Sermão sobre Fatos e Lições da Epístola aos Colossenses

Estudo em forma de esboço expositivo da Epístola do apóstolo Paulo à igreja dos Colossenses.

Título: Fatos e Lições da Epístola aos Colossenses

Texto deste Sermão: Colossenses 1: 1-8.

INTRODUÇÃO deste Sermão sobre a Epístola aos Colossenses:

A. Colossenses 1: 1-8 familiariza um leitor do livro de Colossenses com quem escreveu a epístola, para quem a epístola foi escrita e algumas das razões pelas quais a epístola foi escrita.

B. Antes de estudarmos o livro, diremos algumas coisas sobre a cidade de Colossos.

1) Colossos, geograficamente localizado na Ásia Menor. 

Colossos fica a cerca de 450 a 500 milhas a noroeste de Jerusalém, se a pessoa fosse de avião. Alguém, indo por mar e por terra, pode viajar o dobro dessa distância.

2) Não há registro bíblico de que Paulo tenha ido a Colossos e mesmo assim ele trabalhou por três anos com a igreja em Éfeso, que também estava localizada na Ásia Menor e cem milhas a oeste de Colossos.

3) Colossos já foi uma cidade grande; no entanto, diminuiu devido à rivalidade de Laodicéia e Hierápolis, ambas mencionadas em Colossenses 4:13.

4) O vale onde as 3 cidades estavam localizadas sofreu um terremoto devastador em 61 DC. Hoje nada resta de Colossos, Laodicéia e Hierápolis.

5) Houve uma época em que havia vários judeus em Colossos. 

  • O solo era muito fértil. 
  • Havia muitas ovelhas na área. 
  • Tanto Colossos quanto Laodicéia eram conhecidos por seus produtos de lã.

6) Laodicéia ficava onze milhas ao sul de Colossos. Hierápolis ficava a trinta quilômetros de Colossos e a dezoito quilômetros de Laodicéia.

7) Paulo, um prisioneiro em Roma durante os anos 60 a 62 D.C, escreveu a carta à igreja em Colossos em 62 D.C.

3. Mais poderia ser dito sobre Colossos, mas vamos prosseguir no estudo do livro de Colossenses.

I. PRIMEIRO, COLOSSENSES 1: 1 NOS DIZ QUE A CARTA FOI ESCRITA POR PAULO.

A. Colossenses 1: 1 diz: “Paulo, apóstolo de Jesus Cristo pela vontade de Deus, e Timóteo nosso irmão”.

B O nome Paulo significa “pequenino”. 

É o equivalente a Saul em hebraico. Não há nenhuma implicação necessária, no nome, que Paulo teria sido pequeno em tamanho físico. O Rei Saul era um homem muito grande.

C. Paulo começa esta epístola identificando-se e afirmando seu apostolado. 

Quando ele se dirigiu a congregações que estavam atormentadas com o erro e o pecado, foi necessário apresentar sua autoridade, o que esta primeira declaração cumpre.

1) A palavra apóstolo significa “enviado” (em missão). Paulo professa o fato de que se tornou apóstolo de Cristo Jesus pela vontade de Deus.

2) Paulo foi um apóstolo pela vontade de Deus. Paulo não se designou para esse grande cargo.

3) A única maneira de alguém se tornar um apóstolo de Cristo era ser selecionado por Cristo e então receber seu poder para fazer milagres, como falar em línguas estranhas, curar os enfermos, dar visão aos cegos, ressuscitar os mortos e outros poderes milagrosos mencionados no Novo Testamento (1 Coríntios 12: 7-11).

4) Um apóstolo não tinha poderes miraculosos especiais, não possuídos por outro homem, a não ser os homens sobre os quais impunham as mãos (Atos 8: 14-25).

5) Um apóstolo de Cristo deve ter visto o Senhor ressuscitado.

D. Na última parte do versículo um de Colossenses um, Paulo inclui Timóteo em sua saudação aos de Colossos. Paulo diz: “e Timóteo, nosso irmão”.

1) Timóteo estava com ele. Timóteo havia passado algum tempo com Paulo em Éfeso durante a terceira viagem missionária (Atos 19: 1, 22).

2) Timóteo pode ter conhecido alguns dos cristãos em Colossos naquela época. Lembre-se de que Colossos ficava 160 quilômetros a leste de Éfeso.

3) Paulo amava Timóteo profunda e ternamente e expressa esse amor com o uso da palavra “irmão”. “Irmão” e “irmã” são boas palavras para os cristãos no século 21 usarem em referência uns aos outros.

II. SEGUNDO, COLOSSENSES 1: 2A INFORMAM OS LEITORES DE PELO MENOS CINCO COISAS SOBRE AQUELES PARA QUEM A CARTA FOI ESCRITA.

A. Colossenses 1: 2 diz: “Aos santos e irmãos fiéis em Cristo que estão em Colossos”.

B. “Santos” vem da palavra grega, cerca de 63 vezes em referência aos cristãos. 

Cristão é usado apenas 3 vezes no Novo Testamento. Discípulo só é usado 31 vezes, em referência aos cristãos, no Novo Testamento!

1) A palavra traduzida por santos vem de um termo grego que significa “separado, separado, santo”. 

Quando alguém obedece ao evangelho, ele ou ela é santificado: ele ou ela é santificado porque ele ou ela tem seus pecados lavados no sangue de Cristo; eles são separados do mundo para se tornarem um servo dedicado de Deus.

2) Um cristão fiel aumenta em santificação (santidade) conforme ele ou ela cresce e amadurece espiritualmente. Quanto mais velhos ficamos, mais como um santo celestial devemos nos tornar.

C. Paulo também se dirige aos destinatários como “irmãos fiéis”.

1) Apocalipse 2:10 ensina que os irmãos que irão para o céu serão irmãos que são fiéis através do ato real de uma morte.

2) Apocalipse 2:10 diz: “Sê fiel até a morte, e eu te darei a coroa da vida.”

3) Um cristão deve ser fiel durante o ato real da morte para que eles cheguem ao céu.

D. Paulo usa não apenas as palavras “santos” e “fiéis”, mas também a palavra “irmãos”. 

“Irmãos” refere-se a homens e mulheres em uma congregação local. “Irmãos” é um termo carinhoso e é usado em muitas passagens do Novo Testamento.

E. Paulo também se refere aos cristãos em Colossos como aqueles que estavam “em Cristo”.

1) A bíblia ensina que alguém entra em Cristo, quem crê, quem confessa crer que Jesus é o Filho de Deus, que se arrepende ou se desvia de uma vida pecaminosa e que obedece ao mandamento do batismo.

2) Gálatas 3:27 declara especificamente que alguém entra em Cristo durante sua obediência ao mandamento do batismo: “Porque todos vós que fostes batizados em Cristo vos revestistes de Cristo.”

F. A quinta referência que Paulo faz aos santos é o fato de que geográfica e fisicamente eles estavam “em Colossos”.

1) Cada cristão no século 21 vive em algum lugar física e geograficamente, no entanto, o objetivo e a meta de cada cristão deve ser certificar-se de que está “em Cristo”.

2) Cada cristão deve certificar-se de que está levando uma vida fiel e encorajando seus irmãos e irmãs a fazerem o mesmo.

3) Cada cristão deve certificar-se de que, como santo, eles estão vivendo uma vida separada e santa e sendo mais celestiais em suas atitudes e ações a cada dia.

III. TERCEIRO, COLOSSENSES 1: 2B CONTÉM A SAUDAÇÃO DE PAULO COM UMA COMBINAÇÃO DA SAUDAÇÃO GREGA E HEBRAICA.

A. Colossenses 1: 2b diz: “Graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo”.

B. “Graça” refere-se a favor imerecido ou imerecido e era uma saudação grega comum. A paz era uma saudação hebraica costumeira.

1) Todos os cristãos são recipientes da graça de Deus, que concede os ricos favores de Deus sobre nós. Da mesma forma, os cristãos receberam as bênçãos da paz que ultrapassa a compreensão humana (Fp 4: 6).

2) A saudação do apóstolo expressa seu desejo de que cada santo continue a ser beneficiário do favor e da paz de Deus. A Bíblia fala do Príncipe da Paz, do evangelho da paz e do reino da paz.

C. Graça e paz vêm para o cristão “da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo”.

1) Deus é nosso Pai no sentido espiritual. Quando alguém obedece ao evangelho, ele é adicionado à família de Deus, a igreja.

2) Como Pai, Deus abençoa seus filhos com todas as bênçãos físicas e espirituais. Deus cuida de seus filhos.

3) Graça e paz também se originam do “Senhor Jesus Cristo”.

IV. QUARTO, COLOSSENSES 1: 3-8 MOSTRA RAZÕES QUE PAULO DÁ POR SER GRATO A ELES.

A. Colossenses 1: 3 fornece um exemplo de Paulo oferecendo graças pelos de Colossos. 

“Damos graças ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, orando sempre por ti.”

1) Muito frequentemente, os cristãos começam suas orações pedindo coisas a Deus. Paulo começa esta oração agradecendo a Deus pelas coisas relacionadas com os de Colossos.

2) Como somos ensinados em outras passagens, Paulo começa sua oração dirigindo-se a Deus, o Pai.

3) Deus é retratado aqui como “o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo”. 

Paulo exaltou Jesus desde o início da epístola para combater o erro em Colossos. Senhor significa que Jesus é Divino, que Ele é Deidade, que Ele é Mestre e Governante. Jesus é o seu nome pessoal, o que significa que a salvação vem de Deus. Cristo significa que Jesus é o Messias, o Ungido.

4) Paulo ensina aos cristãos a importância da persistência na oração quando diz: “orando sempre por vocês”.

B. Em Colossenses 1: 4, Paulo menciona duas das razões pelas quais ele estava oferecendo gratidão a Deus: “visto que ouvimos da sua fé em Cristo Jesus e do seu amor por todos os santos”.

1) “Desde que ouvimos falar da tua fé em Cristo Jesus” implica que Paulo não tinha estado pessoalmente na cidade de Colossos e na igreja, mas que outros lhe deram um relato relativo à fé e ao amor.

2) A “fé em Cristo Jesus” refere-se aos cristãos que crêem em Jesus, confiam em Jesus e obedecem a Jesus.

3) “O amor por todos os santos” lembra os cristãos do século 21 que eles também devem ser amorosos para com seus semelhantes e seus irmãos em Cristo.

4) Os cristãos do século 21 devem demonstrar sua fé e demonstrar seu amor.

C. Veja agora Colossenses 1: 5. Colossenses 1: 5 ensina por que os santos de Colossos se sentiram motivados a demonstrar sua fé e seu amor. Colossenses 1: 5 diz:

“Por causa da esperança que está reservada para vós no céu, da qual antes ouvistes na palavra da verdade do evangelho”.

1) A palavra “esperança” significa desejo com expectativa. Cristãos fiéis e amorosos podem ter o desejo e a expectativa de ir para o céu e viver com Deus e Cristo por toda a eternidade.

2) O céu está “guardado”! O céu está esperando por aqueles que se preparem para isso.

3) Um indivíduo é capaz de aprender sobre esta esperança e como ir para o céu ouvindo “a palavra” e obedecendo “a verdade” e “o evangelho”.

4) A palavra de Deus é a única revelação que pode dar aos homens e mulheres esperança real. Ensinamentos falsos não dão esperança. A esperança dos cristãos é uma razão para que eles continuem na fé e no amor.

5) A esperança ajuda a pessoa a viver melhor porque dá sentido a viver para Cristo. Há uma recompensa que vale o esforço. A esperança suprema dos cristãos é a vida eterna no céu após a ressurreição dos mortos (João 5: 28-29).

D. Veja agora Colossenses 1: 6. Colossenses 1: 6 ensina que o evangelho dará frutos quando as pessoas o ouvirem e obedecerem. Colossenses 1: 6 diz:

“Que veio a vós como também em todo o mundo, e está dando fruto, como também está entre vós desde o dia em que ouvistes e conhecestes a graça de Deus”.

1) Paulo ensina que o evangelho não foi pregado apenas aos de Colossos, mas a “todo o mundo”. 

Discutiremos o fato de que a verdade foi pregada a todo o mundo com mais detalhes quando chegarmos ao versículo 23.

2) O evangelho é oferecido às pessoas. Não é imposto às pessoas. O evangelho pode ser aceito ou rejeitado. Os homens estão perdidos porque pecaram. Eles só podem ser salvos por meio da obediência ao evangelho (Marcos 16: 15-16).

E. Veja agora Colossenses 1: 7. Colossenses 1: 7 nos informa que Epafras tinha sido um servo e ministro em favor dos que estavam em Colossos. Colossenses 1: 7 diz:

“Como também aprendestes de Epafras, nosso querido conservo, que é um fiel ministro de Cristo em vosso nome”.

1) No livro de Filemom v. 23 fala que Epafras estava visitando Paulo na prisão em Roma. Parece que Epafras havia estabelecido e/ou estava trabalhando com a igreja em Colossos.

2) Provavelmente Paulo aprendeu as coisas boas sobre a igreja em Colossos com Epafras.

a. Os comentários elogiosos de Paulo sobre Epafras representa que não só ele foi aprovado, mas, como o evangelho que ele pregava.

b. Paulo elogiou Epafras por ser um ministro fiel de Cristo em nome da igreja em Colossos.

6. Colossenses 1: 8 nos ensina que Epafras informou a Paulo sobre o amor que os da igreja de Colossos tinham de acordo com a maneira como o Espírito Santo ensinava que os cristãos deveriam amar uns aos outros. 

Colossenses 1: 8 diz: “o qual também nos declarou o teu amor no Espírito”.

1) Volte ao versículo quatro, lá aprendemos que o amor que eles tinham incluía todos os santos (v. 4).

2) O amor que inclui apenas algumas pessoas é um amor hipócrita – e não nos faz bem.

3) Mateus 5: 46-47 diz: “46 Pois, se amas os que te amam, que recompensa tens? Nem mesmo os cobradores de impostos fazem o mesmo? 47 E se você cumprimenta apenas seus irmãos, o que você faz mais do que os outros? Nem mesmo os coletores de impostos fazem isso? ”

CONCLUSÃO deste Sermão sobre a Epístola aos Colossenses:

1. Oramos para que essas observações introdutórias tenham animado você sobre a “esperança que está depositada no céu” para todos os que se prepararem para irem para o céu.

2. Não adie o que você precisa fazer para finalizar a obtenção de sua alma na condição que precisa estar.

3. Se você sabe que há algo que você precisa fazer para ter certeza de que está preparado e pronto quando Cristo voltar, por favor, venha para a frente enquanto ficamos parados e cantamos!

Botão Voltar ao topo