Mães fiéis – Sermão para os Dias das Mães

A bíblia está repleta de mães que nos deixam bom exemplos. Lembrar das histórias dessas mães é sempre aconselhável, ainda mais quando estamos no Dia das Mães. Aqui está um sermão para se pregar no culto do Dia das Mães. Seu tema é “Mães fiéis” sobre a fé de Eunice e Lóide, mãe e avó de Timóteo.

Tema deste sermão para os Dias das Mães: Mães Fiéis

Texto deste sermão para os Dias das Mães: Filipenses 2:19-23

“E espero no Senhor Jesus que em breve vos mandarei Timóteo, para que também eu esteja de bom ânimo, sabendo dos vossos negócios. Porque a ninguém tenho de igual sentimento, que sinceramente cuide do vosso estado; Porque todos buscam o que é seu, e não o que é de Cristo Jesus. Mas bem sabeis qual a sua experiência, e que serviu comigo no evangelho, como filho ao pai. De sorte que espero vo-lo enviar logo que tenha provido a meus negócios.”

Introdução deste sermão para os dias das mães

Paulo está fazendo referência a Timóteo quando ele nos diz que não há “…Porque a ninguém tenho de igual sentimento…” Basicamente ele está dizendo que não há ninguém que seja como ele. Agora isso é um elogio.

O que no caráter de Timóteo justificaria tal afirmação? Vamos ler 1 Timóteo 1:1-5.

“Quando me lembro da fé não fingida que há em ti…” (2 Tm 1:5a)

Aqui Paulo fala da fé de Timóteo, sua fé não fingida. A palavra “não fingida” significa fé honesta ou genuína.

Paulo relaciona a fé de Timóteo com a fé de sua mãe, Eunice, e sua avó, Lóide. Nesta passagem vemos três gerações de fé.

Agora, a maioria de nós tem tesouros preciosos que recebemos de nossas mães ou avós. Esses tesouros
podem não ser valiosos no mercado de hoje, mas são inestimáveis para nós, porque nos foram transmitidos através das gerações.

Posso sugerir que há algo mais precioso do que essas heranças? É a nossa fé. Mães e avós, este é o seu dia. É o dia em que celebramos, homenageamos e lembramos cada um de vocês.

Mas aqui temos uma mãe e uma avó que foram colocadas nas páginas da bíblia para todos nós lembrarmos. Ora, porque elas tiveram o cuidado de passar adiante sua fé.

Neste Dia das Mães, quero desafiar cada um de nós a seguir seu exemplo. Transmita sua fé para seus filhos, netos e até bisnetos. Será o presente mais importante que você pode dar a eles.

I. Uma Fé que é Bíblica

“E que desde a infância sabes as sagradas escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus.” (2 Tm 3:15)

A. Timóteo tinha sido ensinado na Palavra de Deus.

Sua mãe e sua avó não tinham medo de instruí-lo nos caminhos do Senhor.

Ocasionalmente, encontro pessoas que se julgam realmente progressistas em seus pensamentos. Eles estão ansiosos para falar a última palavra psicológica infantil que eles leram ou ouviram sobre deixar a criança encontrar seu próprio caminho na vida.

Mas somos instruídos que, como pais, temos a responsabilidade dada por Deus de criar nossos filhos em Seus caminhos de acordo com Sua Palavra.

B. A fé de Timóteo foi um resultado direto de ser ensinado a Palavra de Deus.

“Assim, pois, a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.” (Rm 10:17)

A educação é importante, com certeza, mas as crianças precisam ser instruídas na Palavra de Deus.

O analfabetismo espiritual é desenfreado na sociedade de hoje. Mas, a Palavra de Deus é clara quanto às nossas responsabilidades.

“Portanto, guardareis estas minhas palavras no vosso coração e na vossa alma, e as atai por sinal na vossa mão, para que sejam por frontais entre os vossos olhos. E vós ensine-as a teus filhos, falando delas assentado em tua casa, e andando pelo caminho, deitando-te e levantando-te”. (Dt 11:18-19)

II. Uma Fé que é Real

A. Lembre-se de que Paulo descreveu a fé de Timóteo como sendo “não fingida”. Isso significa que era uma fé real, não falsa.

Timóteo tinha visto essa fé real na vida de sua mãe e avó. Foi demonstrado pelo modo como viviam, não apenas pelo que diziam.

“Sim, um homem pode dizer: Tu tens fé, e eu tenho obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras.” (Tiago 2:18)

Deus usa Tiago para mostrar que a fé real é sempre manifestada pelo que fazemos.

B. A fé é comunicada por demonstração prática.

A maior demonstração de nossa fé é viver honestamente diante de nossa família. Pois, as crianças têm uma incrível capacidade de ver através da fachada o que é real em nossas vidas.

Timóteo teve excelentes exemplos de fidelidade genuína tanto em sua mãe quanto em sua avó.

“Mas continua nas coisas que aprendeste e de que tens certeza, sabendo de quem as aprendeste.” (2 Tm 3:14)

III. Uma Fé que é Memorável

A. A influência duradoura da fé.

Quando tudo o mais foi esquecido há muito tempo, o que é lembrado é a fé.

Os grandes heróis do Antigo Testamento estão registrados em Hebreus 11. Não são tanto as realizações que são enfatizadas, mas o fato de terem feito tudo pela fé. Não é tanto a quantidade de fé, mas a qualidade da fé.

Jesus disse que com fé como um grão de mostarda, árvores podem ser arrancadas e montanhas podem ser removidas.

B. O que nossos filhos e netos se lembrarão de nós?

  • Eles se lembrarão de nossa fé na Palavra de Deus e no Deus da Palavra?
  • Eles se lembrarão de que nossa fé era genuína?
  • E eles se lembrarão de nossa fé ou então, de nossa infidelidade?

Conclusão deste Sermão para os Dias das Mães

Ao considerarmos nossa fé neste sermão, talvez você precise confiar em Cristo como seu Salvador. O convite é para você fazer exatamente isso.

Venha agora e permita-nos mostrar-lhe pela Palavra de Deus o quanto Ele te ama, e como você pode ter a vida eterna.

Talvez não tenhamos sido o exemplo de fé que precisamos ser para nossa família. A Bíblia nos diz que podemos fazer todas as coisas através de Cristo.

Qualquer que seja a necessidade, o convite é para você vir e fazer negócios com Deus.

Botão Voltar ao topo