4 Lições Significativas Que Podemos Aprender com Jesus Lavando os Pés dos Discípulos

Existem vários registros na Bíblia onde Jesus está tentando ensinar uma lição importante, em particular seus discípulos com quem ele passou a maior parte do tempo. Uma dessas vezes está no livro de João, que apresenta Jesus lavando os pés de seus discípulos. Isso era tipicamente feito por servos naquela época.

Isso teria chocado os discípulos porque eles não esperavam que alguém como Jesus, que era seu líder, fizesse algo assim. O lava-pés de Jesus teve um propósito. Ensinaria aos discípulos sobre um novo modo de vida que ele introduziria com sua morte e ressurreição 

Qual é a história de Jesus lavando os pés dos discípulos?

Encontramos a história de Jesus lavando os pés dos discípulos em João 13:1-7. Jesus e os discípulos estavam celebrando a Páscoa. No versículo 1 diz: “Jesus sabia que era chegada a hora de deixar este mundo e ir para o Pai”. Jesus sabia que não tinha muito tempo com seus discípulos, e tinha algo que queria ensinar a eles antes de deixar a terra.

Nos versículos 4 e 5 diz: …tomando uma toalha, cingiu-se. Depois deitou água numa bacia, e começou a lavar os pés aos discípulos, e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido.”

Pedro não conseguia entender por que Jesus estava fazendo isso e, a princípio, ele não permitiu que Jesus o fizesse. Isso não era algo comum para um líder religioso fazer. Jesus tenta explicar-lhe que “se eu não te lavar, não tens parte comigo” (Vs.8).

Pedro supõe que todo o seu corpo precisa ser lavado então, mas Jesus responde dizendo-lhe que apenas seus pés precisam ser lavados porque ele já está “limpo”. 

A razão pela qual Jesus está fazendo este ato de serviço para eles é dar um exemplo de como eles devem tratar os outros. Haveria uma nova maneira de fazer as coisas se os discípulos o seguissem. Não seria mais uma competição de quem era maior, como os discípulos discutiam anteriormente.

Agora, todos os que chamam Jesus de “Senhor” se tornariam como servos para o benefício de outros. Como Jesus diz nos versículos 14-15: Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns aos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.” 

Se Jesus dedicou tempo para demonstrar esse ato de servir a seus discípulos, deve haver lições importantes que podemos aprender com seu exemplo. 

4 lições importantes que podemos aprender com o lava-pés de Jesus

1. Jesus veio para servir, não para ser servido

É um erro pensar que viemos a este mundo apenas para nosso benefício pessoal. Mas, o correto é que viemos também para servir os outros. Foi exatamente isso que Jesus veio fazer. 

Muitas vezes pensamos que os líderes são pessoas que estão aqui para serem servidas devido à sua posição e status. Jesus era Deus em carne e não esperava tratamento especial. Em vez disso, ele veio para nos mostrar um caminho diferente. Ele deu um exemplo que devemos seguir. 

Eu gostaria dizer que é fácil seguir o exemplo de Jesus, mas pode ser difícil de fazer no mundo em que vivemos.

Nossa sociedade é aquela em que é comum olhar para o nosso próprio bem, não tanto para o bem dos outros. Buscamos estar em uma posição de liderança, ter status de celebridade ou obter uma posição importante em algum lugar.

As pessoas nessas posições geralmente são tratadas melhor do que a maioria e recebem favores sobre os outros. Mas, o que Jesus nos mostra está completamente ao contrário do que a sociedade faz. 

Se conhecemos Jesus e temos um relacionamento com ele, devemos tomar o lugar de um servo. Isso não significa que os outros sejam mais importantes do que nós, mas devemos ser como nosso Salvador que fez exatamente a mesma coisa por nós. 

2. Devemos mostrar aos outros o mesmo tipo de amor que Jesus nos mostra

Quando Jesus lava os pés dos discípulos, ele não apenas está servindo, mas está mostrando como é o amor sacrificial. Ele estava prestes a ser crucificado em uma cruz e fazer o sacrifício final com sua vida. Os discípulos não entendiam o que estava para acontecer, mas Jesus estava tentando dar um exemplo para eles.

Depois de lavar os pés dos discípulos, disse-lhes em João 13:15 : “Dei-vos o exemplo para que façais como eu vos fiz”. 

Jesus expressou, portanto, seu amor pelos discípulos quando humildemente lavou os pés deles. E devemos seguir seus passos e fazer o mesmo com os outros. 

3. Jesus tinha uma compreensão saudável de quem Ele era e de onde veio

Não havia dúvida de que Jesus estava seguro em sua identidade. Em João 13:3 diz: “Jesus sabia que o Pai havia colocado todas as coisas sob o seu poder, e que ele viera de Deus e para Deus estava voltando”. 

Jesus confiou no amor do Pai e sabia que seu sacrifício tinha um propósito.

Sendo seguro em quem era, Ele foi capaz de amar os outros perfeitamente, e não se sentir inferior porque estava servindo a eles. 

Quando sabemos quem somos e que Deus nos ama, não precisamos tentar obtê-la de nosso status ou posição na vida. 

4. Não é verdadeira humildade negar alguém que quer nos servir

Às vezes pode ser difícil deixar os outros nos servirem. Quando Pedro descobriu o que Jesus iria fazer por eles, imediatamente ele respondeu: “Você nunca lavará meus pés”. (João 13:8). Nesse mesmo versículo, Jesus respondeu dizendo: “A menos que eu te lave, você não tem parte comigo”. 

Pedro não estava respondendo por humildade, mas por orgulho. Pois, Ele não achava que poderia receber o que Jesus estava prestes a fazer.

Se ele não tivesse permitido que Jesus o servisse assim, ele poderia ter perdido uma das coisas mais importantes que Jesus estava tentando lhe ensinar. Não devemos os outros nos sirvam. Se formos orgulhosos demais para aceitar o que os outros querem fazer por nós, podemos perder completamente o que Jesus fez por nós também. Mas, devemos ser humildes o suficiente para permitir que outros ministram a nós também. 

Como podemos aplicar essas lições em nossas vidas?

Podemos aprender muito com o exemplo que Jesus nos dá, mas também é importante que aprendamos a incorporar isso em nossas próprias vidas. Se seguirmos Jesus, nosso objetivo é se parecer cada vez mais semelhantes a Ele. 

Nem sempre é fácil ser como Jesus porque somos seres humanos imperfeitos, mas o bom é que não precisamos fazer isso sozinhos. Podemos confiar no poder do Espírito Santo em nós para servir e amar bem os outros. 

Tudo o que precisamos fazer é pedir ajuda para realizá-lo e sabedoria para ver a quem podemos ministrar. 

Outra coisa importante que precisamos perceber do lavar os pés de Jesus é o quanto Ele nos ama. 

Se estivermos tentando amar os outros com o tanque vazio, corremos o risco de servir e amar os outros pelas razões erradas. É difícil amar genuinamente os outros se não entendemos o quanto somos amados. Podemos acabar pensando que estamos acima de servir aos outros, ou fazer isso e esperar algo em troca. 

É por isso que precisamos passar tempo com Jesus e crescer em nosso relacionamento com ele. Quando o conhecermos mais, eventualmente amar os outros será algo que fluirá de nosso relacionamento com ele. 

Não precisa ser complicado amar os outros, podemos realmente procurar maneiras práticas de fazê-lo. O primeiro passo é pedir a Jesus que nos mostre a quem podemos amar e depois procurar uma necessidade que precisa ser atendida. 

Isso pode ser escrever um bilhete para encorajar alguém, pagar uma refeição para outra pessoa, abrir uma porta para alguém ou cuidar dos filhos de alguém por eles. Existem muitas outras maneiras de servir aos outros, só precisamos prestar atenção, sair e atender a uma necessidade. 

Conclusão de Jesus Lavando os Pés dos Discípulos

Quando começamos a servir e amar bem os outros, é quando começamos a causar impacto. Jesus pode tomar os simples atos de bondade que fazemos pelos outros e mudar vidas. 

Podemos desempenhar um papel importante em ajudar outros a conhecer Jesus. Isso pode ser o resultado de seguir o exemplo que Jesus nos deu quando lavou os pés dos discípulos.


Autora: Becky Weber do site Crosswalk.

Botão Voltar ao topo