Elias foi Levado para o Céu em uma Carruagem de Fogo ou em um Redemoinho?

Certo dia, um de nossos alunos do curso de pregação enviou uma mensagem com a seguinte pergunta: “Elias foi levado em uma carruagem ou em um redemoinho?”. Após refletir sobre sua dúvida, percebi que realmente, muitos tem a mesma dificuldade quanto a interpretação desse texto. Então, fui ao texto para examinar e lhe responder com base bíblica. Bom, se essa é sua dúvida também, vamos analisar juntos a passagem sobre Elias sendo levado para o céu em uma carruagem de fogo ou em um redemoinho.

O texto de Elias sendo levado para o Céu

E sucedeu que, indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho.

2 Reis 2:11 – ARC

De repente, enquanto caminhavam e conversavam, surgiu uma carruagem de fogo, puxada por cavalos de fogo. Passou entre os dois e os separou, e Elias foi levado para o céu num redemoinho.

2 Reis 2:11 – NVT

O texto bíblico sobre o profeta Elias sendo levado para o céu encontra-se em 2 Reis 2:1-12. Essa passagem relata os últimos momentos do ministério de Elias na terra. Para que se compreenda o texto, é recomendável começar a ler do capítulo 1 até o 2 de 2 Reis.

Porque Elias é considerado “profeta do fogo”?

Além da leitura do texto sobre Elias sendo levado para o céu, pensar no contexto geral da vida do profeta, facilita a compreensão se ele foi em uma carruagem de fogo ou em um redemoinho.

Veja, então alguns dos motivos pelos quais Elias é considerado o “profeta do fogo”:

  1. Convocou os profetas de Baal para um desafio de fogo no monte Carmelo (1 Reis 18: 19, 24).
  2. Sua oração fez o Senhor responder com fogo do céu, consumindo o holocausto e lambendo a água (1 Reis 18:36-39).
  3. Como prova que ele era Homem de Deus, desceu fogo do céu e consumiu 50 homens que queria prendê-lo (2 Reis 1:10).
  4. Mais uma vez ficou provado que ele era Homem de Deus e, desceu fogo do céu e consumiu outro grupo de 50 soldados que queria prendê-lo (2 Reis 1:11-12)
  5. No monte Horebe, Elias ouviu a voz de Deus depois da manifestação do vento, do terremoto e do fogo (1 Reis 19:11-13).
  6. No fim de tudo, acabou um carro de fogo com cavalos de fogo, contribuindo para que Elias subisse ao céu num redemoinho (2 Reis 2:11).
  7. Os Apóstolos já conheciam a fama de Elias como o “profeta do fogo” e, quiseram imitá-lo (Lucas 9:54).
  8. João Batista, o mais fiel “tipo” de Elias pregava um “batismo de fogo” (Mateus 3:11).

Carruagem nos tempos bíblicos

antiga carruagem assíria
Antiga carruagem assíria – Dicionário Tyndale

Segundo o dicionário bíblico Tyndale, carruagem era um antigo veículo de duas rodas, puxado por animais, normalmente cavalos, e geralmente considerada um instrumento de guerra.

Carruagens eram também usadas como meio de transporte para pessoas de posição ou com posses, e para a caça.

Mas, então, Elias foi levado para o Céu em uma Carruagem de Fogo ou em um Redemoinho?

Veja o que diz Wiersbe em seu comentário expositivo de 2 Reis 2:

“O rei Acazias morreu, mas Elias não! Ele foi levado para o céu num redemoinho acompanhado de uma carruagem de fogo puxada por cavalos flamejantes. Assim como Enoque, nos tempos mais antigos, Elias andou com Deus e, de repente, foi estar com Deus (Gn 5:21-24; Hb 11:5). Os dois homens ilustram o arrebatamento dos santos quando Jesus voltar (1 Ts 4:13-18). Porém, antes de Elias deixar Eliseu para dar continuidade a seu trabalho, caminhou com seu sucessor de Gilgal até a região além do Jordão, o que deve ter sido uma caminhada e tanto!”

A afirmação de Elias sendo levado para o céu em uma carruagem de fogo, não condiz com a Bíblia. Pois, o texto é claro em afirmar que “Elias subiu ao céu num redemoinho.”

Apesar de “carro de fogo, com cavalos de fogo” separarem Elias de Eliseu, não significa que o profeta foi para o céu na carruagem, mas que ela apenas separou um do outro e acompanhou Elias até o céu.

Mas, por que a Carruagem de Fogo quando Elias foi Levado para o Céu em um Redemoinho?

Bom, como vimos anteriormente, o ministério de Elias teve grande significado espiritual, tanto que quando Jesus estava no monte da transfiguração, quem aparece lá? Nada mais, nada menos que Moisés e Elias.

E, outro propósito da carruagem de fogo acompanhar a subida do profeta ao céu, é pelo motivo que Elias estaria passando o ministério para Eliseu. Ou seja, não era o fim, mas a continuidade de um ministério profético.

Então, Elias subiu ao céu em um redemoinho acompanhado por um carro de fogo, com cavalos de fogo, porque além de significar a proteção de Deus, representava a continuidade de seu ministério por intermédio de Eliseu.

André Lourenço

Bacharel em Teologia, Graduado em Gestão da Qualidade e Pós Graduando em Psicologia nas Organizações, André possui mais de 17 anos de experiência na pregação e ensino da Bíblia. É Professor de cursos de Homilética e Hermenêutica. Já escreveu centenas de estudos bíblicos e ministra aulas na EBD. Se considera um eterno aprendiz e apaixonado por Compartilhar a Palavra de Deus!

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo