Sermão sobre a serpente de bronze em Números 21:4-9

Esboço de Sermão sobre a serpente de bronze em Números 21:4-9. Esboço de Pregação em Números 21.

Título deste Sermão: A serpente de bronze

Texto deste Sermão: Números 21:4-9

6 Então o SENHOR mandou entre o povo serpentes ardentes, que picaram o povo; e morreu muita gente em Israel. 7 Por isso o povo veio a Moisés, e disse: Havemos pecado porquanto temos falado contra o SENHOR e contra ti; ora ao SENHOR que tire de nós estas serpentes. Então Moisés orou pelo povo. 8 E disse o SENHOR a Moisés: Faze-te uma serpente ardente, e põe-na sobre uma haste; e será que viverá todo o que, tendo sido picado, olhar para ela. 9 E Moisés fez uma serpente de metal, e pô-la sobre uma haste; e sucedia que, picando alguma serpente a alguém, quando esse olhava para a serpente de metal, vivia.

Introdução deste Sermão sobre a serpente de bronze:

Se você viajar para o oeste da Jordânia hoje e chegar ao topo do Monte Nebo, também conhecido como
Pisga, poderá ver todo o vale do Jordão. Este é historicamente onde Moisés olhou para ver a Terra Prometida.

Hoje você encontrará uma estrutura criada pelo artista do século XVIII Giovanni Fantoni. É chamado de Cruz Serpentina e é um memorial para dois eventos separados na história bíblica.

Somos cuidadosamente lembrados pelos escritores do Novo Testamento de que as pessoas, lugares e eventos registrados no Antigo Testamento estão lá como exemplos para aprendermos.

Paulo escreveu: “Ora, todas estas coisas aconteceram a eles (Israel) para exemplos: e elas foram escritas para nossa advertência”.

Hoje eu gostaria de chamar sua atenção para um evento muito estranho que aconteceu perto do fim das peregrinações pelo deserto.

Ao vermos seu pecado, tristeza e salvação, ficará muito claro para nós que o evento retrata a redenção do homem.

Os filhos de Israel não conseguiram entrar na terra que Deus lhes havia prometido. Como resultado de sua falta de fé, Deus os enviou ao deserto para vagar por quarenta anos, até que uma nova geração atinja a maioridade.

A rebeldia e a insatisfação eram características desse povo. Isso sempre acontece como resultado do pecado! Observe então, três coisas sobre Israel nesta passagem:

I. Seu pecado.

A. Foi contra o próprio Deus.

1. E o povo falou contra Deus
2. Todo pecado é, em última análise, contra Deus.
3. Pecamos contra Deus quando:
  • Murmuramos sobre Suas obras em nossas vidas
  • Nos recusamos a nos submeter à Sua vontade
  • Mostramos mais interesse nas coisas desta vida do que na vida futura.
  • Preferimos o prazer da carne ao proveito da alma.

B. Também foi contra o servo de Deus.

1. O povo falou contra Deus e contra Moisés
2. Aqueles que odeiam a Deus não podem amar Seu povo.
3. Quanto mais formos como nosso Salvador, mais seremos odiados por aqueles que O odeiam.
4. Em Tiago 4:4 diz: “…Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.”

C. Era contra a provisão de Deus.

1. Nossa alma detesta este pão leve
2. O pão que eles odiavam era o maná que Deus fez chover do céu para eles.
3. Sem aquele pão, eles teriam morrido…
4. Deus proveu maná, codornas e água da rocha várias vezes.
5. Deus proveu este mundo com o “Pão da Vida“, mas os homens ainda O desprezam e rejeitam assim como fizeram com o gracioso suprimento de maná de Deus.

II. Sua Tristeza.

A. Em aflição.

1. Foi somente quando o Senhor enviou serpentes entre eles que eles voltaram a si.
2. Deus sempre pune o pecado!
3. O estado deles é grave: mordida de cobra!
4. O resultado de sua condição: muitas pessoas morreram!
5. Veja Romanos 5:12 “Assim como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, por isso que todos pecaram.”

B. Em arrependimento.

1. Eles confessam seus pecados… oram por libertação.
2. Às vezes é preciso o fogo da aflição para nos trazer à razão.
3. Veja Romanos 10:9 “Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.”
4. Em Romanos 10:13 diz: “Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.”

C. Em petição.

1. Observe que agora eles querem que Moisés interceda por eles.
2. Quando os homens estão verdadeiramente conscientes de sua culpa, então estão conscientes de sua necessidade de um mediador.
3. Em 1 Timóteo 2:5 diz: “Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.”
4. Ele intercederá por nós… “Pai, perdoa-lhes”

III. Sua Salvação.

A. Foi Divinamente Designado.

1. O Senhor disse: “Faça de ti uma serpente…”
2. O homem não pode inventar algum remédio para o pecado. A salvação é do Senhor.
3. Por uma serpente eles foram mordidos, por uma em forma de serpente eles devem ser curados.
4. O homem caiu como resultado da desobediência de Adão, e pela obediência de Cristo o homem pode ser salvo.
5. Jesus se tornou pecado por nós para que Ele pudesse nos libertar das garras mortais.

B. Era Divinamente Adequado.

1. “Coloque-o sobre uma haste: e acontecerá que todo aquele que for mordido, olhando para ele, viverá”
2. Em Isaías 45:22 diz: “Olhai para mim, e sereis salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro”
  • Olhai – a coisa mais fácil possível de fazer.
  • Para mim – a maior pessoa possível.
  • Sereis salvos – a maior bênção possível.
3. Os mesmos olhos que olharam para a provisão de Deus com desgosto agora olhavam para a provisão de Deus com fé e receberam vida.
4. Deus tornou a salvação tão simples quanto possível; tudo o que eles tinham que fazer era olhar pela fé para a serpente que havia sido levantada.

C. Foi Divinamente Eficaz.

1. Qualquer homem, quando ele viu a serpente de bronze, ele viveu
2. Ninguém olhou em vão… ninguém que confia nele perecerá
3. Não importava quantas serpentes os mordessem, ou se eram ricos ou pobres, jovens ou velhos.
4. Como eles pareciam; eles encontraram cura e vida!

Conclusão deste Sermão sobre a serpente de bronze

Jesus confirmou que este evento apenas prenunciou Sua própria crucificação. Que imagem maravilhosa do Antigo Testamento da salvação em Cristo.

Em João 3:14-15 diz: “E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

Todos nós fomos envenenados com o pecado. “Todos pecaram e carecem da glória de Deus” (Romanos 3:23).

Mas a salvação pode ser nossa se olharmos para Jesus com fé. “Aquele que crê no Filho tem a vida eterna” (João 3:36).

Você já está salvo? Você já olhou para Jesus? Ele é o único que pode salvar sua alma.

Não há outro caminho… Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim”. (João 14:6)

Botão Voltar ao topo