Qual é o propósito de Deus para nossa família?

propósito de Deus para nossa família

Todos nós temos uma família, seja biológica ou adotiva. As famílias mudam quando os bebês nascem ou são adotados, e quando ocorrem casamentos e mortes. Quando alguém se casa, é normal aceitar a família do cônjuge como sua. E há momentos em que, após a morte do cônjuge, a viúva ou viúvo mantém relações familiares com a família do cônjuge falecido. Se alguém se casar novamente, a família aumenta.

Família é um conceito importante na Bíblia. Deus instituiu a família quando criou Eva como adjutora de Adão. O resto da Bíblia fala da família em seus vários papéis, e o mais importante é a igreja como família de Deus.

O que a Bíblia diz sobre Família?

A Bíblia define a família como nós – aqueles da mesma casa, que é o par de marido (homem) e esposa (mulher), junto com seus filhos. Porque Deus criou a família, Ele está intimamente envolvido com cada uma. 

As Escrituras são nosso grande instrutor de monogamia – a união vitalícia de um homem e uma mulher em casamento como fundamento da família (Gênesis 2:21-24). Em toda a Bíblia, prevalece a instituição da família como o modelo que Deus a criou para ser.

Todos os outros relacionamentos devem se originar da família, o alicerce de Deus para a construção da sociedade. 

Se considerarmos os Dez Mandamentos, veremos que os quatro primeiros dizem respeito ao nosso relacionamento com Deus, e os outros seis falam ao nosso relacionamento com os outros. Três estão diretamente relacionados à família. O quinto mandamento diz para honrar o pai e a mãe. O sétimo mandamento diz: “Não cometerás adultério”, preservando assim a natureza sagrada da família. O décimo mandamento, “não cobiçarás” fala do mandamento de Deus para a fidelidade do coração. Pois dentro de uma família, não é bom nem piedoso cobiçar o que os outros têm, incluindo uma família diferente. (Êxodo 20:12:17).

Jesus disse em Mateus 15:19, “do coração vêm os maus pensamentos, homicídios, adultérios, imoralidade sexual, roubos, falsos testemunhos, calúnias”. As ações procedem da intenção do coração, e Deus trata de preservar a família como a criou. Ele, portanto, recebe a glória (Efésios 3:14-21).

O Novo Testamento inclui narrativas históricas e epístolas que incluem instruções sobre o que a família deve ser de acordo com Deus. 

Paulo falou com eles quando disse: “Filhos, obedeçam a seus pais no Senhor, porque isto é justo” (Efésios 6:1) e “Filhos, obedeçam a seus pais em tudo, porque isso agrada ao Senhor” (Colossenses 3:20).

Por que a família é tão importante na Bíblia?

Deus usa as famílias ao longo da história para cumprir Sua vontade. A promessa que Deus fez a Abraão em Gênesis 15:5 envolve família. “Olha para o céu e conta as estrelas, se as podes contar. Então Ele lhe disse: ‘Assim será a tua descendência.”

Um desdobramento posterior da Aliança Abraâmica revela mais detalhes quando Deus diz a Abraão que Ele o fez “pai de uma multidão de nações… Eu farei de você nações, e reis virão de ti”. 

Deus estabeleceu Sua aliança eterna com Abraão e sua descendência (Gênesis 17:4-7). Então, assim começou uma família grande demais para ser contada.

E dentro da família de Abraão, surgiram ramificações. O mais significativo é a progressão das famílias que levou ao nascimento de Jesus Cristo, Salvador do mundo. 

Podemos então traçar Sua genealogia em Mateus 1:1-17 (um possível traço do lado da família de José) e Lucas 3:23-38 (um possível traço do lado da família de Maria). 

Não é um aparte insignificante que Deus usou todos os tipos de pessoas, incluindo uma mulher moabita (Rute em 4:18-22), uma prostituta (Raabe em Josué 6:23-25 ​​e Mateus 1:5) e uma adúltera Bate-Seba em 2 Sm 12:24. 

O ponto é que Deus não mostra parcialidade, e Ele usará famílias para Seus propósitos em Seu tempo perfeito (Isaías 55:8; Atos 10:34; Romanos 2;11; Gálatas 4:4).

Quem é a nossa família, de acordo com a Bíblia?

família na bíblia

Nossa família é apenas biológica? Felizmente, não. Como cristãos, ganhamos uma vida familiar dupla quando aceitamos Jesus como nosso Senhor e Salvador. 

Em certo sentido, temos famílias biológicas (aquelas que nos pertencem da maneira que Deus planejou), por exemplo, mãe, pai e irmãos. Em um segundo sentido, como pessoas pertencentes a Jesus, fomos adotados na família de Deus (Romanos 8:16-17). 

Os cristãos que foram adotados por outras famílias aqui na terra fazem parte de uma família tríplice (biológica, adotiva e família de Deus). 

Podemos considerar a família como um modelo para quem nós (como crentes) somos como filhos de Deus. Cada cristão é um filho de Deus (Romanos 8:161 João 3:1). 

E, de acordo com o desígnio de Deus, cada um de nós tem pai, mãe e irmãos (geralmente). Cada parte da família biológica de uma pessoa deve agir como Deus ordenou em Sua palavra. E cada cônjuge deve ser um com o outro (Mateus 19:5), assim como somos um em Cristo (Gálatas 3:28). 

Quanto às três possibilidades, apenas uma durará para sempre, e essa é a família de Deus. 

Devemos realmente amar nossa família biológica, mas passaremos a eternidade adorando ao Senhor com nossa família da igreja (que pode de fato incluir membros de nossas famílias biológicas). 

Jesus disse em Mateus 10:37: “Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim, e quem ama o filho e a filha mais do que a mim não é digno de mim”.

Versículos Bíblicos Sobre Família

A Bíblia tem muito a dizer sobre a família, mais do que posso dedicar no espaço deste artigo. Recomendo uma visita a uma concordância para uma pesquisa sobre família.

Vemos a demonstração de uma boa família em:

  • Abraão – Gênesis 18:19: Ele deveria ensinar seus filhos a fazer justiça e retidão. 
  • Jacó – Gênesis 35:2: Jacó ordenou que sua família expurgasse deuses estrangeiros e honrasse somente a Deus.
  • Josué – Josué 24:15: Josué escolheu que toda a sua casa seguisse o Senhor.
  • Davi – 2 Samuel 6:20: Davi abençoou sua casa (família).
  •  – Jó 1:5: Jó orou por seus filhos para que não pecassem.
  • Cornélio – Atos 10:2, 33: Cornélio era um homem devoto que temia a Deus junto com toda a sua casa (família).
  • Lídia – Atos 16:15: Lídia era uma crente hospitaleira cuja família inteira conhecia Jesus como Salvador.
  • Lois e Eunice – 2 Timóteo 1:5: Eles viveram sua fé assim Timóteo aprendeu através deles.

Vemos comandos para a família em:

Qual é o propósito de Deus para a família?

O Senhor detalhou Sua razão para uma família em Gênesis 1:28 quando disse: “Sede fecundos e multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a, e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves do céu e sobre toda coisa viva que se move sobre a terra”. 

As famílias devem encher a terra, assim como Deus disse que aconteceria com a família de Abraão. E Deus usa cada um que nasce para continuar esse processo por meio das famílias

No final, porém, o propósito de cada membro da família é “temer a Deus e guardar os seus mandamentos” (Eclesiastes 12:13).

O propósito final de Deus para nós é trazer a Ele a glória que Ele merece com tanta justiça.

Devemos buscar Seu reino primeiro como indivíduos e ensinar nossa família a fazer o mesmo. Devemos, como famílias, crescer em Cristo e ser testemunhas para o mundo. Um cordão de três fios não se rompe facilmente. Estamos, portanto, unidos em Cristo para adorá-Lo e cumprir Sua vontade.

Sim, todos nós nascemos em uma família. No entanto, o que importa, no final, é ter nascido de novo na família de Deus (João 3:3).

Autora Lisa Loraine Baker do site Crosswalk.

Redação BP

Redação BP

Compartilhe

Compartilhe

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts em seu email

Publicidade

© 2022 Biblioteca do Pregador

Esse site usa cookies para melhorar sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Leia Mais