinha a fama de ser muito feio, Lincoln começou o discurso com estas palavras:

“Acham vocês que se eu tivesse duas caras iria aparecer em público logo com essa?”.

A risada foi geral, e dizem que Lincoln começou a ganhar o debate com essa frase. Lembre-se do ditado:

“Quem ri comigo não ri de mim!”.

? PARA QUE VOCÊ TENHA MAIS CONHECIMENTO SOBRE A PREGAÇÃO, BAIXE GRÁTIS O E-BOOK INICIANDO NA PREGAÇÃO

E-BOOK-INICIANDO-NA-PREGAÇÃO-PRO.pdf (3178 downloads)

6. PREPARE-SE PARA FALAR EM PÚBLICO

PREPARAR-SE PARA FALAR EM PÚBLICO

O melhor remédio contra o medo e o nervosismo é estar bem preparado e saber o que vai dizer.

Alguém disse que “O medo é um aviso do subconsciente de que o consciente precisa de mais preparo”.

Então, prepare-se o melhor que puder.

Porque, se você sabe o que vai dizer, se sentirá mais seguro.

E então, mesmo com medo, você tem um bom conteúdo a oferecer.

Muitas vezes as maiores causas do medo de falar em público são a insegurança e a falta de preparo.

Daniel Webster disse que preferia se apresentar meio despido diante do auditório a se apresentar meio despreparado.

De fato, o despreparo é a nudez do espírito, porque permite que todos enxerguem o vazio que há dentro de nós.

Portanto, se você não se preparou, pare de falar, ou nem comece.

Porque esse é um passo fundamental de como vencer o medo de falar em público.

7. TENHA PENSAMENTOS POSITIVOS

como pregar pela primeira vez a palavra

O auditório não está ali para vê-lo fracassar, mas sim para ouvi-lo.

Se não acreditassem em você, não ficariam para escutá-lo.

Portanto, mantenha o pensamento positivo de que eles querem lhe ouvir.

Não tenha pensamentos negativos que na verdade não existem.

Evite pensar que será “terrível” falar para “aquela multidão”.

E pense na contribuição que você vai dar aos ouvintes e nas coisas boas que irá dizer.

Para isso, você precisa ter certeza de que preparou um bom conteúdo.

No caso da pregação, pense na ajuda espiritual que você vai oferecer aos ouvintes.

Pense em quantas pessoas quebrantadas ou fracas precisam ser fortalecidas com sua mensagem.

Pense também que você não está ali por uma causa própria, mas a serviço de uma missão superior.

Para cumprir uma ordem divina.

Tenha consciência de que o interesse é primeiramente de Deus.

E pense também na unção e no poder do Espírito, que o comissionou e o capacitará para o cumprimento de sua missão.

GOSTA DE APRENDER, ENTÃO VEJA TAMBÉM:

8. SEJA PERSEVERANTE (COMO VENCER O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO?)

MEDO DE FALAR EM PÚBLICO

Não desista diante dos primeiros fracassos, pois, em todas as áreas da vida, o sucesso depende da persistência e da insistência na busca de um ideal.

Todos os grandes pregadores tiveram fracassos no começo.

O pastor Robert Pierson conta que quando estudante foi aconselhado por um professor a abandonar o seminário porque era gago e nunca conseguiria ser um pregador.

Mas ele persistiu e tornou-se um grande pregador.

Talvez o exemplo mais clássico seja o de Demóstenes, famoso orador grego.

Conta-se que a primeira vez em que ocupou uma tribuna a deixou sob as vaias da platéia, porque tinha cacoetes e problemas de dicção.

Mas, mesmo derrotado pela tribuna, não foi derrotado por si mesmo.

Para corrigir os cacoetes, discursava em casa com uma espada pendurada apontando para o ombro.

Cada vez que o ombro se erguia nervosamente, era então ferido pela espada, até que o reflexo condicionado corrigiu o defeito.

Para corrigir a dicção, discursava com a boca cheia de seixos (pedras) para aprender a controlar a língua.

Não foi por acaso que se tornou o maior orador de todos os tempos.

Só lembrando de algo muito importante, no caso do pregador, o principal é ter uma vida de oração e comunhão com Deus para que assim possamos vencer qualquer medo.

GOSTOU DO ASSUNTO, ENTÃO VEJA TAMBÉM:

Como agradecer? Compartilhe com mais alguém.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *