Quem é Sofonias e por que ele é importante na Bíblia?

As palavras de Sofonias contêm um dos meus versículos bíblicos favoritos. No entanto, antes de chegarmos a esse versículo, como muitos livros proféticos, está cheio de quebrantamento alarmante e julgamento iminente. 

O livro não é exatamente como se aconchegar com um salmo reconfortante ou uma parábola inspiradora de Jesus. Mas ainda assim os temas de conforto, esperança e fé estão presentes se nos demorarmos com expectativa e fidelidade em suas páginas.

Então, o que sabemos sobre esse homem que o Senhor escolheu para levar Suas palavras ao Seu povo?

Nome de Sofonias

O nome Sofonias significa “o Senhor esconde” ou “o Senhor escondeu”. 

Era bastante comum os pais darem a seus filhos um nome que de alguma forma se tornasse uma parte profética de sua vida. Sim, essa é a parte divertida de ler as genealogias bíblicas. Sempre há alguns significados para os nomes e o propósito de por que eles são incluídos.

Estudiosos da Bíblia acreditam que talvez Deus tenha escondido Sofonias durante o sanguinário reinado de Manassés.

Se o nome de Sofonias não era uma profecia pessoal, certamente estava ligado à mensagem que o Senhor traria por meio de seu servo. 

Apesar do julgamento criterioso que viria sobre o povo de Israel, os justos seriam escondidos e protegidos da destruição vindoura. 

“…podemos pedir ao Senhor que nos esconda das trevas do pecado…”

Alguns estudiosos da Bíblia acreditam que seu nome reflete o coração de pais cheios de fé confiando seu filho aos cuidados do Senhor durante um tempo em que se desonrava e desprezava as coisas de Deus. 

Como mãe, aprecio como as Escrituras estão cheias de pais criando filhos que se tornaram adultos que amam e servem a Deus, apesar da cultura ao seu redor.

Se o nome de Sofonias refletiu o coração de seus pais, os planos de Deus para Sofonias e para Seu povo, é encorajador. Possamos pedir ao Senhor que nos esconda das trevas do pecado, ou pedir a Ele que esconda aqueles que amamos.

Herança da família de Sofonias

De todos os profetas do Antigo Testamento, Sofonias incluiu mais de sua linhagem. 

A maioria dos profetas incluiu apenas duas gerações em sua genealogia, mas Sofonias se ligou a Ezequias. 

Enquanto alguns estudiosos acreditam que este não é o rei Ezequias porque o título real não está incluído, a maioria concorda que Sofonias é de fato um descendente do rei Ezequias. 

De qualquer forma, os estudiosos da Bíblia acreditam que a genealogia enumerada indica uma posição social mais elevada do que a maioria dos outros profetas do Antigo Testamento. 

E em uma época em que a família real havia desonrado seu chamado, Sofonias tinha o desafio de pastorear o povo de Deus em direção à justiça.

Cultura de Sofonias

Sofonias foi contemporâneo do rei Josias. Assim, o coração que transbordava de preocupação com o julgamento vindouro do Senhor também foi testemunha de um belíssimo avivamento em Judá. 

Embora houvesse um avivamento durante sua vida adulta, quando criança ele teria sido testemunha de sacrifícios humanos e práticas ocultas como comuns. 

Apesar do revigorante reavivamento que ocorreu sob o rei Josias, a escuridão das práticas pagãs os cercava por todos os lados de sua pequena nação.

Para muitos de nós leitores modernos, é difícil entender as mensagens de julgamento nos livros de profecia. Uma das coisas que me ajudaram a entender melhor o coração de Deus por trás de Suas palavras foi estudar quais eram as práticas ocultas ou pagãs. 

Raramente nos demoramos nesses assuntos na escola dominical ou em livros devocionais. Portanto, isso leva a um mal-entendido do caráter de Deus porque é difícil para nós entender Sua resposta. 

Se você tem lutado com isso, eu o exorto a fazer algumas escavações por conta própria para entender as práticas pagãs que o Senhor abordou durante esse tempo.

“…Deus nunca traz destruição a um lugar ou a um povo que já não tenha se destruído.”

Depois de estudar essas práticas durante o seminário, cheguei à conclusão de que a resposta de Deus era de natureza muito mais protetora do que imprudente e exigente.

Se visse alguém prejudicar seu filho e não fizesse nada para ajudar ou impedir esse pai desse comportamento prejudicial, você também seria um cúmplice no ato. 

Muitas vezes balançamos o dedo para Deus e nos perguntamos por que Ele permite que o mal aconteça.

Mas quando lemos sobre Seu chamado para que Seu povo acabe com suas práticas malignas, achamos Suas palavras e planos desagradáveis. 

Deus não seria Deus se ficasse de braços cruzados enquanto crianças são usadas como prostitutas ou sacrifícios no templo. Em algum ponto, depois de gerações enviando profetas para impedir as pessoas de prejudicarem a si mesmas e umas às outras, Ele encerrou o ciclo.

Esta é, portanto, a cultura de Sofonias. De grande escuridão. De violência e dor. 

Deus nunca traz destruição a um lugar ou a um povo que já não tenha se destruído. E além disso, Sua destruição é sempre com o propósito de proteger ou reconstruir.

A mensagem de Sofonias

As primeiras palavras do livro são: “Esta é a palavra do Senhor que veio a Sofonias…” (Sofonias 1:1)

A primeira coisa que Sofonias quer que seus leitores saibam é que estas não são suas palavras, são as do Senhor. 

Certamente, se Deus tivesse me escolhido para entregar tal mensagem, eu gostaria de gritar isso primeiro. 

Ninguém espera e sonha em crescer para ser a pessoa que declara o julgamento iminente de Deus sobre todos ao seu redor. Que mensagem pesada Deus colocou no coração de Sofonias! 

“…tudo o que o Senhor finalmente fizer será feito em Sua bondade, fidelidade, justiça e amor.”

A mensagem do profeta Sofonias

O próximo ponto importante da mensagem de Sofonias é que o tema central é “O Dia do Senhor”. 

Algumas das palavras de Sofonias se cumpririam em poucos anos. Mas, como grande parte da profecia, o cumprimento de sua mensagem aguardava um dia de conclusão muito no futuro. 

Os estudiosos da Bíblia notaram que, de todos os profetas do Antigo Testamento, Sofonias usou a frase “Dia do Senhor” mais do que qualquer outro.

Embora haja uma espécie de medo em torno de tudo o que acontecerá naquele dia, Sofonias nos aconselha que, tudo o que o Senhor fizer será feito em Sua bondade, fidelidade, justiça e amor.

O Novo Testamento nos exorta a “apressar” e “procurar” o Dia do Senhor. A mensagem de Sofonias nos lembra, mesmo milhares de anos depois, que através de toda a loucura que se desenrola, muda e obscurece ao nosso redor, devemos colocar nosso foco e fé naquele tão importante “Dia do Senhor”. 

Nossa verdadeira esperança deve ser selada em Cristo e em passar a eternidade com Ele.

Deus de Sofonias

Meu versículo favorito em Sofonias é o capítulo 3 versículo 17:

“O SENHOR teu Deus, o poderoso, está no meio de ti, ele salvará;

Ele se deleitará em ti com alegria;

Calar-se-á por seu amor,

Regozijar-se-á em ti com júbilo.”

Sofonias serviu e amou seu Deus que é Santo, que enviaria julgamento às pessoas que agiram contra Seus bons planos e desígnios, e Ele também é o Deus que está sempre perto daqueles que O amam. E este também é o nosso Senhor. Aquele que diz que está em nosso meio, tão próximo quanto um sussurro, mais próximo de nós do que a cultura ou as circunstâncias em que vivemos. Ele nos salvará.

Em última análise, esta palavra preciosa é cumprida na vida, morte e ressurreição de Cristo. Mas no contexto dos versículos ao redor há uma garantia adicional de que, apesar das coisas angustiantes que acontecem aos filhos de Deus, Ele os salvará do julgamento que recai sobre os injustos. 

Deus se regozija com você com alegria e aquietará a luta de sua alma com Seu amor. E mais docemente, Ele se alegrará com você cantando. 

“…Sofonias conhecia o segredo do caráter de Deus, de Sua santidade e de Sua grandeza.”

Este foi o Deus que Sofonias proclamou. Muitas vezes vemos Deus como amoroso ou julgador. Mas Sofonias conhecia mais o segredo do caráter de Deus, de Sua santidade, de Sua grandeza do que nós. 

Ele sabia que, embora Deus traria fielmente o julgamento, Ele também nunca, jamais afastaria a Si mesmo ou Seu amor de Seu povo.

Ele entendeu que Deus era grande e profundo o suficiente para amar completamente no meio do julgamento, e que porque Ele era Deus, Ele nunca poderia remover o Amor de Suas ações ou coração porque o Amor é Sua própria essência.

Sofonias não é uma leitura fácil ou rápida. Temos lição de casa a fazer para entender tudo o que Deus aborda por meio de Sofonias. É um livro profundo, apesar de curto. No entanto, apesar de todas as lutas em suas páginas, se você procurar, encontrará Deus lá.

Autora April Motl, adaptado por Biblioteca do Pregador.

Botão Voltar ao topo