3 Fatos Interessantes sobre Matusalém

Não podemos negar que existem pessoas que chegam longe na idade, mas, e o caso de Matusalém? Você já imaginou como seria ser uma pessoa de 969 anos? Como seria ser o avô de Noé?

Quem foi Matusalém?

Matusalém é conhecido como o patriarca que viveu mais tempo na Bíblia. Ele foi o filho de Enoque e o avô de Noé, conforme registrado na genealogia bíblica em Gênesis.

De acordo com a Bíblia, Matusalém viveu 969 anos, o que o torna o homem mais longevo mencionado na Escritura. No entanto, além dessa informação sobre sua longevidade, a Bíblia não oferece muitos detalhes sobre sua vida ou preocupações pessoais.

A menção de Matusalém na genealogia bíblica geralmente serve para destacar a longevidade dos patriarcas antediluvianos e preparar o cenário para o relato do Dilúvio.

Quem eram os Patriarcas Antediluvianos?

Matusalém é conhecido como o patriarca que viveu mais tempo entre os 10 patriarcas antediluvianos, embora outros quatro tenham vivido mais de 900 anos também. Seu filho, Lameque, foi o que viveu menos, morrendo aos 777 anos.

Todos esses patriarcas morreram de morte natural, exceto Enoque, pai de Matusalém. Aos 365 anos, Enoque “andava com Deus” e foi levado diretamente para o céu, como registrado em Gênesis 5:23, onde diz que “Deus para si o tomou”.

Enoque e Elias são os únicos dois homens nas Escrituras que foram para o céu sem passar pela morte física.

O que a Bíblia diz sobre Matusalém?

Matusalém, embora conhecido por sua longevidade, não recebe muita atenção nas Escrituras em termos de narrativa detalhada sobre sua vida ou feitos. Ele aparece na genealogia bíblica em Gênesis 5, onde estão enumerados os patriarcas antediluvianos. Mas existe pouca informação sobre ele.

Entre os patriarcas antediluvianos, Adão e Noé são os que recebem mais destaque nas Escrituras, sendo o primeiro o primeiro homem e o último, respectivamente. Enoque também é destacado por sua história de ter sido levado por Deus sem passar pela morte física.

O capítulo 5 de Gênesis resume as vidas dos patriarcas antediluvianos em algumas frases repetitivas, com poucos detalhes adicionais sobre suas vidas individuais além de seus nomes e idades.

Matusalém se destaca principalmente pela sua longevidade. Mas a narrativa detalhada sobre ele é limitada, o que deixa muitas questões sobre sua vida sem resposta nas Escrituras.

3 Fatos Interessantes sobre Matusalém

Matusalém, figura enigmática da Bíblia, nos revela alguns aspectos intrigantes de sua vida e longevidade.

Primeiramente, aos 187 anos de idade, Matusalém teve seu primeiro filho, indicando uma peculiaridade em relação à paternidade em uma idade avançada.

Segundo, ele viveu incríveis 782 anos após o nascimento de seu primeiro filho, demonstrando uma longevidade notável, durante a qual ele viu seus filhos e filhas terem descendentes próprios.

Terceiro, sua vida excepcionalmente longa é resumida em uma expectativa de vida de 969 anos, destacando-o como o homem mais longevo mencionado na Bíblia.

No entanto, sua longa jornada chega a um fim abrupto com a simples frase “e ele morreu”, encerrando uma vida extraordinária envolta em mistério e curiosidade.

história de Matusalém

O que podemos saber sobre Matusalém?

Não encontramos quase nada sobre Matusalém na Bíblia, exceto as três frases. Mas há algo que possamos compreender? O que o nome dele nos sugere? 

A maioria dos estudiosos acredita que o nome de Matusalém é semítico.

A existência semítica (e hebraica) está enraizada na saga salvífica do Antigo Testamento. O ato de Deus, que é Sua palavra, incluiu o seguinte debarim (plural de debar). 

Ele “falou” a um povo próprio, à Sua imagem, para habitar o mundo que Ele criou, florescer nele, multiplicar-se e obedecer ao único mandamento que Ele estabeleceu. 

Infelizmente, eles não o fizeram. E assim trava um conto. De fato, assim trava a história da criação, queda, redenção e restauração. Mas voltando a Matusalém.

Uma das sugestões do significado de seu nome, incluem enviado ou envio. Significa, portanto, homem enviado. 

Os homens mais velhos que já viveram e por que somos diferentes

Os homens mais velhos que já viveram e por que somos diferentes

A era antediluviana marcou a história após a Queda. Adão e Eva, expulsos do Jardim, perderam o companheirismo direto com Deus e enfrentaram um mundo de trabalho árduo.

Doença, maldade e morte são consequências do pecado, uma realidade que persiste até hoje em um mundo caído.

Desde a sua aparição, o maligno tem influenciado o mundo, tornando-se uma praga tão difundida que muitas vezes não reconhecemos sua obra destrutiva.

Atualmente, vivemos com a urgência de pecar, tentando nos aproximar de Jesus enquanto lidamos com a queda.

Os patriarcas antediluvianos viveram vidas de duração incompreensível para nós, uma questão que intriga.

Eles foram superados por seus descendentes em longevidade. Uma dinâmica que pode se entender através do conflito entre os setitas e os cainitas.

Deus decidiu não habitar eternamente entre a humanidade, determinando que a vida do homem se limitasse a 120 anos.

Diante da maldade generalizada, Deus escolheu Noé e sua família para iniciar uma nova era, salvando-os através do Dilúvio pela fé e graça.

Conclusão sobre a história de Matusalém

Como vimos neste estudo bíblico, Matusalém foi uma pessoa que viveu muitos anos. Mas, por mais que alcançou essa avançada idade, o que é isso diante da eternidade de nosso Deus?

Mesmo que ele tenha sido uma pessoa cheia de experiências e maturo, para Deus era como se fosse uma criança dependente do cuidado dos pais.

Tudo isso que estudamos aqui, mostra, portanto, que o homem, embora alcance muitos dias de vida, ainda continua limitado. Matusalém que viveu muitos dias não escapou da morte.

O que nos resta, é confiar em Deus, pois Ele nos prometeu vida eterna e um novo lugar onde não envelheceremos nem provaremos a morte!

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!