Dom da Palavra da Ciência

Dom da palavra da Ciência muito se relaciona ao ensino das verdades da Palavra de Deus, fruto do resultado da iluminação do Espírito acerca das revelações dos mistérios de Deus.

O QUE É O DOM DA PALAVRA DA CIÊNCIA

É manifestação da ciência ou do conhecimento de Deus, concedido ao homem salvo.

Pode ser dado por sonho, visão ou revelação especial, operando na esfera humana, no seio da igreja.

Sendo, portanto, um conhecimento sobrenatural propiciado por Deus.

Podemos dizer que a palavra da sabedoria é a aplicação da “ciência” de Deus, na vida prática pessoal ou da igreja.

Escrevendo aos coríntios, sobre as “armas de nossa milícia”, Paulo diz que essas “armas” destroem “…os conselhos e toda altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo entendimento à obediência de Cristo” (2 Co 10.5).

Paulo fala de “todos os mistérios e toda a ciência” (1 Co 13.2), que só têm valor se for sob a graça do amor de Deus.

Através desse dom, o crente penetra nas profundezas do conhecimento de Deus (Ef 1.17-19).

Em Cristo, “o mistério de Deus […] em quem estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência” (Cl 2.2,3), é que os dons devem ser exercidos, no meio da igreja cristã.

Pois Deus quer que esse conhecimento profundo e sobrenatural esteja à disposição dos seus servos, que o amam.

“Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem são as que Deus preparou para os que o amam. Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus” (1 Co 2.9).

EXEMPLOS BÍBLICOS DA PALAVRA DA CIÊNCIA

A Palavra de Deus mostra exemplos desse dom. Vejamos então, alguns deles:

JESUS E A PALAVRA DA CIÊNCIA

Quando Jesus pregava para a mulher samaritana, soube detalhes da vida dela, que o conhecimento humano não teria condições de alcançar naquela circunstância de um encontro inesperado.

Ele disse à mulher que chamasse seu marido.

A mulher respondeu que não tinha marido e Jesus lhe disse que ela tivera “cinco maridos” e aquele com quem vivia não era seu marido.

A mulher ficou admirada, e disse: “Senhor, vejo que és profeta” (Jo 4.16-19).

A palavra da ciência não é adivinhação nem expressão de tentativa de erro e acerto. Mas, concedida pelo Espírito Santo.

O PROFETA ELIZEU E A PALAVRA DA CIÊNCIA

O profeta Eliseu sabia os planos de guerra do rei da Síria, mesmo à distância.

Quando o rei pensava em atacar o exército de Israel de surpresa, em determinado lugar o profeta de Deus alertava ao rei de Israel dos planos do inimigo, por diversas vezes.

O rei sírio ficou intrigado e desconfiou de que haveria um traidor no meio de suas tropas.

Mas um dos servos do rei o fez saber o mistério:

“E disse um dos seus servos: Não, ó rei, meu senhor; mas o profeta Eliseu, que está em Israel, faz saber ao rei de Israel as palavras que tu falas na tua câmara de dormir” (2 Rs 6.8-12).

Era um conhecimento muito mais aperfeiçoado do que todos os atuais sistemas de informação, com uso de tecnologia de ponta, usados no mundo atual.

Eliseu não tinha informantes, nem sonhava com equipamentos de comunicação ou de satélites.

Era a mensagem divina, diretamente do Espírito Santo ao seu coração.

Quando o profeta Samuel disse a Saul que as jumentas do pai já haviam sido encontradas, foi pela ciência ou conhecimento de Deus (1 Sm 9.15-20).

DANIEL E A PALAVRA DA CIÊNCIA

A visão de Nabucodonosor é uma referência para a Escatologia, com base nas interpretações dadas pelo Altíssimo a Daniel, seu servo, que estava vivendo naquele País, com uma missão do mais alto significado.

Trata-se de um caso bem emblemático do que significa receber o conhecimento, ou a revelação de Deus.

O rei tivera um sonho muito estranho, que o perturbara sobremaneira.

Pela manhã, reuniu “os magos, e os astrólogos, e os encantadores, e os caldeus, para que declaras sem ao rei qual tinha sido o seu sonho; eles vieram e se apresentaram diante do rei.

E o rei lhes disse: Tive um sonho; e, para saber o sonho, está perturbado o meu espírito” (Dn 2.2,3).

Ninguém soube interpretar o sonho, por uma razão óbvia: o rei não se lembrava do sonho!

Furibundo, o rei mandou matar todos os sábios da Babilônia, pelo fato de não saberem interpretar um sonho de que não tiveram sequer o relato de sua visão.

Mas Daniel, que estava no reino, em posição de destaque, pediu
ao mensageiro do rei que desse um tempo para que buscassem a
interpretação.

Então, contando o grave problema a seus três companheiros, foram orar ao Deus dos céus. Diz a Bíblia:

“Então, Daniel foi para a sua casa e fez saber o caso a Hananias, Misael
e Azarias, seus companheiros, e pediu que orassem a Deus, “para que
pedissem misericórdia ao Deus dos céus sobre este segredo, a fim de que
Daniel e seus companheiros não perecessem com o resto dos sábios da
Babilônia. Então, foi revelado o segredo a Daniel numa visão de noite;
e Daniel louvou o Deus do céu”
(Dn 2.17-19).

De maneira didática, com precisão histórica, Daniel interpretou o sonho, mostrando ao rei o desenrolar dos acontecimentos de sua época e de eventos futuros.

Foi o conhecimento de Deus e não humano, lógico ou natural.

CONCLUSÃO

O dom da palavra da Ciência revela coisas imperceptíveis pela visão natural.

Algumas experiências da igreja, demonstram a atualidade do dom da palavra da ciência.

Deus não muda, Ele agiu nos tempos antigos e age em todos os tempos.

E preciso entender a diferença entre o dom da sabedoria e o dom da palavra da ciência.

A ciência é o conhecimento profundo, concedido por Deus, em relação às coisas divinas ou às coisas dos homens, que estão além do conhecimento natural.

O dom da sabedoria refere-se à utilização do conhecimento em questões práticas da vida.

Conhecimento sem sabedoria é puro exercício intelectual infrutífero e diletante.

Portanto, o cristão deve ter conhecimento de Deus para viver o cristianismo de forma concreta, no seu dia a dia.

baixar pdf biblioteca do pregador

ESTUDO SOBRE DOM ESPIRITUAL EM PDF

Dom-da-Palavra-da-Ciencia.pdf (37 downloads)
COMPARTILHE estudos esbocos BIBLIOTECA DO PREGADOR

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.