O que Jesus quis dizer com “fé como um grão de mostarda?”

porque em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e há de passar; e nada vos será impossível. – Mateus 17:20

Você já desejou ter mais fé? Fé mais forte? Fé mais profunda? Às vezes, pensamos que se conseguirmos reunir mais fé dentro de nós mesmos, podemos realizar mais.

Um dos maiores erros que podemos cometer na vida cristã é pensar que o poder se origina na própria fé. Mas em duas ocasiões distintas nos Evangelhos, Jesus fala sobre uma fé “semente de mostarda” que pode resultar em grandes coisas.  

O que significa “fé como um grão de mostarda”?

Por que Jesus usa um grão de mostarda para descrever a fé? 

Nos dias de Jesus, o grão de mostarda era usado proverbialmente para representar as menores coisas. E com um diâmetro de 1 a 2 milímetros, é uma ilustração adequada!

Ao usar esta ilustração para descrever a fé, Jesus está dirigindo nossa atenção, não para a quantidade ou força de nossa fé, mas para o objeto de nossa fé. Nossa fé é tão forte quanto o objeto em que é colocada.

Se a nossa fé, mesmo que seja do tamanho de um grão de mostarda, for colocada no Deus todo-poderoso, grandes coisas podem acontecer. 

Leon Morris diz: “Não é necessário ter grande fé; mesmo uma pequena fé é suficiente, desde que seja fé no grande Deus”.

A Bíblia define a fé como uma certeza dependente e pura no caráter e nas promessas de Deus. A definição bíblica mais famosa de fé é Hebreus 11:1: “Ora, a fé é a certeza das coisas que se esperam, e a convicção das coisas que se não veem”.

O conteúdo dessa fé é esclarecido no versículo 6: “…pois quem quer se aproximar de Deus deve crer que ele existe [seu caráter] e que recompensa aqueles que o buscam [suas promessas]”.

A fé bíblica não tem nada a ver com esforço pessoal (Efésios 2:8-9) e não depende da força e sabedoria humana (1 Coríntios 2:5). 

Em outras palavras, quando falamos sobre a fé bíblica, toda a força e poder vêm do objeto da fé (o próprio Deus), não do “tamanho” da fé – até mesmo uma fé “semente de mostarda” serve.

Que versículos da Bíblia mencionam a fé da semente de mostarda?

Jesus usa esta analogia duas vezes: uma em Mateus 17:20 e outra em Lucas 17:6. Em cada um desses relatos, Jesus está enfrentando a falta de fé nos discípulos.

Mateus 17

Em Mateus 17, um homem implora a Jesus que cure seu filho que sofria de um demônio opressor. O homem diz a Jesus que ele já havia ido aos seus discípulos, mas “eles não podiam curá-lo” (Mateus 17:16).

Jesus responde a isso com tristeza pela “geração infiel e pervertida” e então expulsa o demônio do menino. 

Quando os discípulos perguntam a Jesus por que não puderam expulsá-lo, Jesus responde: “Por causa da sua pouca fé. Pois em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a esta montanha: Vai daqui para lá, e ela se moverá, e nada será impossível para ti”.

Lucas 17

Em Lucas 17, Jesus está ensinando seus discípulos sobre o perdão, dizendo-lhes que, mesmo que alguém o ofenda “sete vezes no dia”, eles deveriam perdoá-lo sete vezes (Lucas 17:3-4). Ao ouvir este comando difícil, os discípulos respondem: “Aumenta a nossa fé!” (Lucas 17:5).

Jesus mais uma vez usa a ilustração do grão de mostarda: “Se você tivesse fé como um grão de mostarda, você poderia dizer a esta amoreira: Arranca-te e planta-te no mar, e ela te obedeceria” (Lucas 17:6).

Os discípulos tinham uma fé equivocada. Eles não conseguiram expulsar o demônio porque, de acordo com o comentário de Leon Morris, “talvez os discípulos estivessem tratando seu poder de expulsar demônios como uma nova possessão própria – uma espécie de magia – eles passariam por sua rotina e o diabo sairia.”

Eles assumiram que “mais fé” lhes daria o poder de perdoar. Mas em ambas as ocasiões, Jesus lhes diz que se eles têm fé (mesmo que seja do tamanho de uma semente de 1 milímetro) que é colocada no Deus todo-poderoso, grandes coisas acontecem.

É importante observar aqui que não é a “quantidade” de fé que traz o impossível ao alcance, mas o poder de Deus, que está disponível até mesmo para a “menor” fé.

Pode mover montanhas?

Jesus estava sendo literal quando disse que a fé poderia arrancar uma montanha e lançá-la ao mar? Não. Se fosse literal, eu estaria a caminho das Montanhas Rochosas para tentar.

Assim como a “semente de mostarda” era uma ilustração proverbial, a montanha também o era.

De acordo com RT France, montanhas sendo arrancadas e movidas era uma ilustração comum para descrever “a ocorrência mais improvável: (Isaías 54:10; 1 Coríntios 13:2). O forte contraste entre a menor das sementes e a imensidão de uma cordilheira é poderoso.

Jesus está nos dizendo que somente a fé em um Deus poderoso pode realizar as coisas que somente um Deus poderoso pode fazer. 

Isso não significa, porém, que podemos aproveitar o poder de Deus para realizar o que  desejamos. Não podemos roubar o poder de Deus para nossos próprios propósitos.

Se a fé é uma garantia dependente e pura no caráter e promessa de Deus, então essa fé só buscará coisas que se alinham com seu caráter e concordam com suas promessas. 

A verdadeira fé está alinhada com sua vontade conforme revelada na Bíblia. Não se trata de um encanto mágico alcançar nossos próprios sonhos. 

Como os cristãos podem aplicar essas escrituras à vida real?

Nós, como cristãos, devemos ter o cuidado de colocar nossa fé, não em nossa própria determinação, mas no próprio Deus. Isso significa que devemos procurar conhecê-lo profundamente. Devemos estudar seu caráter e insistir em suas promessas.

Aqui estão apenas algumas sugestões para cultivar isso em nossas vidas:

  • Estude Romanos 8 e escreva o que Deus lhe prometeu como crente em Jesus Cristo.
  • Compile uma “Biografia de Deus” registrando cada atributo e característica que você encontrar durante sua leitura pessoal da Bíblia
  • Mantenha uma lista de pedidos de oração e anote todas as vezes que Deus responde a cada pedido. 

Uma oração para que sua fé de semente de mostarda mova montanhas

Querido Deus, Tu és o Deus do impossível. Eu sou tão fraco e frágil, mas o Senhor é todo-poderoso. Obrigado porque minha esperança não repousa na força da minha própria fé, mas na sua força. 

Por menor que seja, mantenha minha fé focada somente em Ti. Convença-me e conforte-me com seu caráter e promessas. Ajude-me a alinhar minha vontade com a sua. 

Mantenha-me em sua Palavra para que minha fé esteja enraizada em um fundamento firme. Em nome de Jesus,  amém. 

Botão Voltar ao topo