5 lições de Samá, o valente defensor do campo de lentilhas

Encontramos nos textos bíblicos várias histórias que nos ensinam a lidar com os nossos desafios. E para te ajudar a enfrentar as suas lutas, vamos te apresentar quem foi Samá na Bíblia e como ele foi corajoso para defender um campo de lentilhas.

Apesar de não receber grande destaque entre os personagens bíblicos, podemos aprender como confiar em Deus e em nossas próprias habilidades para superar desafios. 

Continue lendo e conheça quem foi Samá, qual o contexto histórico ele viveu e o que podemos aprender com sua experiência.

Quem foi Samá na Bíblia e o contexto histórico

Este foi um dos três valentes guerreiros do rei Davi. O livro de  2 Samuel, capítulo 23, versículos 11 e 12 diz que ele faz parte da lista dos “Trinta”. Esse era um grupo de guerreiros corajosos e leais a este rei.

O relato deste valente aparece quando ele defende o campo de lentilhas.  

“Depois dele, Samá, filho de Agé, o hararita. Os filisteus se haviam reunido num terreno cheio de lentilhas. O povo fugiu diante dos filisteus, mas ele se colocou no meio daquele campo, e o defendeu, e feriu os filisteus; e o Senhor efetuou um grande livramento.”

2 Samuel 23: 11-12

De acordo com o site Abarim, Samá significa “A raiz semítica amplamente atestada שמח (samah) significa ser elevado ou elevado, com nuances que variam desde uma ênfase no orgulho, abundância ou alegria e alegria. No hebraico bíblico, nossa raiz tende a se inclinar para a nuance de alegria e fala de estar elevado em espírito, regozijar-se ou ficar satisfeito com alguém (Deuteronômio 33:18, Juízes 9:19), com suas atividades (Deuteronômio 12:7) , em YHWH (1 Samuel 2:1, Joel 2:23), ou sua presença (Isaías 9:3), ou sua salvação (Salmos 21:1). Nosso verbo pode descrever um coração alegre (Êxodo 4:14, Provérbios 23:15) ou uma alegria arrogante (Isaías 14:8, Miquéias 7:8).”

Sua coragem livrou o povo de passar dificuldade

Naquele tempo, o povo vivia principalmente da agricultura, e tinham por inimigo os filisteus que estavam sempre tentando destruí-los de alguma maneira. 

Assim, neste relato, vemos que os filisteus se reuniram em um campo cheio de lentilhas, uma safra vital para o povo de Deus. Então, diante da ameaça deles, o povo fugiu, mas Samá tomou uma posição corajosa e decidiu defender o campo sozinho. Ele acreditava em Deus e em suas habilidades como guerreiro.

O resultado dessa confiança foi um grande livramento. Isso porque ao enfrentar os inimigos com determinação, os derrotou, garantindo assim, a segurança do campo de lentilhas e protegendo o sustento do povo.

Essa vitória, portanto, não aconteceria sem a intervenção de Deus e a coragem deste grande guerreiro.

5 Lições da história do valente que defendeu os campos de lentilhas:

Sempre podemos tirar ensinamentos, estímulos e fé dos relatos bíblicos e com a história de Samá não é diferente. Confira as principais lições que aprendemos com ele.

1. Confiança em Deus

Essa história nos lembra da importância de confiar em Deus em todas as circunstâncias. Mesmo quando nos deparamos com desafios aparentemente impossíveis, podemos olhar para Ele em busca de força e orientação.

2. Coragem em meio à adversidade

Essa passagem nos inspira a sermos corajosos diante dos desafios, a não recuar diante das ameaças, mas enfrentar os problemas com determinação

Afinal de contas, muitas vezes, é necessário tomar uma posição firme, mesmo quando todos ao nosso redor estão fugindo. 

3. Utilização de nossas habilidades

Esse personagem reconheceu suas habilidades como guerreiro e decidiu usá-las para proteger o campo de lentilhas. Ele entendeu que tinha uma responsabilidade e não hesitou em agir. 

Da mesma maneira, podemos aprender a reconhecer nossos talentos e habilidades e usá-los para enfrentar os desafios que surgem em nosso caminho. 

Nesse contexto, precisamos lembrar que Deus nos capacitou com dons únicos, e é nosso dever usá-los para fazer a diferença onde quer que estejamos.

4. Depender da intervenção divina

Samá sabia que era um guerreiro corajoso, mas também reconhecia que a vitória não dependia apenas de suas próprias habilidades, mas da intervenção de Deus. 

Por isso, ele confiou no poder de Deus para lhe proporcionar um grande livramento. Assim, mediante essa história, aprendemos que mesmo enfrentando desafios impossíveis, podemos entregar nossas preocupações a Ele e confiar em Sua sabedoria para nos guiar.

5. Proteger o que é valioso

Samá defendeu o campo de lentilhas porque compreendia o valor desse recurso para seu povo. Podemos aprender a importância de proteger aquilo que é valioso em nossas vidas. 

Isso pode ser nossas famílias, relacionamentos, sonhos, valores ou até mesmo nossa fé. Para tanto, devemos estar dispostos a lutar e sacrificar para preservar o que é importante para nós.

Por fim, aprendemos que com Deus ao nosso lado, podemos superar todas as dificuldades e experimentar a vitória em todas as áreas de nossas vidas.

Josiane Silva

Olá, eu sou a Josiane Silva, mãe, avó e procuro servir a Deus. Amo estudar a bíblia para compreender o comportamento humano. Afinal podemos aprender muito com as histórias dos outros, não é mesmo? Como gosto muito de ler e de escrever, também trabalho como redatora freelancer.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo