Qual é a diferença entre uma alma e um espírito?

Esta é uma questão que não é fácil de apontar em nossa vida cristã cotidiana. Embora não seja tão difícil distinguir o corpo do espírito e da alma, é particularmente difícil distinguir a alma do espírito. Quais são exatamente suas diferenças? Vamos consultar a Bíblia mais uma vez para nos esclarecer sobre esses conceitos confusos.

Corpo, Alma e Espírito na Bíblia

Antes de mais nada, existem alguns lugares na Bíblia onde o corpo, a alma e o espírito são mencionados. 

Uma delas está em 1 Tessalonicenses 5:23, como está escrito: “Ora, o próprio Deus de paz vos santifique completamente, e todo o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo”.

Se nos aprofundarmos neste versículo, ele afirma claramente que somos compostos de três partes: o corpo, a alma e o espírito

O versículo também usa a palavra “e”, que na língua grega original significa diferir um do outro. Assim, isso afirma claramente que cada parte é diferente e desempenha um papel diferente em nós.

É fácil distinguir o corpo como físico, o que significa usar os cinco sentidos; o sentido da visão, o sentido da audição, o sentido do paladar, o sentido do olfato e o sentido do tato. 

O espírito e a alma são muito mais difíceis porque parecem semelhantes, mas na verdade são muito diferentes. Eles têm funções diferentes em nossas vidas como cristãos, como está escrito em Hebreus 4:12:

Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, mais afiada do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão da alma e do espírito, das juntas e medulas, e discerne os pensamentos e intenções do coração.

É óbvio neste versículo que os dois estão separados e o que é aparente é que a Palavra de Deus separa essas duas partes uma da outra.

Imaginemos um círculo em dois níveis. O nível externo é o corpo, seguido pela alma e o núcleo é o espírito. Agora, vamos discutir a função da alma para entender sua importância e depois discutir o espírito em detalhes.

O que é uma alma conforme definida pela Bíblia?

Vamos ver o que a Bíblia tem a dizer sobre a alma enquanto analisamos os versículos da Bíblia.

Mateus 10:28: “E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma. Temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo.”

Nenhum homem pode matar nossa alma. Embora eles possam matar nossos corpos, eles não podem fazer nada pessoalmente para afetar nossas almas.

Ezequiel 18:4: “Eis que todas as almas são minhas; a alma do pai, bem como a alma do filho é minha: a alma que pecar morrerá.”

As almas pertencem ao Senhor. Ele os criou quando nos criou. Também notamos que este versículo menciona que qualquer alma que pecar experimentará a morte. 

Considerando que todos os humanos, exceto Jesus, pecaram, isso significa que todos ganharam a morte eterna. Felizmente, Deus ofereceu um caminho de salvação para aqueles cujas almas estão condenadas a morrer.

Mateus 16:26: “Pois que aproveitará ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Ou que dará o homem em troca da sua alma?”

Não podemos nos deixar distrair pelas coisas desta terra. Nossa alma, afinal, não pode levar suas posses na terra com ela para a vida após a morte. 

Seria tolice tentar ganhar o mundo inteiro por perder a alma. O destino de uma alma é de extrema importância e deve ser a prioridade número um na vida de uma pessoa.

Papel e funções da alma

A alma é basicamente nossa mente, nossas emoções e nossa vontade. É quem somos como seres humanos. 

Mas também é usado para expressar Deus. Como está escrito em Lucas 1:46-47, Canção de Maria: “E disse Maria: A minha alma glorifica ao Senhor e o meu espírito exulta em Deus, meu Salvador”.

Neste versículo, podemos ver que Maria usa sua alma para glorificar a Deus e depois usa o espírito para se alegrar no que Deus fez para salvá-la. 

Glorificar a Deus é comportamento humano e responsabilidade humana. Expressamos nossa humanidade a Deus por meio de nossa alma e magnificamos Seu poder e presença por meio de nossa alma.

Embora expressemos a magnanimidade de Deus em nossa alma, nunca podemos expressar o poder de Deus através de nossa alma porque é nossa humanidade. Podemos fazer boas obras e ser piedosos e ainda ficar aquém. 

Nunca podemos expressar o amor de Deus por nós apenas por meio de nossa alma. Precisamos então do espírito para expressar o amor de Deus.

O que é um espírito segundo a Bíblia?

Voltemos a Lucas 1:46-47. Maria se regozija com o amor de Deus demonstrado por meio de Seu filho unigênito por meio de seu espírito

Isso significa que ela desfrutou e experimentou Deus através de seu espírito. A expressão do amor de Deus é através do nosso espírito.

Embora a alma seja a fonte de nossa expressão por meio de nossa humanidade, ela tem suas limitações e a única maneira de experimentarmos Deus é através de nosso espírito. A alma é meramente um canal.

Voltemos às nossas imagens das partes. O corpo é o nível externo, seguido pela alma e o espírito é o núcleo. 

A expressão de amor a Deus abriu o caminho através da alma. Primeiro, magnificamos o poder e a graça de Deus, e então os expressamos e experimentamos plenamente por meio de nosso espírito.

A função do espírito é espiritual. O espírito é a única maneira de nos conectarmos com Deus, e só podemos usar o espírito se crermos em Deus e o recebermos através da salvação de nosso Senhor Jesus Cristo.

Em Romanos 8:4, somos lembrados: “Para que a justa exigência da lei seja plenamente cumprida em nós, que não vivemos segundo a carne, mas segundo o Espírito”.

Este versículo exige que andemos com nosso espírito e isso significa viver uma vida de acordo com o espírito e não com nossa alma

O caminho do espírito é o caminho de Deus. O espírito veio a nós através de Jesus Cristo. Ele viveu entre nós e se tornou humano e por isso nos deu o dom de nos conectarmos com Deus através do nosso espírito.

Qual é a diferença entre alma e espírito?

É uma bênção termos três partes, o corpo, a alma e o espírito. Todas essas partes têm funções específicas. 

O corpo é nossas funções físicas e aqui sentimos nossos sentidos físicos, como o sentido da visão, paladar, olfato, audição e tato. 

A alma, por outro lado, é a nossa humanidade que nos faz sentir emoções. É a nossa maneira de magnificar a Deus através de nossas limitações humanas.

Finalmente, o espírito é nossa conexão espiritual e mais profunda com o Senhor. Expressamos nosso amor a Deus e a Jesus Cristo através de nosso espírito porque este é um dos presentes que Cristo nos deu quando se tornou humano e morreu por nossos pecados. 

E assim, só podemos usar o espírito se crermos em Deus e em Cristo e se fizermos os caminhos do espírito.

Botão Voltar ao topo