Uma esperança viva

Esboço de pregação textual em 1 Pedro 1:3-5 com o tema: Uma esperança viva.

Tema: Uma esperança viva

Texto do sermão: 1 Pedro 1:3-5

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos,para uma herança incorruptível, incontaminável e que se não pode murchar, guardada nos céus para vósque, mediante a fé, estais guardados na virtude de Deus, para a salvação já prestes para se revelar no último tempo,

INTRODUÇÃO

Quando fazemos um estudo da epístola de Pedro, notamos que, no que diz respeito ao mundo, os cristãos são apenas “peregrinos”. Mas no que diz respeito a Deus, somos Seus “eleitos”.

Como “eleitos” (escolhidos) de Deus, somos os destinatários de muitas bênçãos que Ele oferece a todos os que obedecem e seguem a Cristo.

Uma dessas bênçãos está descrita em 1 Pedro 1:3-5. Ali aprendemos que Deus nos fez nascer de novo para “uma esperança viva”.

A compreensão desta esperança “viva” pode ajudar os cristãos que são “peregrinos” a serem mais alegres durante a sua permanência nesta vida.

Portanto, nesta lição examinaremos o que Pedro diz sobre a esperança cristã que a torna uma esperança “viva”.

O versículo 3 começa com Pedro louvando a Deus, e isso nos leva à primeira razão pela qual nossa esperança é uma esperança “viva”…

I. PORQUE DEUS É MISERICÓRDICO!

A. A BASE DA NOSSA ESPERANÇA NÃO ESTÁ NA NOSSA PRÓPRIA PERFEIÇÃO OU JUSTIÇA…

1. É bom que isso não aconteça, pois todos são pecadores aos olhos de Deus – cf. Romanos 3:23

2. Mesmo como cristãos, nos consideramos culpados diante de Deus – cf. 1 João 1:8, 10

B. A BASE DA NOSSA ESPERANÇA ESTÁ NA ABUNDÂNCIA DA MISERICÓRDIA DE DEUS…

1. Misericórdia concedida enquanto ainda éramos pecadores – cf. Romanos 5:6, 8

2. Misericórdia concedida às condições de fé, arrependimento e batismo – cf. Atos 2:36-38

3. Misericórdia concedida continuamente aos cristãos à medida que eles se arrependem e confessam os seus pecados – cf. 1 João 1:9

Por causa da “misericórdia abundante” de Deus, então, nós que somos pecadores podemos ter uma esperança “viva”!

Mas de acordo com o versículo 3 há outra razão para ter esperança…

II. PORQUE JESUS ESTÁ VIVO!

A. A RESSURREIÇÃO DE JESUS É CRUCIAL PARA A NOSSA ESPERANÇA…

1. Se Cristo não ressuscitou, então os apóstolos eram mentirosos e a nossa fé é vã! – 1 Coríntios 15:14-15

2. Se Cristo não ressuscitou, ainda seremos considerados culpados pelos nossos pecados, nenhum perdão ocorreu! – 1 Coríntios 15:17

3. Se Cristo não ressuscitou, aqueles que morreram como cristãos pereceram, estão perdidos! – 1 Coríntios 15:18

4. Se Cristo não ressuscitou, então não temos uma esperança “viva”, mas devemos ter pena dos outros! – 1 Coríntios 15:19

B. MAS ATRAVÉS DA RESSURREIÇÃO DE JESUS, “NASCEMOS DE NOVO” PARA UMA VIVA ESPERANÇA!

1. Pedro pode ter se referido não ao processo de conversão (embora o faça em 1 Pedro 1:23), mas à esperança renovada produzida pela ressurreição de Jesus.

– Por exemplo, depois da morte de Jesus e antes da Sua ressurreição, os discípulos estavam desanimados. Mas depois da ressurreição de Jesus, Seus discípulos “nasceram de novo” no que diz respeito à sua esperança.

– Como diz Guy N. Woods em seu comentário: “A referência aqui é… ao restabelecimento da fé dos discípulos pela ressurreição de Jesus dentre os mortos”.

2. Certamente o fato de Jesus ter ressuscitado nos dá razão para uma esperança “viva”.

– Deus não levantaria um mentiroso, então qualquer coisa que Jesus disse sobre a nossa esperança é verdade – por exemplo, João 11:25.

– Visto que Jesus ressuscitou dos mortos, temos uma firme esperança de que um dia também ressuscitaremos dos mortos – cf. 1 Coríntios 15:20-23.

Pela abundante misericórdia de Deus, e com base na própria ressurreição de Jesus, então, “nascemos de novo” para uma esperança viva!

Mas há mais duas razões discutidas nos versículos 4-5 pelas quais a nossa esperança pode ser descrita como “viva”. Um é…

III. POR CAUSA DA NATUREZA DA NOSSA HERANÇA!

A. O GRAU DE ESPERANÇA QUE TEMOS ESTÁ DIRETAMENTE RELACIONADO COM A HERANÇA QUE TEMOS…

1. Se a nossa herança for boa, a nossa esperança é forte, ou “viva”.

2. Se a nossa herança for pobre, então a nossa esperança é fraca ou “morta”.

B. COMO DESCRITO POR PEDRO, NOSSA HERANÇA…

1. É INCORRUPTÍVEL:

– A palavra grega é aphtartos, que significa “não sujeito à corrupção ou decadência, imperecível”.

– Diferente dos atuais céus e terra em que agora vivemos, e que um dia serão destruídos – 2 Pedro 3:10-13.

2. ESTÁ INDEFINIDO:

– A palavra grega é amiantos, que significa “não contaminado, imaculado”.

– É diferente da Canaã terrestre, que poderia ser e foi contaminada pelos seus habitantes.

– Nossa esperança pertence àquele lugar onde os contaminados não são autorizados a entrar – cf. Apocalipse 21:27.

3. NÃO DESAPARECE:

– A palavra grega é amarantos, que significa “imperecível, perene”.

– A palavra é uma variação de “amaranto”, que era o nome de uma flor mítica cujo florescimento era perpétuo e cuja beleza nunca desaparecia.

– Essa é a nossa recompensa celestial: ela não enferruja, murcha ou murcha como tantas coisas acontecem aqui na terra.

4. ESTÁ RESERVADO NO CÉU:

– A palavra “reservado” vem de tereo, que significa “vigiar, observar, guardar, proteger, reservar, deixar de lado”.

– Portanto, nossa herança está guardada com segurança no próprio céu! – Ninguém, nem mesmo o próprio Satanás, pode roubá-la de você!

Uma vez que esta é a natureza da nossa “herança” sobre a qual repousa a nossa esperança, podemos ver porque a nossa esperança é descrita como uma esperança “viva”.

Há mais uma razão para chamar a nossa esperança de esperança “viva”: não apenas a nossa herança está guardada com segurança no céu, mas também…

IV. PORQUE ESTAMOS GUARDADOS COM SEGURANÇA!

A. OS CRISTÃOS SÃO “GUARDADOS” PARA A SALVAÇÃO PRONTA PARA SER REVELADA NO ÚLTIMO TEMPO:

1. A palavra “mantido” vem de phroureo {froo-reh’-o} e é um termo militar.

2. Significa “guardar, proteger por uma guarda militar, seja para evitar uma invasão hostil, seja para impedir a fuga dos habitantes de uma cidade sitiada”.

3. “Enquanto nossa herança é mantida guardada no céu sob o olhar atento de Deus, estamos sendo protegidos pelo cuidado protetor de Deus para com ela.” (WUEST).

B. OBSERVE QUE SER “MANTIDO” ENVOLVE DUAS COISAS:

1. Primeiro, O PODER DE DEUS: – Temos a ajuda do próprio Deus, que sabe ajudar quem está em tentação.

– Ele sabe como livrá-los da tentação – cf. 2 Pedro 2:9.

– Ele sabe como capacitá-los a suportar a tentação – cf. 1 Coríntios 10:13.

– Ele fornece a armadura necessária para resistir nos dias maus – cf. Efésios 6:10-13.

2. Além disso, NOSSA FÉ:

– Ser guardado com segurança pelo cuidado protetor de Deus requer fé da nossa parte.

– A única maneira de perdermos nossa herança reservada no céu é nos tornarmos infiéis ao Senhor! – cf. Apocalipse 2:10.

– Enquanto permanecermos “fiéis”, então, teremos a certeza do cuidado protetor de Deus para nos guiar até recebermos aquela herança reservada no céu para nós!

CONCLUSÃO

1. Nesta passagem (1 Pedro 1:3-5), então, há quatro razões pelas quais a esperança do cristão é chamada de esperança “viva”:

  • Porque Deus é misericordioso!
  • Porque Jesus está vivo!
  • Por causa da natureza da nossa herança!
  • Porque estamos protegidos com segurança!

2. Uma esperança “viva” pode ser fonte de grande alegria na vida dos cristãos; certamente foi para os destinatários originais da epístola de Pedro:

“Nisto (a viva esperança que pertence à salvação pronta para ser revelada no último tempo) vocês se regozijam grandemente, embora agora, por um pouco de tempo, se necessário, vocês tenham sido entristecidos por várias provações.” – 1 Pedro 1:6

3. Você tem essa esperança “viva”?

Você faz isso se recebeu a misericórdia de Deus oferecida em Cristo e permanece fiel ao Senhor.

Se você não recebeu essa misericórdia, ou a negligenciou por infidelidade, por que não ir ao Senhor de acordo com as condições encontradas em Sua Santa Palavra?

…Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para perdão dos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo.

Atos 2:38

Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.

1 João 1:9

Usado de ExecutableOutlines.com com permissão. Confira mais sermões.

Equipe Redação BP

Nossa equipe editorial especializada da Biblioteca do Pregador é formada por pessoas apaixonadas pela Bíblia. São profissionais capacitados, envolvidos, dedicados a entregar conteúdo de qualidade, relevante e significativo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você precisa desativar o Adblock para continuar navegando em nosso site!